Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33084
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_LucianaHentzyMoraes.pdf1,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Fomento à pesquisa no Ministério da Saúde na perspectiva do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS
Autor(es): Moraes, Luciana Hentzy
Orientador(es): Rehem, Tânia Cristina Morais Santa Bárbara
Assunto: Fomento à pesquisa
Pesquisa em saúde
Sistema Único de Saúde (Brasil)
Data de publicação: 26-Nov-2018
Referência: MORAES, Luciana Hentzy. Fomento à pesquisa no Ministério da Saúde na perspectiva do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS. 2018. 99 f., il. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O fomento à pesquisa em saúde é um elemento fundamental para o desenvolvimento do país, pois os conhecimentos científicos gerados pelas pesquisas, quando disseminados e utilizados são considerados bens públicos que contribuem para o desempenho do sistema de saúde e melhoria da saúde individual e coletiva. O fomento à pesquisa pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS- PROADI representou um ganho no aporte de recursos públicos para pesquisa em saúde no Brasil. No período de 2009 a 2014 o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia investiu cerca de R$ 97, 01 milhões de reais em projetos de pesquisa pelo PROADI. Contudo, eram escassas as informações sobre o impacto dessas pesquisas para o SUS. Objetivo: analisar as características dos projetos de pesquisa financiados no PROADI, identificar as contribuições ao SUS e potenciais impactos no avanço do conhecimento. Método: Trata-se de um estudo com abordagem metodológica quantitativa composto de duas etapas. A primeira etapa de identificação e caracterização dos projetos. A segunda etapa utilizou modelo adaptado da matriz de avaliação de impacto da Canadian Academy of Health Science para avaliar o avanço no conhecimento. Resultados: No período, foram financiados 46 projetos de pesquisa, executados por seis hospitais de excelência, em doze áreas de especialidade. Cardiologia e oncologia foram as áreas de maior investimento no período e juntas somaram 63,8% do total de recursos investidos em pesquisas. As contribuições ao SUS foram analisadas e categorizadas em seis dimensões (1- Usuário; 2-Rede SUS; 3-Centros de Pesquisa; 4 -Profissionais; 5- Financeiro; 6-Conhecimento) e observou-se maior frequência de contribuições ao usuário. O mapeamento da produção científica mostrou que maior parte das pesquisas gerou produtos tangíveis (publicações) em áreas de relevância para a saúde pública. Conclusão: A pesquisa evidenciou a necessidade de aprimoramento dos mecanismos de disseminação e apropriação dos resultados para o sistema de saúde. Estudos de avaliação de impacto e uso do conhecimento podem contribuir para o aprimoramento dos mecanismos de fomento à pesquisa.
Abstract: The support of health research is a relevant component for the development of the country, since the scientific knowledge generated by the research, when disseminated and used, is considered public goods that contribute to the performance of the health system and the improvement of individual and collective health. The promotion of health research by the Support Program for the Institutional Development of SUS-PROADI represented more public resources contribution to health research in Brazil. From 2009 to 2014, the Ministry of Health, through the Department of Science and Technology invested about R$ 97, 01 million reais in research projects by PROADI. However, there was a few information about the impact of these researches for SUS. The present study allowed mapping the characteristics of the research projects funded in PROADI, identifying the contributions to the SUS and potential impacts on the advancing knowledge. It is a study with a quantitative methodological approach composed of two steps. The first step of identification and characterization of the projects. The second step was based on an adapted model from the impact assessment matrix structured of the Canadian Academy of Health Science to assess the advancing knowledge resulting from the researches. In the period, 46 research projects were funded, conducted by six hospitals of excellence, in twelve specialties. Cardiology and oncology were the areas of greatest investment in the period and together added 63.8% of the total funds invested in research. The research contributions to SUS were analyzed and classified into six categories (1-Users, 2-SUS Network, 3-Research Centers, 4 -Professional, 5-Financial, 6-Knowledge) and the most frequent contribution was to the health system users. The mapping of scientific production showed that most research generated tangible products (publications) in areas of relevance to public health. This research evidenced the need to improve mechanisms for dissemination and appropriation of results for the health system. Research impact assessment and use of knowledge can contribute to the improvement of research promotion mechanisms.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:DSC - Mestrado Acadêmico em Saúde Coletiva (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.