Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33941
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_PedroHenriqueVeranoCordeirodaSilva.pdf13,63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Os Ecos do Ipiranga : o reconhecimento da independência do Império do Brasil nas Américas (1822-1825)
Autor(es): Silva, Pedro Henrique Verano Cordeiro da
Orientador(es): Penna Filho, Pio
Assunto: Relações internacionais - história
Política externa - Brasil
Brasil - história - Império, 1822-1889
Brasil - história - Independência, 1822
Política internacional - Brasil
Data de publicação: 1-Fev-2019
Referência: SILVA, Pedro Henrique Verano Cordeiro da. Os Ecos do Ipiranga: o reconhecimento da independência do Império do Brasil nas Américas (1822-1825). 2018. 221 f. Tese (Doutorado em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A História das Relações Internacionais do Brasil tem como um dos seus pilares a compreensão sobre como se deu o processo de obtenção de reconhecimento da independência. A partir das concepções já consolidadas na literatura sobre a preeminência inglesa e as condições de dependência provocadas pelos tratados de comércio assinados no Primeiro Reinado, na presente tesebusca-seumângulo diferentepara entender este momento histórico. Ao se observar os esforços empreendidos pela diplomacia brasileira em se aproximar dos países do chamado “hemisfério americano”, abre-se a possibilidade de verificar os demais projetos postos emprática coma finalidade de reconhecer o Império do Brasil como unidade política independente de Portugal. Em um contexto de revoluções liberais, independências na América Latina e guerras contra as ex-metrópoles, o entendimento sobre processo de reconhecimento da independência junto aos países americanos busca complementar o conhecimento já sedimentado sobre a influência inglesa.
Abstract: The International Relations’ History of Brazil has as of its pillars the comprehension of how the process to obtain therecognition of independence happened. Fromthe conception already consolidated in the field about a British preeminence in the country and the dependency created by the trade treaties signed during the reign on Pedro I, the present thesis explores a different angle to explain this period. By analysing the efforts made by Brazilian diplomacy to approach the countries of the so-called "American hemisphere", it is possible toverify the existence of projects pursuing the recognition of the Empire of Brazil as an independent political unit of Portugal. In a context of liberal revolutions, independences in Latin America and wars against the former metropolis, the understanding of the process of recognition of independence with the American countries seeks to complement the already settled knowledge.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:IREL - Doutorado em Relações Internacionais (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.