Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33534
Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
ARTIGO_DimensaoSubjetivaQueixa.pdf345,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A dimensão subjetiva da queixa de dificuldades de aprendizagem escolar
The subjective dimension of the complaint of school learning difficulties
Dimensión subjetiva de la queja de dificultades de aprendizaje escolar
Autor(es): Lopes, Telma Silva Santana
Rossato, Maristela
Assunto: Rendimento escolar
Aprendizagem
Subjetividade
Data de publicação: 2018
Editora: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Referência: LOPES, Telma Silva Santana; ROSSATO, Maristela. A dimensão subjetiva da queixa de dificuldades de aprendizagem escolar. Psicologia Escolar e Educacional, Maringá, v. 22, n. 2, p. 385-394, maio/ago. 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2175-35392018011363. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-85572018000200385&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 20 fev. 2019.
Resumo: Este artigo objetiva contribuir para a compreensão da complexidade dos processos de ensino e aprendizagem no que se refere à queixa de dificuldades de aprendizagem escolar, entendo-a em sua dimensão subjetiva. A pesquisa foi orientada pela Epistemologia Qualitativa e pela Teoria da Subjetividade de González Rey, ambas apoiadas na abordagem histórico-cultural. As atividades de produção das informações foram realizadas em uma escola pública do Distrito Federal, com duas professoras. Destacamos como contribuição da pesquisa que as configurações subjetivas perpassam processos de produções de sentidos que podem fundamentar concepções de ensino, desenvolvimento e aprendizagem, como também orientam ações e relações pedagógicas.
Abstract: This article aims to contribute to the comprehension of the complexity of teaching and learning processes in relation to the complaint of learning difficulties in school, understood in its subjective dimension. The research was guided by the Qualitative Epistemology and the Subjectivity Theory of González Rey, both supported in the historical-cultural approach. The information production activities were carried out in a public school in the Distrito Federal, with two teachers. We emphasize, as a contribution of the research, that the subjective configurations permeate processes of sense production that can base conceptions of teaching, development, and learning, as well as guide actions and pedagogical relationships.
Resumen: En este artículo se tiene por objetivo contribuir a la comprensión de la complejidad de los procesos de enseñanza y aprendizaje en lo que se refiere a la queja de dificultades de aprendizaje escolar, la entiendo en su dimensión subjetiva. La investigación fue orientada por la Epistemología Cualitativa y por la Teoría de la Subjetividad de González Rey, ambas apoyadas en el abordaje histórico-cultural. Las actividades de producción de las informaciones fueron realizadas en una escuela pública del Distrito Federal, con dos profesoras. Destacamos, como contribución de la investigación que las configuraciones subjetivas atraviesen procesos de producciones de sentidos que pueden fundamentar concepciones de enseñanza, desarrollo y aprendizaje, como también orientan acciones y relaciones pedagógicas.
Licença: License information: This is an open-access article distributed under the terms of the License (type CC-BY), which permits unrestricted use, distribution and reproduction in any medium, provided the original article is properly cited.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2175-35392018011363
Aparece nas coleções:PED - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.