Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33079
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_JacksonLuizLimaOliveira.pdf1,45 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Identidade nacional nigeriana : arranjos institucionais para construção de uma nigerianidade
Autor(es): Oliveira, Jackson Luiz Lima
Orientador(es): Nascimento, Paulo César
Assunto: Nigéria
Nigéria - história
Arranjos institucionais
Identidade nacional
Data de publicação: 26-Nov-2018
Referência: OLIVEIRA, Jackson Luiz Lima. Identidade nacional nigeriana: arranjos institucionais para construção de uma nigerianidade. 2018. 79 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciência Política)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Esta dissertação propõe-se a investigar os arranjos institucionais implementados pela Nigéria para a construção de uma nigerianidade e a conformação de um sentido de identidade nacional nigeriana, dentro do marco conceitual do nacionalismo e do neoinstituicionalismo. Com o intuito de contextualizar o objeto de estudo deste trabalho, começa-se por traçar um panorama do período histórico e das formas de sistemas políticos autóctones (hausa-fulani, iorubá e ibo), antes da chegada dos colonizadores ingleses, e como esses sistemas influenciaram nas diferentes formas de colonização perpetradas pelos britânicos. Seguidamente, são analisados os arranjos institucionais implementados pelos governos nigerianos, como o Federal Character Commission (FCC), o National Youth Service Corps (NYSC), bem como o rodízio de presidentes do norte e do sul no poder. A problemática do crescimento populacional e o consequente aumento da pressão das clivagens étnicas e religiosas são igualmente abordados. A conformação e o papel dos partidos políticos na democracia nigeriana são apresentados de maneira indireta, como forma de demonstrar o conjunto de práticas no sistema politico do país. Por último, traçam-se análises dos pontos positivos e negativos dos três arranjos colocados em prática pelos governos na Nigéria: o FCC, o NYSC e o rodízio de presidentes do norte e do sul, demonstrando o que deu certo e o que ainda carece de melhorias para colocar o país no caminho do desenvolvimento e da paz social.
Abstract: This dissertation proposes to investigate the institutional arrangements implemented by Nigeria for the construction of a Nigerianess and the conformation of a sense of Nigerian national identity, within the conceptual framework of nationalism and neoinstitutionalism. In order to contextualize the object of this work, we begin by outlining the historical period and the forms of autochthonous political systems (Hausa-Fulani, Yoruba and Ibo), before the arrival of the English colonizers, and how these systems influenced the different forms of colonization perpetrated by the British. Next, the institutional arrangements implemented by the Nigerian governments, such as the Federal Character Commission (FCC), the National Youth Service Corps (NYSC), and the rotation of presidents from the north and the south in power are analyzed. The problem of population growth and the consequent increase in the pressure of ethnic and religious cleavages are also addressed. The conformation and role of political parties in Nigerian democracy are presented indirectly as a way of demonstrating the set of practices in the country political system. Lastly, an analysis is made of the strengths and weaknesses of the three arrangements put in place by governments in Nigeria: the FCC, the NYSC and the rotation of presidents from the north and south, demonstrating what has worked and what still lacks improvements to put the country on the road to development and social peace.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:IPOL - Mestrado em Ciência Política (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.