Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33208
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_RegimesIndianidadeTutela.pdf753,35 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Regimes de indianidade, tutela coercitiva e estadania : examinando a violência institucional contra indígenas no Brasil e no Canadá
Autor(es): Silva, Cristhian Teófilo da
Assunto: Tutela
Política indigenista
Psicologia étnica
Data de publicação: 2016
Editora: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Referência: SILVA, Cristhian Teófilo da. Regimes de indianidade, tutela coercitiva e estadania: examinando a violência institucional contra indígenas no Brasil e no Canadá. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 10, n. 2, p. 194-222, 2016. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/EspacoAmerindio/article/view/67841/39827. Acesso em: 14 dez. 2018.
Resumo: O propósito deste artigo é comparar o modo como distintos regimes tutelares de indianidade orientam a ação indigenista no Brasil e no Canadá com efeitos violentos para os indígenas. Os regimes tutelares de indianidade se configuram nestes países para proporcionara assimilação dos povos indígenas à ordem nacional. O artigo abordará a importância dos regimes de indianidade para a rotinização da dominação interétnica nestes dois países. Doiscasos de assistência médica a famílias indígenas em contextos tutelares servirão como eventos críticos para elucidar os estereótipos associados às categorias jurídicas “índio/Indian” e que legitimam a violência institucional contra membros dos povos indígenas sob paradigmas as similacionistas. A análise comparativa permitirá reconhecer e examinar o alcance e a profundidade das políticas de integração para criar um status inferior de cidadania, que serámelhor definida como uma “estadania”. Com base na comparação, se justificará a necessidade urgente de superar a subordinação classificatória dos indígenas como seres culturalmente inferiores às sociedades nacionais como condição de possibilidade para promover uma verdadeira cidadania multicultural baseada nos princípios dos direitos humanos.
Licença: Revista Espaço Ameríndio está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional. Fonte: https://seer.ufrgs.br/EspacoAmerindio/index. Acesso em: 14 dez. 2018.
Aparece nas coleções:ELA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.