Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33727
Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_EvidênciasValidadeInventário.pdf566,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Evidências de Validade do Inventário de Organização da Personalidade - Brasil (IPO-Br) : Relação com o Modelo dos Cinco Grandes Fatores da Personalidade
Outros títulos: Evidencias de Validez del Inventario de Organización de la Personalidad - Brasil (IPO-Br) : Relación con el Modelo de los Cinco Grandes Factores de la Personalidad
Validity Evidences of the Inventory of Personality Organization - Brasil (IPO-Br) : Its Relation with the Five-Factor Model of Personality
Autor(es): Silveira, Liége Barbieri
Oliveira, Sérgio Eduardo Silva de
Bandeira, Denise Ruschel
Assunto: Personalidade
Modelo dos Cinco Grandes Fatores
Data de publicação: 2018
Editora: Sociedade Brasileira de Psicologia
Referência: SILVEIRA, Liége Barbieri; OLIVEIRA, Sérgio Eduardo Silva de; BANDEIRA, Denise Ruschel. Evidências de validade do inventário de Organização da Personalidade - Brasil (IPO-Br): relação com o Modelo dos Cinco Grandes Fatores da Personalidade. Trends in Psychology / Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, v. 26, n. 4, p. 1875-1889, dez. 2018. DOI http://dx.doi.org/10.9788/tp2018.4-07pt. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2358-18832018000401875&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 27 jan. 2019.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi investigar evidências de validade convergente e incremental da versão brasileira do Inventário de Organização da Personalidade (IPO-Br), sendo este um instrumento que avalia o funcionamento patológico da personalidade. Participaram do estudo 170 indivíduos, sendo 61,2% pacientes em atendimento psiquiátrico ou psicológico. Comparou-se a diferença das médias dos grupos clínico e não-clínico. Foram realizadas também análises correlacionais e multivariadas entre o IPO-Br e as dimensões da Bateria Fatorial da Personalidade (BFP), baseada no modelo dos Cinco Grandes Fatores de Personalidade. Foram encontradas correlações positivas, moderadas a altas, entre os fatores do IPO-Br com o fator Neuroticismo. Além disso, as facetas da BFP explicaram entre 27 a 68% da variância dos fatores do IPO-Br. O IPO-Br também mostrou-se capaz de diferenciar pessoas com e sem indicadores psicopatológicos, assim como de incrementar explicação para a severidade dos sintomas psiquiátricos para além da explicação dada pelos fatores da BFP, indicando adequadas evidências de validade e utilidade clínica do IPO-Br.
Abstract: The aim of the present study was to investigate evidences of convergent and incremental validity for the Brazilian version of the Inventory of Personality Organization (IPO-Br), an instrument that evaluates pathological functioning of personality. The sample included 170 individuals of which 61.2% were patients attending psychiatric or psychological treatment. The average difference for clinical and non-clinical groups were compared, and correlational and multivariate analyses were performed between the IPO-Br and of the Bateria Fatorial da Personalidade, a Brazilian measure of the Five-Factor Model (FFM). Moderate to high positive correlations were found between the IPO-Br factors and the Neuroticism dimension. In addition, the FFM explained between 27 and 68% of the variance of the IPO-Br factors. The IPO-Br was also able to differentiate people with and without psychopathological indicators, as well as capable to increment the explanation of psychiatric severity beyond the explanation given by the FFM, indicating adequate evidences of validity and clinical utility of the IPO-Br.
Resumen: El presente estudio investigó evidencias de validez convergente e incremental de la versión brasileña del Inventario de Organización de la Personalidad (IPO-Br), un instrumento que evalúa el funcionamiento patológico de la personalidad. Participaron 170 personas, siendo el 61,2% pacientes en tratamiento psiquiátrico o psicológico. Se compararon las medias de las diferencias en los grupos clínicos y no clínicos, y se realizaron análisis de correlación y multivariado entre el IPO-Br y la Bateria Fatorial da Personalidade (BFP). Se encontraron correlaciones, positivas moderadas a altas entre los factores del IPO-Br con Neuroticismo. Además, las facetas de BFP explicaron entre el 27-68% de la varianza de los factores del IPO-Br. El IPO-Br también demostró ser capaz de diferenciar personas con y sin indicadores psicopatológicos y de incrementar la explicación para la severidad psiquiátrica de la personalidad más allá de la explicación dada por el BFP, lo que indica una evidencia adecuada de la validez y la utilidad clínica del IPO-Br.
DOI: http://dx.doi.org/10.9788/tp2018.4-07pt
Aparece nas coleções:PCL - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.