Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32978
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_MoniqueGomesdaSilvaScalco.pdf1,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Depressão refratária e estimulação elétrica cortical : da anatomia aos protocolos de pesquisa
Autor(es): Scalco, Monique Gomes da Silva
Orientador(es): Amorim, Rivadávio Fernandes Batista de
Assunto: Depressão mental
Estimulação Transcraniana por Corrente Contínua (ETCC)
Depressão mental - tratamento
Data de publicação: 9-Nov-2018
Referência: SCALCO, Monique Gomes da Silva. Depressão refratária e estimulação elétrica cortical: da anatomia aos protocolos de pesquisa. 2018. 72 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Introdução: O transtorno depressivo maior (TDM) é doença grave, debilitante e com tendência à refratariedade. Ainda que comum, o TDM segue com limitações terapêuticas consideráveis. A estimulação cerebral não invasiva tem demonstrado resultados promissores no manejo de diversas doenças. Neste contexto, a estimulação transcraniana de corrente contínua tem sido investigada e representa possibilidade terapêutica para a depressão. A pesar do potencial impacto da perda de sessões nos achados clínicos incluindo eficácia, não há definição clara de quantas sessões podem ser perdidas durante cada ciclo e nem como manejar a falha em sessões. Objetivo: Realização de revisão sistemática de ensaios realizados com ETCC para depressão para promover melhor compreensão do tópico e investigar como as sessões perdidas são manejadas e reportadas. Método: Revisão sistemática foi conduzida considerando intervalo de dez anos na plataforma de dados PubMed/Medline com os termos a seguir em língua inglesa: “tDCS”, “transcranial direct current stimulation”, “depressive disorder”, “depression” e “missing session”, “missing data”. Resultados: A busca inicial encontrou 66 artigos, 58 foram eliminados por conta dos critérios de inclusão: i) artigos escritos em língua inglesa. Ii) Desenho de estudo usando ao menos cinco sessões de ETCC. iii) Amostra com ao menos cinco sujeitos e critérios de exclusão: i) relato de caso e série de relatos de caso. ii) Estudos envolvendo participantes com outros diagnósticos além de depressão. Dos oito estudos clínicos selecionados, apenas três relataram alguma informação sobre as sessões perdidas e descreveram de forma pouco criteriosa como manejaram o problemas ou se isso teve ou não influência nos resultados finais do estudo. Conclusão: Nossa revisão evidencia a falta de informação na descrição das sessões perdidas em ensaios sobre depressão. Em nossa visão, essa questão requer atenção especial e urgente uma vez que a maioria das recomendações acerca do tema são puramente empíricas ou baseadas em evidência especulativa. Diretrizes padrão são extremamente necessárias para fornecer não apenas segurança para os indivíduos em pesquisa, mas também para alcançar avaliações mais acuradas da eficácia da ETCC quando sessões são perdidas.
Abstract: Introduction: Major depressive disorder (MDD) is a serious, debilitating and refractory disease. Although common, MDD continues with considerable therapeutic limitations. Non-invasive brain stimulation has shown promising results in the management of various diseases. In this context, non-invasive brain stimulation has been investigated and represents a therapeutic possibility for depression treatment. Despite the potential impact of missing sessions on clinical findings including efficacy, there is no clear definition of how many sessions can be missed during each cycle or how to handle session failure. Objective: To perform a systematic review of trials conducted with tDCS for depression to promote a better understanding of the topic, as well as to investigate how missing sessions are handled and reported. Method: A systematic review was conducted considering a 10-year interval on the PubMed / Medline data platform with the following terms in English: "tDCS", "transcranial direct current stimulation", "depressive disorder", "depression" and "missing" session "," missing data ". Results: The initial search found 66 articles, 58 were eliminated because of the inclusion criteria: i) articles written in English. Ii) Study design using at least five sessions of tDCS. iii) Sample with at least five subjects and exclusion criteria: i) case report and series of case reports. ii) Studies involving participants with other diagnoses besides depression. Of the eight selected clinical trials, only three reported some information about the missed sessions and described in an un-judicious manner how they handled the problems or whether or not this had influence on the final results of the study. Conclusion: Our review highlights the lack of information in the description of missed sessions in trials on depression. In our view, this issue requires special and urgent attention since most of the recommendations on the subject are purely empirical or based on speculative evidence. Standard guidelines are extremely necessary to provide not only safety for individuals in research but also to achieve more accurate assessments of the effectiveness of tDCS when sessions are missed.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.