Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32944
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_AnaBeatrizRomeroNovelli.pdf933,59 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Narcisos e romãs : considerações sobre a anorexia e a troca de dons
Autor(es): Novelli, Ana Beatriz Romero
Orientador(es): Lazzarini, Eliana Rigotto
Assunto: Anorexia
Psicanálise
Antropologia do dom
Lacan, Jacques, 1901-1981
Data de publicação: 29-Out-2018
Referência: NOVELLI, Ana Beatriz Romero. Narcisos e romãs: considerações sobre a anorexia e a troca de dons. 2018. x, 120 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Esta dissertação investiga a construção do sintoma anoréxico no trabalho de Jacques Lacan entre os anos de 1956 e 1958 e articula à anorexia a troca de dons, mecanismo jurídico e econômico proposto pelo antropólogo Marcel Mauss a partir da publicação de Ensaio sobre a dádiva. Para tal, procuramos inicialmente na obra freudiana as construções sobre esse sintoma e encontrarmos em Lacan ressonâncias concernentes ao desenvolvimento da sexualidade e à constituição psíquica. Localizamos no conceito de objetos de dom, integrante da dinâmica anoréxica, a indicação de que Lacan utilizou-se da teoria antropológica para estabelecer suas considerações sobre o tema. Dessa forma, nos voltamos para o Ensaio sobre a dádiva ao buscarmos a estrutura que possibilita a troca simbólica de dons. A hipótese que nos guiou foi de que a recusa anoréxica é trabalhada por Lacan articulada à entrada simbólica do sujeito no complexo de Édipo. A recusa, no entanto, não nega a troca de dons - a desmente. Por fim, apresentamos o sintoma anoréxico relacionado ao mecanismo freudiano do desmentido [Verleugnung].
Abstract: This dissertation investigates the construction of anorexia in the work of Jacques Lacan between the years 1956 and 1958. It also articulates anorexia to the gift [don] exchange, a juridical and economical mechanism proposed by the anthropologist Marcel Mauss on Essai sur le don (The Gift). For this purpose, we return to Freud’s anorexia’s constructions and uncover in Lacan’s own work resonances concerning Freud’s notions regarding the development of sexuality and psychic constitution. By observing Lacan’s use of the concept “gift objects” as part of the anorexic dynamic, we indicate the author’s reference to Mauss’ anthropological theory to establish his considerations on the subject. We search on Essai sur le don (The Gift) the structure that enables the gift’s symbolic exchange. The hypothesis that guided us through this study was that anorexic refusal is operated by Lacan articulated to the subject’s symbolic ingress in the Oedipus complex. However, the refusal does not operate as a negation to the exchange of gifts, but as a denial. Finally, we present the anorexic symptom related to the Freudian mechanism of denial [Verleugnung].
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:PCL - Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.