Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/33021
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_JacquelineAguiarGonçalves.pdf3,29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Distribuição espacial de CyclocephalaDejean, 1821 (Coleoptera: Melolonthidae: Dynastinae) no Brasil
Autor(es): Gonçalves, Jacqueline Aguiar
Orientador(es): Frizzas, Marina Regina
Assunto: Besouros - Brasil
Distribuição geográfica
Diversidade biológica - Brasil
Biogeografia
Data de publicação: 9-Nov-2018
Referência: GONÇALVES, Jacqueline Aguiar. Distribuição espacial de CyclocephalaDejean, 1821 (Coleoptera: Melolonthidae: Dynastinae) no Brasil. 2018. iv, 58 f., il. Dissertação (Mestrado em Zoologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O entendimento dos padrões espaciais de diversidade biológica é de grande importância para propósitos de conservação, tornando possível localizar populações remanescentes, proteger habitats de ocorrência e executar planos de manejo. O gênero Cyclocephala possui aproximadamente 339 espécies descritas, com ocorrência principalmente na região Neotropical, porém não existem estudos de distribuiçãodo gênero no Brasil.Otrabalho tem como objetivo avaliar a distribuição espacial das espécies de Cyclocephalano Brasil e compreenderos fatores que podem influenciar suadistribuição. Para isso,foram avaliadosfatores climáticos, variáveis espaciais(latitude, longitude e altitude)e porcentagemde vegetação remanescenteem buffersde 2, 20 e 100 km. Foram realizadas coletas utilizando armadilha luminosa em áreas de vegetação nativa de doze cidades do Brasil abrangendo os biomasCerrado, Mata Atlântica, Amazônia, Pampa e Caatinga. As coletas foramrealizadas mensalmente, de junho de 2015 a maio de 2016. A partir de revisão bibliográfica e dados obtidos no presente estudo, foi elaborada lista de espécies do gênero do Brasil e mapas de distribuição espacial.Foram coletados por meio dos dados primários 5.695 indivíduose 38 espécies. Obioma Amazônia apresentoumaior diversidade. As espécies mais abundantes foram C. paraguayensis Arrow, 1913, C. mannheimsi Endroedi, 1964 e C. dispar(Herbst, 1792). Em biomas com clima úmido, as maiores abundâncias ocorreram em período menos chuvoso, em regiões com estações secas e chuvosas, ocorreram no período chuvoso, em biomas mais frios, ocorreram em períodos mais quentes, e em biomasmais áridos, ocorreram em período menos quente.Foielaborada uma lista das espécies de Cyclocephalapara o Brasil, contendo 135 espécies, sendo cinco registradas pela primeira vez para o país. O mapa de distribuição espacial de Cyclocephalana Amazônia concentrou as espécies próximo às capitais e a áreas antropizadas, o que indica um subdimensionamento dos dados. Os mapas de distribuição do Cerrado e Mata Atlântica apresentam uma diferenciação de espécies nas regiões norte e sul. As espécies do norte e oeste do Cerrado apresentam similaridade com espécies da Amazônia. Aquelas presentes ao leste e sul do Cerrado apresentam similaridade com espécies da Mata Atlântica. E espécies do sul da Mata Atlântica são similares às do bioma Pampa.A maior riqueza e diversidade deespécies na Amazônia indica que o bioma consiste em importante habitat para espécies de Cyclocephala. Foram observadas épocas mais favoráveis para ocorrências dos adultos do gênero em cada bioma. Os mapas de distribuição apontam lacunas de estudos do gênero, e a lista de espécie sugere a provável ocorrência de outras espécies de Cyclocephala no Brasil.
Abstract: The understanding of spatial patterns of biological diversity is of great importance for conservation purposes, making it possible tolocate remaining populations, protect occurring habitatsand execute management plans. The genus Cyclocephalahas approximately 339 described species, occurring mainly in the Neotropical region, but there are no studies of the genus distribution in Brazil.The objective of this work is to evaluate the spatial distribution of Cyclocephalaspeciesin Brazil and to understand the factors that mayinfluence theirdistribution. For this, climatic factors, spatial variables(latitude, altitude and longitude) and percentageof vegetationremaining in buffers of 2, 20 and 100 km were evaluated. We collected data usinglight trapsin areas of native vegetation in twelve cities in Brazil covering the Cerrado, Atlantic Forest, Amazon, Pampa and Caatinga biomes. The collections were held monthly, from June 2015 to May 2016. Based on a bibliographical review and data obtained in the present study, a list of species of the genus in Brazil and spatial distribution maps wereelaborated.5.695 individuals and 38 species were collectedthrough the primary data. The Amazon biome preent the greaterdiverstity. The most abundant species were C. paraguayensisArrow, 1913, C. mannheimsiEndroedi, 1964 and C. dispar(Herbst, 1792). In biomes with a humid climate, the higherabundances occurredina less rainy period, in biomes with dry and rainy seasons, occurredin the rainy season, in colder biomes, occurredin warmers periods, and in more arid regions regions, occurredin a less warm period.A list of species of Cyclocephalawas elaborated for Brazil, containing 135 species, beingfive registered for the first time forthe country. The spatial distribution map of Cyclocephalain the Amazon concentrated the species near the capitals and the anthropized areas, which indicatesundersized of the data. The distribution maps of the Cerrado and Atlantic Forest present species differentiation in the north and south regions. The species of the north and west of Cerrado show similarity with species of the Amazon. Those present to the east and south of Cerrado show similarity with species of the Atlantic Forest. Species of the south oAtlantic Forest are similar to thoseof the Pampa biome. The highestrichnessand diverstity of species in the Amazon indicatesthat the biome is an important habitat for Cyclocephalaspecies. Favorable periodswere observed for occurences of adults of thegenus in each biome. The distribution maps point to gaps in studies of the genus, and the list of species suggest the probable occurrence of other species of Cyclocephala in Brazil.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:IB - Mestrado em Zoologia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.