Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33155
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_PropriedadesPsicometricasIniciais.pdf310,78 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Propriedades psicométricas iniciais do acceptance and action questionnaire - ii - versão brasileira
Outros títulos: Initial psychometric properties of acceptance and action questionnaire - ii - Brazilian version
Propiedades psicométricas iniciales del acceptance and action questionnaire - ii - versión brasileña
Autor(es): Barbosa, Leonardo Martins
Murta, Sheila Giardini
Assunto: Testes psicológicos
Flexibilidade psicológica
Terapia cognitiva
Terapia de aceitação e compromisso
Psicoterapia
Data de publicação: Abr-2015
Editora: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Referência: BARBOSA, Leonardo Martins; MURTA, Sheila Giardini. Propriedades psicométricas iniciais do acceptance and action questionnaire - II - versão brasileira. Psico-USF, Itatiba, v. 20, n. 1, p. 75-85, abr. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712015000100008&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 31 out. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1413-82712015200107.
Resumo: O modelo de flexibilidade psicológica (FP) dispõe de evidências em diversos países, mas sua investigação no Brasil é limitada pela ausência de instrumentos adaptados. Esse estudo reúne evidências psicométricas de um instrumento de avaliação da FP, o Acceptance and Action Questionnaire-II, adaptado para o Brasil. Após tradução e adaptação, o instrumento foi respondido por 1.352 estudantes universitários, e parte da amostra também respondeu escalas de resiliência, saúde geral, depressão e ansiedade. Os resultados indicaram estrutura unidimensional e confiabilidade satisfatória. A FP dos homens foi superior à das mulheres e tendeu a aumentar de acordo com a idade. Também houve correlação positiva com resiliência e saúde geral, e negativa com depressão e ansiedade. As propriedades psicométricas foram satisfatórias, mas ainda devem ser avaliadas em amostras diversificadas. O instrumento parece adequado para uso tanto no estudo sobre mudança de comportamento quanto sobre mecanismos de mudança terapêutica.
Abstract: Psychological flexibility (PF) model has extensive evidence in several countries but its research in Brazil is limited due to lack of suitable instruments. This study gathers psychometric evidence from an FP instrument, Acceptance and Action Questionnaire-II, adapted for Brazil. After translated and adapted, 1,352 college students filled it, and same subsamples also filled scales on resilience, general health, depression and anxiety. Results indicated unidimensional structure and satisfactory reliability. FP in males was superior to females and increased with aging. There was also a positive correlation with resiliency and overall health, and a negative one with depression and anxiety. Psychometric properties were satisfactory, but ought to be evaluated in diverse samples. The instrument seems suitable for use both in studying behavior change and mechanisms of therapeutic change
Resumen: El modelo de flexibilidad psicológica (FP) dispone de evidencias en diversos países, pero su investigación en Brasil es limitada por falta de instrumentos adaptados. Este estudio reúne evidencias psicométricas de un instrumento de evaluación de la FP, el Acceptance and Action Questionnaire-II, adaptado para Brasil. Tras la traducción y adaptación, respondieron al instrumento 1.352 estudiantes universitarios, y parte de la muestra también respondió a escalas de resiliencia, salud general, depresión y ansiedad. Los resultados indicaron estructura unidimensional y confiabilidad satisfactoria. El modelo de FP de los hombres fue superior al de las mujeres y tiende a aumentar con la edad. Hubo correlación positiva con la resiliencia y salud general, y negativa con la depresión y ansiedad. Las propiedades psicométricas fueron satisfactorias, pero aún deben ser evaluadas en muestras diversificadas. El instrumento parece adecuado tanto para el estudio sobre cambios de comportamiento, como para el estudio sobre mecanismos de cambios terapéuticos.
Licença: Psico-USF - This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License (CC BY). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712015000100008. Acesso em: 31 out. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1413-82712015200107
Aparece nas coleções:PCL - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.