Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32820
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_RebecaRoysen.pdf4,58 MBAdobe PDFView/Open
Title: Desenvolvimento e difusão de práticas sociais sustentáveis no nicho das ecovilas no Brasil : o papel das relações sociais e dos elementos das práticas
Authors: Roysen, Rebeca
Orientador(es):: Mertens, Frédéric Adelin Georges
Assunto:: Ecovila
Práticas sociais
Sustentabilidade
Práticas sustentáveis
Issue Date: 18-Oct-2018
Citation: ROYSEN, Rebeca. Desenvolvimento e difusão de práticas sociais sustentáveis no nicho das ecovilas no Brasil: o papel das relações sociais e dos elementos das práticas. 2018. 209 f., il. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: As ecovilas são um nicho de inovação de base formado por grupos de pessoas da sociedade civil que têm se dedicado a transformar as suas práticas cotidianas na direção da sustentabilidade ecológica, social e cultural. O objetivo geral desta tese é compreender o papel das ecovilas no desenvolvimento e difusão de práticas sociais sustentáveis no Brasil e a influência das relações sociais nesses processos. Para isso, foi realizada uma análise multinível, incluindo um levantamento das ecovilas em nível nacional e uma pesquisa de campo em uma ecovila específica. No levantamento nacional, foi enviado um questionário para 27 ecovilas identificadas no território brasileiro para levantar dados organizacionais e relacionais. A partir desse levantamento, as ecovilas brasileiras e as práticas sociais sustentáveis que desenvolvem foram caracterizadas e suas redes sociais foram mapeadas e analisadas utilizando-se métodos formais de Análise de Redes Sociais. Descobriuse que as ecovilas brasileiras são nichos de inovação de base que desenvolvem um repertório de práticas “de baixo para cima” para o desenvolvimento sustentável. Apresentam localização, religiosidade, número de residentes e tempo de existência variados. Essas ecovilas não estão isoladas, mas colaboram e trocam informações entre si, compartilhando práticas e formando um nicho em nível nacional. Elas também trocam informações com órgãos governamentais, conselhos comunitários, membros da academia, iniciativas locais, nacionais e estrangeiras e redes transnacionais. Essas relações externas possibilitam a circulação de diferentes formas de conhecimentos, práticas e recursos entre o nicho e outros setores da sociedade. Na pesquisa de campo, foram realizadas entrevistas individuais com os 21 residentes adultos da ecovila estudada, além de um grupo focal e observações em campo. Os resultados elucidam os processos em nível comunitário pelos quais a ecovila desenvolve práticas sociais sustentáveis inovadoras, a partir de necessidades sociais e de elementos simbólicos, materiais e competências. Elucidam também os processos individuais e psicossociais que tornam a ecovila uma incubadora, estimulando seus moradores a efetuarem uma transformação radical em suas práticas cotidianas, influenciados pelas normas sociais e pelos elementos das práticas. Ao final, explora-se as inter-relações entre os processos culturais identificados em nível local e os processos estruturais identificados em nível nacional. Esta tese amplia o conhecimento existente sobre nichos de inovação de base no Brasil e sobre as barreiras e oportunidades para a difusão de práticas sociais sustentáveis para a sociedade mais ampla.
Abstract: Ecovillages are a grassroots innovation niche formed by groups of people from civil society that have committed to the transformation of their daily practices towards ecological, social and cultural sustainability. The general goal of this thesis is to comprehend the role of ecovillages in the development and diffusion of sustainable social practices in Brazil and the influence of social relations in these processes. To achieve this goal, I carried out a multi-level analysis, including a survey of the ecovillages at national level and a field research in a specific ecovillage. In the national survey, a questionnaire was sent to the 27 ecovillages identified in the Brazilian territory to generate organizational and relational data. Through this survey, the Brazilian ecovillages and the sustainable social practices they develop were characterized and their social networks were mapped and analyzed using formal methods of Social Network Analysis. Brazilian ecovillages were found to be grassroots innovation niches that develop a repertoire of bottom-up practices for sustainable development. They present varied localization, religiosity, number of residents and years of existence. These ecovillages are not isolated, but collaborate and exchange information among themselves, forming a niche at national level. They also exchange information with governmental agencies, community councils, members of academia, local, national and foreigner initiatives and transnational networks. These external relations allow the circulation of different forms of knowledge, practices and resources between the niche and other sectors of society. In the field research, I carried out individual interviews with the 21 adult residents of the studied ecovillage, a focal group and field observations. The results clarify the community processes by which the ecovillage develop innovative sustainable social practices from social needs, symbolic meanings, materials and forms of competence. They also clarify the individual and psychosocial processes by which the ecovillage becomes an incubator, stimulating the members to accomplish a radical transformation in their daily practices, influenced by social norms and by the elements of practice. At the end, I explore the inter-relations between the cultural processes identified at local level and the structural processes identified at national level. This thesis broadens the current knowledge about grassroots innovation niches in Brazil and about the barriers and opportunities to the diffusion of sustainable social practices to the broaden society.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:CDS - Doutorado em Desenvolvimento Sustentável (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32820/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.