Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32895
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_ÂndersonJésusdaSilva.pdf5,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Aproximações da educação científica com orientação CTS e pedagogia histórico-crítica no ensino de química
Autor(es): Silva, Ânderson Jésus da
Orientador(es): Silva, Kátia Augusta Curado Pinheiro Cordeiro da
Assunto: Professores - formação continuada
Professor - formação - ciência
Ensino de ciências
Educação científica e tecnológica
Pedagogia histórico-crítica
Data de publicação: 22-Out-2018
Referência: SILVA, Ânderson Jésus da. Aproximações da educação científica com orientação CTS e pedagogia histórico-crítica no ensino de química. 2018. 346 f., il. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A presente investigação de caráter teórico vincula-se à área de ensino de Química, tendo como temática a formação de professores de Química e de Ciências da Natureza com orientações em modos pedagógicos crítico-progressistas. O objeto de estudo é a construção de um quadro teórico que comporte as convergências da Pedagogia Histórico-Crítica (PHC) e do movimento educacional científico que tem como orientação as inter-relações Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS). O pressuposto desta pesquisa é que existe base teórica e metodológica de aproximações da PHC com as propostas didáticas desenvolvidas na Educação Científica com Orientação CTS (EOCTS) que pode potencializar a ação pedagógica no ensino de Química/Ciências da educação básica. O objetivo central é identificar princípios epistemológicos, teóricos e estratégicos presentes em proposições didáticas desenvolvidas na EOCTS abarcando aproximações com a PHC, com o propósito de contribuir com aquele movimento educacional que visa emancipar os sujeitos envolvidos no processo ensino-aprendizagem, de modo a viabilizar reflexões e posteriores transformações em posturas que, emancipadas, incentivam a maior participação no contexto sociocultural, ou seja, tomada de decisão responsável nesta sociedade científica e tecnológica contemporânea, tendo no horizonte o devir de uma nova ordem social mais justa e igualitária sem as atuais contradições de classe. O quadro de referência aqui proposto fundamenta-se em uma concepção de formação de professores numa perspectiva crítico-filosófica. Parto da premissa de que a Ciência é uma construção cultural humana historicamente estruturada e que a atividade docente é determinante na emancipação ou alienação social dos estudantes. Minha perspectiva epistemológica é o materialismo histórico e dialético, tendo como referências teóricas: a práxis em Vazquez (2011); a cultura em Gramsci (1995); EOCTS em pesquisadores do Pensamento Latino-Americano sobre as inter-relações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade (PLACTS); e a PHC em Saviani (2008; 2013) aplicada ao ensino de Ciências escolar (GERALDO, 2009; PINHEIRO, 2016). A conclusão central seria a de que essa orientação teórico-pedagógica, adequada à perspectiva do movimento da EOCTS, proporcionaria a professores de Química/Ciências possibilidades de construir processos educativos crítico-emancipadores, superando os limites impostos no/pelo sistema educacional brasileiro, que vem intensificando o adaptativismo-crítico, como imposição/disseminação do pensamento neoliberal. Essa superação, no meu entendimento, acontece no encontro da práxis com a categoria trabalho como princípio educativo para formar cidadãos histórico-críticos.
Abstract: The current investigation with theoretical features is linked to the field of Chemistry teaching, having as theme chemistry and natural sciences teacher training with guidance in critical-progressive pedagogical methods. The goal of this study is the construction of a theoretical reference that embodies the convergences of the Historical-Critical Pedagogy (HCP, PHC in Portuguese) and the scientific educational movement that has as orientation the interrelations of Science-Technology-Society (STS). The premises of this research is that there exists a theoretical and methodological basis of approximation of PHC with the didactic proposals developed in the Scientific Education with STS orientation (SSTSO, EOCTS in Portuguese) which can increase the pedagogical actions in the teaching of Chemistry/Sciences from the basic education. The main goal is to identify the epistemological, theoretical and strategic principles existent in didactic propositions developed on EOCTS covering approximations with PHC, with the aim of contributing with this educational movement which seeks to emancipate the subjects that engage in the teaching-learning process, in order to enable reflections and subsequent transformations in stances that, after emancipation, encourages bigger engaging in the social-cultural context, in other words, responsible decision making in this scientific and technological contemporary Society, envisioning a new fairer and more equal social order, without the current class contradictions. The theoretical framework here proposed is based on the concept of teacher training in a critical-philosophical perspective. I base this work on the premise that Science is a human cultural construction historically structured and that the teaching activity is crucial in the emancipation or alienation of the students. My epistemological perspective is the historical dialectical materialism, basing in the following references: the praxis in Vazquez (2011); the culture in Gramsci (1995); EOCTS in researchers of the Latin-American thought about the interrelations among Science, Technology and Society (LATSTS, PLACTS in Portuguese); PHC in Saviani (2008; 2013) applied to scholar Sciences teaching (GERALDO, 2009; PINHEIRO 2016). The central conclusion would be that this theoretical-pedagogical orientation, appropriate to the perspective of the EOCTS movement, could provide to Chemistry/Science teachers the possibilities to construct critical-emancipatory educational processes, overcoming the limits imposed on/by the Brazilian educational system, that has been intensifying the critical adaptativism, as imposition/dissemination of the neoliberal thought. This overcoming, as I understand, happens in the convergence of the praxis with the category work as an educational principle to shape historical-critical citizens.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.