Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32825
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AnaCarolinaCapuzzodeMelo.pdf1,43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Sociolinguística : da oralidade à escrita na formação de docentes do campo da área de linguagem
Autor(es): Melo, Ana Carolina Capuzzo de
Orientador(es): Sousa, Rosineide Magalhães de
Assunto: Sociolinguística
Letramento acadêmico
Professores - formação
Educação do campo
Data de publicação: 17-Out-2018
Referência: MELO, Ana Carolina Capuzzo de. Sociolinguística: da oralidade à escrita na formação de docentes do campo da área de linguagem. 2017. 105 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo investigar, por meio dos protocolos verbais e de entrevistas, como se dá o letramento acadêmico dos futuros professores que atuarão em contextos de diversidade cultural, à luz das contribuições da Sociolinguística, com foco na transição da oralidade ao letramento acadêmico, buscando entender como as pessoas de minorias linguísticas, isto é, pessoas estigmatizadas por não terem o domínio da norma padrão, podem construir seus letramentos acadêmicos e profissionais, considerando seu perfil predominantemente oralizado. O estudo foi realizado na UnB, campus Planaltina, situada em Planaltina/DF, com um grupo de seis estudantes da oitava turma do curso de Licenciatura em Educação do Campo, curso regular dessa Instituição de Ensino, nos anos de 2016 e 2017. Recorremos, metodologicamente, à Etnografia da Comunicação (HYMES, 1977; 1995), fazendo uso dos recursos de observação participante, entrevistas e protocolos verbais. Embasamo-nos, teoricamente, em Kleiman (1995), Pretti (2003), Marcuschi (2007), Molina e Sá (2011), Sousa (2011), Ilari (2014), Street (2014), Bortoni-Ricardo (2004; 2005; 2014), Moura (2015), dentre outros. A relevância deste trabalho está na compreensão de como se dá a formação docente de pessoas oriundas de regiões rurais, capazes de ser protagonistas de sua realidade. Uma formação condizente com e para a realidade campesina, pautada numa pedagogia culturalmente sensível, com professores preparados para lidarem com as marcas de oralidade de seus estudantes, e capazes de ajudá-los não só a desenvolverem ainda mais o letramento, o domínio da escrita e uma oralidade mais monitorada, como também a se conscientizarem acerca da variedade e heterogeneidade da língua. A pesquisa revelou que a aquisição do letramento acadêmico, articulada ao letramento ideológico, constrói, nessas pessoas, uma consciência social que faz com que elas se percebam parte de uma coletividade, que desenvolvam um sentimento de identidade e pertencimento e que se coloquem em luta nos espaços onde vivem, contribuindo para a transformação social de suas realidades. Dessa maneira, essa pesquisa contribui, também, para o fortalecimento da Educação do Campo, podendo ser útil no incentivo à formação inicial e continuada de professores, tanto na área de linguagem e linguística quanto em outras áreas do conhecimento, bem como no processo de elaboração de Projetos Políticos Pedagógicos (PPP) para esse contexto educacional.
Abstract: This research aims to investigate, through verbal and interview protocols, how the academic literacy of the future teachers that will act in contexts of cultural diversity, in the light of the contributions of Sociolinguistics, focusing on the transition from orality to academic literacy, seeking to understand how people of linguistic minorities, that is, people stigmatized for not having mastered the standard norm, can build their academic and professional literacies, considering their predominantly oralized profile. The study was carried out at UnB, Planaltina campus, located in Planaltina / DF, with a group of six students from in the eighth class of Field Education Degree, regular course of this Teaching Institution, in the years 2016 and 2017. Methodologically, we resorted to Ethnography of Communication (HYMES, 1977; 1995), making use of participant observation resources, interviews and verbal protocols. We base theoretically on Kleiman (1995), Pretti (2003), Marcuschi (2007), Molina and Sá (2011), Sousa (2011), Ilari (2014), Street (2014), Bortoni-Ricardo (2004; 2005, 2014), Moura (2015), among others. The relevance of this work is in the understanding of how it is done the teaching of people from rural regions capable of being protagonists of their reality. A formation consistent with and for the peasant reality, based on a culturally sensitive pedagogy, with teachers prepared to deal with the orality traits of their students, and capable of helping them not only to develop literacy, master writing and a more monitored orality, but also to become aware of the variety and heterogeneity of the language. The research revealed that the acquisition of academic literacy, articulated with ideological literacy, builds in these people a social conscience that makes them realize themselves as part of a community, that develop a sense of identity and belonging, and that they put themselves in struggle in the spaces where they live, contributing to the social transformation of their realities. In this way, this research also contributes to the strengthening of Field Education, which can be useful in encouraging the continuous formation of teachers, both in the area of language and linguistics as in other areas of knowledge, as well as in the elaboration process of Pedagogical Policy Projects (PPP) for this educational context.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.