Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33215
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_CarolineRibeirodeMeloSilva_PARCIAL.pdf2,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Eficácia do Método Pilates comparado à prescrição domiciliar de exercícios em indivíduos com dor lombar crônica não específica : ensaio controlado aleatório
Outros títulos: Efficacy of the Pilates Method compared to home exercise prescription in subjects with chronic nonspecific chronic pain : randomized controlled trial
Autor(es): Silva, Caroline Ribeiro de Melo
Orientador(es): Carregaro, Rodrigo Luiz
Assunto: Dor lombar
Dor - tratamento
Método Pilates
Exercícios físicos
Data de publicação: 17-Dez-2018
Referência: SILVA, Caroline Ribeiro de Melo. Eficácia do Método Pilates comparado à prescrição domiciliar de exercícios em indivíduos com dor lombar crônica não específica: ensaio controlado aleatório. 2018. 84 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências da Reabilitação) —Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A dor lombar crônica não específica (DLCI) é caracterizada por dor, tensão muscular ou rigidez localizada abaixo das margens costais e acima das pregas glúteas, e apresenta duração persistente por mais de 12 semanas sem uma causa clara e detectável, com origem desconhecida. Essa condição apresenta-se como um grave problema de saúde pública, sendo uma das razões mais comuns para incapacidade e absenteísmo no trabalho, afetando mais de 50% da população em geral. Deste modo, o estudo se propõe investigar se um programa do Método Pilates realizado em solo com seis semanas de duração, frequência de duas vezes na semana é eficaz para melhora da qualidade de vida, cinesiofobia, incapacidade funcional e diminuição da dor, quando comparado a um modelo de prescrição de exercícios domiciliares, em indivíduos com DLCI. Traça-se a hipótese de que o Método Pilates apresentará melhores efeitos nos desfechos de interesse, comparado aos exercícios domiciliares. Para isso, realizamos um ensaio clínico controlado e aleatório, caracterizado pela aplicação de exercícios terapêuticos, em duas modalidades: Método Pilates (Pilates Mat) e Prescrição Domiciliar de Exercícios em indivíduos com dor lombar crônica não específica. Os resultados não confirmaram a hipótese inicial delineada, considerando que ambos os grupos apresentaram efeitos significantes para os desfechos de interesse. Concluímos que ambos os programas de intervenção propostos apresentaram melhora para os desfechos de dor, incapacidade funcional, qualidade de vida e cinesiofobia.
Abstract: Non-specific chronic low back pain (DLCI) is characterized by pain, muscle tension or stiffness located below the costal margins and above the gluteal folds, and presents persistent duration for more than 12 weeks without a clear and detectable cause of unknown origin. This condition presents itself as a serious public health problem, being one of the most common reasons for incapacity and absenteeism at work, affecting more than 50% of the population in general. Thus, the study aims to investigate whether a Pilates Method program performed on six-week-long soil, twice-weekly frequency is effective for improving quality of life, kinesiophobia, functional disability and pain reduction when compared to a model of home exercise prescription in individuals with DLCI. It is hypothesized that the Pilates Method will have better effects on the outcomes of interest, compared to the home exercises. For this, we performed a randomized controlled clinical trial, characterized by the application of therapeutic exercises, in two modalities: Pilates Method (Pilates Mat) and Home Prescription of Exercises in individuals with non-specific chronic low back pain. The results did not confirm the initial hypothesis outlined, considering that both groups presented significant effects for the outcomes of interest. We conclude that both intervention programs proposed improved the outcomes of pain, functional disability, quality of life and kinesiophobia.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, 2018.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: 6. Resultados e 7. Discussão.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:PPGCR - Mestrado em Ciências da Reabilitação

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.