Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34001
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_FabianeNogueiraFreitas.pdf4,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Normas e diretrizes para bibliotecas universitárias brasileiras na educação a distância : proposta de atualização no contexto das competências em informação e científicas
Autor(es): Freitas, Fabiane Nogueira
Orientador(es): Suaiden, Emir José
Assunto: Bibliotecas universitárias
Educação a distância
Normas brasileiras
Competência informacional
Data de publicação: 13-Fev-2019
Referência: FREITAS, Fabiane Nogueira. Normas e diretrizes para bibliotecas universitárias brasileiras na educação a distância: proposta de atualização no contexto das competências em informação e científicas. 2018. 168 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Este trabalho busca a formulação de uma proposta de atualização das normas brasileiras voltadas às bibliotecas universitárias na educação a distância, para que estejam em consonância com o desenvolvimento da competência científica e da competência em informação. A educação a distância é uma modalidade educacional que apresentou grande crescimento nos últimos anos, mostrando-se muito lucrativa às instituições de ensino. Além disto, possui em seu cerne a democratização da educação, levando aprendizagem às pessoas impossibilitadas de participarem do ensino presencial. Dentro desta realidade, é necessário que todos os setores pertencentes às universidades estejam aptos a atender este público específico, o que contempla também as bibliotecas universitárias. Por meio das normas e instrumentos de avaliação cumpre-se uma série de quesitos necessários para a oferta do ensino por parte das instituições da educação superior brasileiras, quesitos que também precisam ser atendidos pelas unidades de informação. Adequando as normas brasileiras às diretrizes internacionais, estas automaticamente atenderão os aspectos necessários para uma boa estruturação e condução de uma biblioteca universitária na EAD. Desta forma, traça-se o panorama atual das normas e instrumentos de avaliação brasileiros, por meio de revisão sistemática e da utilização dos recursos KWIC e Estrutura de Palavras Interativas, para a partir deste resultado compará-lo às diretrizes internacionais. Verificado os aspectos das normas condizentes ou não com as diretrizes internacionais, busca-se, principalmente, propor ajustes para a viabilização do desenvolvimento das competências científicas e em informação. Estas competências são quesitos necessários ao desenvolvimento da aprendizagem autônoma por parte dos discentes. Não mais trabalhando apenas em prol de uma biblioteca que vise a disponibilização de acervos e espaço físico, mas que seja agente na formação dos estudantes. Adequando as normativas para o atendimento de pontos necessários a condução de uma biblioteca universitária que seja ideal a seu público específico.
Abstract: This paper seeks to formulate a proposal to update the Brazilian standards for university libraries in distance education, so that they are in line with the development of scientific competence and information competence. Distance education is an educational modality of which it presented great growth in recent years, being very profitable to the educational institutions In addition; it has at its core the democratization of education, taking learning to the people unable to participate in classroom teaching. Within this reality, it is necessary that all the sectors belonging to the universities are able to attend this specific public, which also includes university libraries. By means of the norms and instruments of evaluation a series of necessary questions is fulfilled for the offer of the education by the institutions of the Brazilian superior education, requirements of which also they must be attended by the units of information. By adapting the Brazilian norms to the international guidelines, these will automatically attend the necessary aspects for a good structuring and conduction of a university library in long distance education. In this way, the current panorama of the Brazilian evaluation standards and instruments is outlined, through a systematic review and use of the KWIC resources and Interactive Words Structure, to compare this result with international guidelines. Having verified the aspects of norms consistent with or not with the international guidelines, it is mainly sought to propose adjustments for the viability of the development of scientific and information competences. These skills are necessary to the development of autonomous learning by students. No longer working only in favor of a library that aims at the availability of collections and physical space, but that is an agent in the formation of students. Adapting the norms for the attendance of necessary point the conduction of a university library that is ideal to its specific public.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FCI - Mestrado em Ciência da Informação (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.