Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33039
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_BatalhaBerna1954.pdf748,97 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: The battle of Berna (1954) : the struggle for identity meanings in the football field
Outros títulos: Batalha de Berna (1954) :a luta pelos sentidos de identidade no campo de futebol
Batalla de Berna (1954) : la lucha por los sentidos de identidad en el campo de fútbol
Autor(es): Costa, Felipe Rodrigues da
Tavares, Otávio
Soares, Antonio Jorge Gonçalves
Ferreira Neto, Amarilio
Assunto: Meios de comunicação de massa
Futebol
Data de publicação: 2015
Editora: Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Referência: COSTA, Felipe Rodrigues da et al. The battle of Berna (1954): the struggle for identity meanings in the football field. Movimento, Porto Alegre, v. 21, n. 1, p. 143-154, jan./mar. de 2015. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/46330/35298/>. Acesso em: 13 nov. 2018.
Resumo: O artigo objetiva analisar as diferentes estratégias da imprensa brasileira para narrar a disputa entre Brasil e Hungria na Copa do Mundo da Suíça (1954). A análise dos textos publicados no O Globo e na Folha de São Paulo revela a presença de uma discussão sobre o caráter nacional, a crença na superioridade das características “naturais” do futebol brasileiro em comparação com o “espírito de organização” dos europeus e a vitória húngara como resultado de um conluio europeu. Conclui que a imprensa elabora uma inversão da hierarquia entre natureza e cultura, estereotipando identificações em um contexto de relações de poder desequilibradas.
Abstract: The article aims at identifying, describing and analyzing different strategies of Brazilian press to narrate the dispute between Brazil and Hungary in the 1954 World Cup in Switzerland. The analysis of articles published in newspapers O Globo and Folha de São Paulo reveals the presence of a discussion about national character, the belief in the superiority of the “natural” characteristics of Brazilian football in comparison with Europeans’ “spirit of organization” and the Hungarian victory as a result of a European collusion. The study concludes that the press reverses the hierarchy between nature and culture, stereotyping identifications in a context of unbalanced power relations.
Resumen: Objetiva identificar, describir y analizar las diferentes estrategias de la prensa brasileña para narrar la disputa entre Brasil y Hungría en la Copa del Mundo en Suiza (1954). El análisis de los textos publicados en O Globo y en Folha de São Paulo revela la presencia de una discusión sobre el carácter nacional, la creencia en la superioridad de las características “naturales” del fútbol brasileño en comparación con el “espíritu de organización” de los europeos y la victoria húngara como resultado de un acuerdo europeo. Concluye que la prensa elabora una inversión de jerarquía entre naturaleza y cultura, estereotipando identificaciones en un contexto de relaciones de poder desequilibradas.
Licença: Creative Commons (CC BY NC).
Aparece nas coleções:FEF - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.