Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32857
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_FranciscoCleudioAguiarLima.pdf2,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Produção de biodiesel a partir de óleo de macaúba usando como catalisador óxido misto de alumínio e estanho
Autor(es): Lima, Francisco Cleudio Aguiar
Orientador(es): Silva, Fábio Moreira da
Coorientador(es): Ziani Suarez, Paulo Anselmo
Assunto: Biodiesel - transesterificação
Macaúba
Óleos vegetais - combustível
Catálise - biodiesel
Data de publicação: 19-Out-2018
Referência: LIMA, Francisco Cleudio Aguiar. Produção de biodiesel a partir de óleo de macaúba usando como catalisador óxido misto de alumínio e estanho. 2018. 85 f., il. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Química e Biológica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O Brasil possui uma vasta diversidade ambiental e por sua vez, um amplo potencial energético na variedade de sementes e frutos oleaginosos que podem ser cultivados no seu solo. A busca por combustíveis limpos tem fortalecido a tendência de se estudar os óleos e gorduras, constituídos essencialmente por ácidos graxos, com alto poder energético e passíveis de conversão em biodiesel. Atualmente, o principal processo industrial para a obtenção desse combustível é a transesterificação metílica de óleos ou gorduras, entretanto, as matérias-primas oleaginosas para esta reação necessitam ser isentas de água, ácidos graxos livres e outras impurezas. No sentido de redução de custos e otimização de processos na produção de biodiesel este trabalho oferece como nova alternativa de matéria-prima o óleo da polpa da macaúba (filtrado e não refinado) e como catalisador heterogêneo o oxido misto de alumínio e estanho (Al2O3)4(SnO), na presença de álcool metílico. Este catalisador mostrou-se eficiente na produção do biodiesel em bancada via transesterificação e/ou esterificação de vários tipos de óleos vegetais. Dessa forma, a alumina dopada com estanho foi sintetizada e preparada para uso catalítico em bancada e produção do biodiesel do óleo macaúba em diferentes condições, apresentando resultados satisfatórios principalmente na reação que ocorreu durante 3 horas, com temperatura de 180º C e relação molar metanol/óleo de macaúba de 6:1, onde foi atingido as melhores conversões e consequentemente o rendimento mais alto.
Abstract: Brazil has a wide environmental diversity and, in turn, a broad energy potential in the variety of seeds and oleaginous fruits that can be cultivated in its soil. The search for clean fuels has strengthened the tendency to study oils and fats, consisting essentially of fatty acids, with high energy power and convertible into biodiesel. Currently the main industrial process for obtaining this fuel is the methyl transesterification of oils or fats, however, the oleaginous raw materials for this reaction need to be free of water, free fatty acids and other impurities. In the sense of cost reduction and optimization of processes in biodiesel production, this work offers as a new raw material alternative the pulp oil of macaúba (filtered and unrefined) and as a heterogeneous catalyst the mixed oxide of aluminum and tin (Al2O3)4 (SnO) in the presence of methyl alcohol. This catalytic converter proved to be efficient in the production of biodiesel by means of transesterification and / or esterification of several types of vegetable oils. In this way, the tin doped alumina was synthesized and prepared for the catalytic use in the workbench and biodiesel production of the macaúba oil in different conditions, presenting satisfactory results mainly in the reaction that occurred during 3 hours, with temperature of 180º C and molar ratio methanol / oil of macaúba of 6: 1, where the best conversions were achieved and consequently the highest yield.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Química e Biológica, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:IQ - Mestrado em Tecnologia Química e Biológica

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.