Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34009
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_GustavoFigueiredoMarquesLeite.pdf18,34 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Organização e dinâmica de comunidades aquáticas em riachos no Cerrado
Autor(es): Leite, Gustavo Figueiredo Marques
Orientador(es): Feio, Maria João
Assunto: Riachos
Isótopos estáveis
Ecologia - Cerrados
Variação (Biologia)
Data de publicação: 13-Fev-2019
Referência: LEITE, Gustavo Figueiredo Marques. Organização e dinâmica de comunidades aquáticas em riachos no Cerrado. 2018. [139] f., il. Tese (Doutorado em Ecologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Riachos representam a maior parte da extensão linear dos cursos d’água em uma bacia hidrográfica e são caracterizados por elevada heterogeneidade de habitats, sobretudo pela sua intensa relação com o meio terrestre. No bioma Cerrado, os riachos são caracterizados por águas levemente ácidas e pobres em nutrientes, mas apresentam elevada diversidade biológica. Apesar disso, esses ecossistemas estão entre os mais ameaçados do mundo devido sua intensa ocupação e fragmentação. Portanto, avaliar os fatores estruturadores das comunidades nesses ambientes, bem como produzir potenciais ferramentas de avaliação ecológica para o Cerrado tornam-se tarefas fundamentais para sua manutenção. Nesse sentido, o objetivo central do presente estudo foi investigar a relação entre variações ambientais e a organização e dinâmica de comunidades aquáticas em 28 riachos de cabeceira no Cerrado e desenvolver um índice sensível a perturbações na qualidade ambiental em riachos baseado na estrutura trófica das comunidades de macroconsumidores aquáticos. Os riachos estudados apresentaram uma elevada heterogeneidade de habitats e uma complexa estrutura biótica. Fatores ambientais locais foram os principais responsáveis pela estrutura e composição das assembleias de macroinvertebrados bentônicos e sua diversidade apresentou-se diretamente relacionada a heterogeneidade de habitats amostrados. Estes resultados evidenciaram a necessidade de se considerar grandes escalas espaciais para o estabelecimento de políticas públicas ambientais uma vez que as características ambientais em larga escala e o uso da terra resultam em diferenças na diversidade da fauna aquática. Ainda, resultados isotópicos mostraram que maior parte dos organismos nos riachos são sustentados pela energia autóctone, mas que diferenças na estrutura e produtividade dos habitats podem afetar significativamente a dieta das espécies, as quais podem inclusive apresentar plasticidade trófica em função da disponibilidade de recursos. A metodologia isotópica mostrou-se ainda útil como ferramenta de avaliação de impactos ambientais sobre as comunidades aquáticas de riachos. Por fim, foi proposto um Índice Isotópico Multimétrico (ISI) como uma ferramenta para a avaliação de distúrbios antrópicos. Os resultados obtidos a partir do ISI em um estudo ao longo do gradiente de perturbação mostrou que este pode ser uma ferramenta mais sensível em detectar mudanças ambientais que metodologias tradicionais de avaliações de impacto ambiental, podendo ser uma alternativa ou complementar em avaliações da qualidade ecológica dos ecossistemas. Esse estudo apresentou resultados novos para o Cerrado, evidenciando que esse bioma ainda tem recebido pouca atenção. Nesse sentido, esse estudo permitiu o aprofundamento acerca da estrutura e composição biótica dos riachos do Cerrado, das relações entre os diferentes componentes da cadeia trófica, bem como dos potenciais efeitos da perturbação antrópica sobre o funcionamento desse ecossistema.
Abstract: Streams represent most of the linear extent of watercourses in a river basin and are characterized by high heterogeneity of habitats, especially by their intense relationship with the terrestrial environment. In the Brazilian savannah biome, streams are slightly acidic and nutrient poor waters, but they present high biological diversity. Despite this, these ecosystems are among the most threatened in the world due to their intense human occupation and fragmentation. Therefore, to assess the structuring factors of the biota, as well as producing potential ecological assessment tools for the biome are fundamental tasks for its maintenance. In this sense, the main objectives of the present study was to investigate the relationship between environmental changes and the dynamics of aquatic communities in 28 headwaters in the Brazilian savannah, and to develop a sensitive index to disturbances in streams based on the aquatic food webs. The studied streams showed a high heterogeneity of habitats and a complex biotic structure. Local environmental factors were mainly responsible for the structure and composition of benthic macroinvertebrates assemblages and their diversity was directly related to the heterogeneity of sampled habitats. These results evidenced the need to consider large spatial scales for the establishment of environmental public policies since environmental characteristics in larger scales and land use may result in differences in the diversity of aquatic fauna. Still, isotopic results showed that most of the organisms in the streams are supported by autochthonous energy, but that differences in the structure and productivity of the habitats can significantly affect the diet of the species, which can even present trophic plasticity due to the availability of resources. The isotopic methodology was still useful as a tool to evaluate environmental impacts on the aquatic communities of streams. Finally, an ISotopic multimetric Index (ISI) was proposed as a tool for the evaluation of anthropogenic disturbances. The results obtained along a disturbance gradient showed that ISI may be a more sensitive tool in detecting environmental changes than traditional methodologies of environmental impact assessments, and may be an alternative or complementary evaluation of the ecological quality of the ecosystems. This study presented new results for the Brazilian savannah, evidencing that this biome has received little attention. In this sense, this study allowed the deepening of the structure and biotic composition of the Brazilian savannah streams, the relationships between the different components of the food web, as well as the potential effects of anthropogenic disturbances on the functioning of this ecosystem.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:ECL - Doutorado em Ecologia (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.