Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33137
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_PrevencaoPrimariaSaude.pdf757,07 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Prevenção primária em saúde na adolescência : avaliação de um programa de habilidades de vida
Outros títulos: Primary prevention in health in adolescence : evaluation of a life skills program
Autor(es): Murta, Sheila Giardini
Borges, Francimara Azevedo
Ribeiro, Danilo Cruvinel
Rocha, Eliana Porto
Menezes, Jordana Calil Lopes de
Prado, Marina de Moraes e
Assunto: Conscientização social
Satisfação do consumidor
Adolescência - saúde mental
Psicologia - metodologia
Prevenção
Data de publicação: Dez-2009
Editora: Programa de Pós-graduação em Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Psicobiologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: MURTA, Sheila Giardini et al. Prevenção primária em saúde na adolescência: avaliação de um programa de habilidades de vida. Estudos de Psicologia (Natal), Natal, v. 14, n. 3, p. 181-189, dez. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2009000300001&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 17 out. 2013. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2009000300001.
Resumo: Este artigo descreve o processo e resultados alcançados em um programa de habilidades de vida para dezoito adolescentes, de uma amostra não clínica, entre 12 a 14 anos de idade. Dezesseis sessões de grupo foram feitas, baseadas em uma abordagem psico-educativa e em técnicas de grupo. A avaliação de processo incluiu medidas diárias de satisfação do consumidor, prática de habilidades treinadas no curso da intervenção e suporte fornecido pelo grupo. A avaliação de processo demonstrou que os participantes se sentiram satisfeitos com o programa; praticaram habilidades sociais, habilidades cognitivas e habilidades de manejo de estresse aprendidas durante a intervenção; e demonstram um senso de confiança na intervenção em grupo. Entrevistas de follow-up conduzidas um ano depois com os adolescentes e seus pais mostraram que as mudanças comportamentais se mantiveram. Os resultados mostraram-se positivos, mas estudos experimentais serão necessários para conclusões definitivas sobre a efetividade do programa.
Abstract: This paper describes the process and results reached in a life skills program for 18 adolescents, from a non-clinical sample, with 12 to 14 years-old. Sixteen group sessions were done, based on a psycho-educational approach and group techniques. The process evaluation included diary measures of consumer satisfaction, practice of skills trained in the course of the intervention and support provided by the group. The process evaluation demonstrated that the participants felt satisfied with the program; practiced social skills, cognitive skills and stress management skills learned during the intervention; and demonstrated a sense of confidence in the group intervention. Follow-up interviews one year after the intervention conducted with the adolescents and their parents shown that the behavioral changes were maintained. The results suggest positive results from the intervention, but experimental studies will be necessary for robust conclusions on the effectiveness of this program.
Licença: Estudos de Psicologia (Natal) - All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License (CC BY NC). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2009000300001&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 out. 2013.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2009000300001
Aparece nas coleções:PCL - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.