Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33755
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_CláudioAmorimdosSantos.pdf1,24 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeitos da autoavaliação em instituições privadas de educação superior do Distrito Federal
Authors: Santos, Cláudio Amorim dos
Orientador(es):: Sousa, José Vieira de
Assunto:: Educação superior
Educação superior - setor privado
Educação - avaliação
Sistema Nacional de Avaliação de Educação Superior (Brasil)
Issue Date: 8-Jan-2019
Citation: SANTOS, Cláudio Amorim dos. Efeitos da autoavaliação em instituições privadas de educação superior do Distrito Federal. 2018. 139 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Este estudo aborda um dos temas centrais da educação superior brasileira: a avaliação institucional e mais especificamente a autoavaliação, instituída pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), criado pela Lei 10.861, de 14 de abril de 2004. Os atuais processos que avaliam e regulam a educação superior brasileira estão ganhando maior destaque em virtude da considerável expansão ao longo dos anos e da preocupação com a qualidade de sua oferta; e nessa direção a autoavaliação institucional vem assumindo forças nas pesquisas acadêmicas. Objetivou-se, assim, nessa pesquisa, por meio da abordagem qualitativa e do estudo de caso, investigar efeitos da autoavaliação em instituições privadas de educação superior do Distrito Federal (DF), considerando as orientações advindas do Estado. Para isso foram investigadas as ações desenvolvidas pelas Comissões Própria de Avaliação (CPAs) de duas instituições privadas de educação superior no período de 2016 e 2017. A coleta de dados foi realizada recorrendo a documentos oficiais e entrevistas semiestruturadas realizadas com os sujeitos que lidam com a autoavaliação das instituições pesquisadas, a saber: dois representantes discentes, dois docentes, dois técnicos administrativos e dois da sociedade civil organizada. Com o auxílio da categoria metodológica da contradição, foi possível contemplar os objetivos da pesquisa, sempre levando em consideração os embates e tensões inerentes à implementação de uma política de avaliação. A análise dos dados revelou que as instituições pesquisadas realizam a autoavaliação mesmo antes de sua obrigatoriedade a partir do Sinaes, em 2004. Entretanto, fica evidente nas instituições privadas de educação superior estudadas que a prática da autoavaliação nada mais é que uma forma de burocratizar algo que já vinha sendo praticado. Todavia, mesmo com a obrigatoriedade da autoavaliação imposta pelo Sinaes, a autoavaliação vem sendo confundida com um relatório que imprime somente as boas ações praticadas pelas instituições privadas de educação superior. Enfim, percebe-se que a autoavaliação institucional praticada pelas instituições privadas de educação superior do Distrito Federal é realizada de forma a exaltar suas qualidades, deixando de lado o caráter formativo de autoavaliação proposto pelo Sinaes.
Abstract: This study addresses one of the central themes of Brazilian higher education: the institutional evaluation and, more specifically, the self-evaluation, instituted by the National Higher Education Evaluation System (SINAES) created by the Law n.10.861 of April 14th, 2004. The current processes that evaluate and regulate the Brazilian higher education are gaining more prominence due to the considerable expansion of this education level over the years and the concern with the quality of its offer; and in this way, the institutional self-evaluation has been taking over an importance in the academic researches. Thus, in this research, through a qualitative approach and a case study, we investigated the effects of the self-evaluation in the private higher education institutions of the Federal District, considering the State orientations. For this purpose, the actions developed by the Internal Evaluation Commissions (CPAs) of two private higher education institutions in the period of 2016 and 2017 were investigated. The data collection was done using official documents and semi-structured interviews realized with the subjects that deal with the self-evaluation of the private education institutions, namely: two students, two teachers, two administrative technicians and two people of the organized civil society. With the assistance of the methodological category of contradiction, it was possible to contemplate the objectives of the research, always taking into account the conflicts and tensions inherent to the implementation of an evaluation policy. The data analysis showed that the institutions in this research make the self-evaluation even before it was compulsory from the SINAES, in 2004. However, it is evident in the private institutions of higher education studied that the practice of self-evaluation is nothing more than a way of bureaucratizing something that had already been practiced. Nevertheless, even with the mandatory self-evaluation imposed by SINAES, the self-evaluation has been confused with a report that shows only the good actions taken by the private higher education institutions. Finally, it can be seen that the institutional self-evaluation practiced by the private higher education institutions of the Federal District are carried out in a way that elevate their qualities, leaving aside the formative character of the self-evaluation proposed by SINAES.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/33755/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.