Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33225
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_RegianeGomes_PARCIAL.pdf492,13 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Pacientes, vítimas de queimaduras graves, atendidos em um Hospital de Referência do Centro-Oeste em 2016 : um olhar sobre os determinantes sociais da saúde
Autor(es): Gomes, Regiane
Orientador(es): Galato, Dayani
Assunto: Determinantes sociais da saúde
Queimaduras
Pacientes - levantamentos sociais
Epidemiologia
Data de publicação: 17-Dez-2018
Referência: GOMES, Regiane. Pacientes, vítimas de queimaduras graves, atendidos em um Hospital de Referência do Centro-Oeste em 2016: um olhar sobre os determinantes sociais da saúde. 2018. xviii, 48 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Introdução: Determinantes Sociais da Saúde (DSS) são os fatores sociais, econômicos, culturais, étnico-raciais, psicológicos e comportamentais, que influenciam na ocorrência de problemas de saúde e seus fatores de risco na população. Objetivo: identificar os DSS, com base no cenário dos acidentes que causaram queimaduras graves nos pacientes atendidos e hospitalizados em uma Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) em Brasília. Métodos: tratou-se de um estudo transversal, descritivo, com análise documental dos prontuários eletrônicos, do livro de controle da UTQ e dos registros realizados pela equipe do Serviço Social. A população deste estudo foi a de pacientes queimados graves atendidos (276), composta por uma amostra de 241 pacientes (87,3%). Para a análise documental, foi construído um instrumento de coleta de dados contendo informações a respeito do perfil do paciente, da queimadura e do atendimento prestado pela equipe do Serviço Social. Para a identificação dos DSS foi realizada a análise situacional dos cenários das queimaduras adotando-se o modelo de Dahlgren e Whitehead. Resultados: a distribuição dos casos de queimaduras mostrou que houve maior prevalência de pessoas do sexo masculino, entre zero a cinco anos e 30 a 40 anos. O domicílio representou o local de maior incidência dos casos, muitas vezes por se mostrar inseguro ou pelo manejo inadequado de produtos combustíveis, em especial o álcool. A maioria dos pacientes teve como principal causa das queimaduras os agentes térmicos, correspondendo a 212 casos (88,0%). Em relação às queimaduras em crianças e idosos, relacionadas aos acidentes domésticos, observou-se que o escaldo foi o principal agente etiológico que atingiu crianças (31,0%) na faixa etária dos zero aos 11 anos e o fogo a principal causa que atingiu os idosos (9,9%). Foram registrados 13 casos de tentativa de autoextermínio (5,3%). Ainda se observou 23 pessoas vítimas de violência (9,5%), tanto no ambiente familiar quanto no urbano. Os acidentes de trabalho corresponderam a 14,1% (n=34) dos casos. Já os acidentes automobilísticos corresponderam a 15 casos (6,4%). Entre atividades desenvolvidas pelos Assistentes Sociais destacaram-se o contato com familiares (41,9%), os esclarecimentos previdenciários (12,5%) e as orientações quanto aos cuidados com criança (9,0%). Avaliando os cenários descritos nos documentos em muitas situações foi possível identificar mais de um DSS, contudo em 12 situações não foi possível identificar os DSS, sendo que a maior parte destes casos envolveu acidentes automobilísticos. Em 141 situações foram identificados DSS relacionados ao primeiro nível (características individuais) como sexo (61) e idade (80); em 172 situações ao segundo nível (estilo de vida) caracterizando-se como aspectos comportamentais; em 95 situações os DSS estavam relacionados ao terceiro nível (redes sociais e comunitárias) destacando-se as estruturas familiares fragilizadas (n=34) e; em 223 situações foram identificados DSS do quarto nível (condições de vida e trabalho), destacando-se a habitação insegura (n=105) e a profissão (n=35). Conclusão: entre os DSS identificados destacaram-se aqueles relacionados às características individuais como o sexo masculino e a idade, aos aspectos comportamentais, às estruturas familiares fragilizadas, à habitação insegura e a profissão em situações de risco.
Abstract: Introduction: Social Determinants of Health (SDH) are the social, economic, cultural, ethnic-racial, psychological and behavioral factors that influence the occurrence of health problems and their risk factors in the population. Objective: to identify SDH, based on the scenario of accidents that caused severe burns in patients treated and hospitalized at a Burn Treatment Unit (UTQ) in Brasília. Methods: This was a cross-sectional, descriptive study with documentary analysis of the electronic records, the UTQ control book and the records made by the Social Work team. The population of this study was that of severely burned patients attended (276), composed of a sample of 241 patients (87.3%). For the documentary analysis, a data collection instrument was built containing information about the patient's profile, the burn and the care provided by the Social Work team. For the identification of the DSS, a situational analysis of the burn scenarios was performed using the Dahlgren and Whitehead model. Results: the distribution of cases of burns showed a higher prevalence of males, ranging from zero to five years and 30 to 40 years. The household was the place with the highest incidence of cases, often because it was unsafe or because of inadequate management of fuel products, especially alcohol. The majority of the patients had as main cause of burns the thermal agents, corresponding to 212 cases (88.0%). In relation to burns in children and the elderly, related to domestic accidents, it was observed that the scaling was the main etiological agent that affected children (31.0%) in the age group from zero to 11 years and fire the main cause that reached the elderly (9.9%). There were 13 cases of attempted self-extermination (5.3%). There were still 23 victims of violence (9.5%), both in the domestic and in the urban environment. Accidents at work corresponded to 14.1% (n = 34) of the cases. Auto accidents accounted for 15 cases (6.4%). Among the measures carried out by the social workers were contact with family members (41.9%), social security clarifications (12.5%) and guidance on child care (9.0%). Evaluating the scenarios described in the documents in many situations it was possible to identify more than one DSS, however in 12 situations it was not possible to identify the DSS, most of which involved automobile accidents. In 141 situations, DSS related to the first level (individual characteristics) were identified as gender (61) and age (80); in 172 situations to the second level (lifestyle) being characterized as behavioral aspects; in 95 situations, the DSS were related to the third level (social and community networks), emphasizing fragile family structures (n = 34) and; in 223 situations, DSS of the fourth level (living and working conditions) were identified, with insecure housing (n = 105) and the profession (n = 35) being highlighted. Conclusion: among the SDHs identified were those related to individual characteristics such as male gender and age, behavioral aspects, fragile family structures, insecure housing and the profession in situations of risk.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde, 2018.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo liberado: pré-textuais, resumo, abstract e referências.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PGCTS - Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.