Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32752
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_JúlioCésarAlvesRamos.pdf1,75 MBAdobe PDFView/Open
Title: Termos de troca e a economia brasileira no período 2003-2013
Authors: Ramos, Júlio César Alves
Orientador(es):: Ellery Junior, Roberto de Goes
Assunto:: Economia - Brasil
Crescimento econômico - Brasil
Issue Date: 5-Oct-2018
Citation: RAMOS, Júlio César Alves. Termos de troca e a economia brasileira no período 2003-2013. 2018. iii, 61 f., il. Tese (Doutorado em Economia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: O trabalha investiga a contribuição dos choques favoráveis nos termos de troca do Brasil para o seu desempenho econômico no período 2003-2013, que se caracterizou por uma aceleração do crescimento do PIB per capita e pela ocorrência de prolongada e acentuada elevação no preço dos principais produtos exportados pelo País, ao mesmo tempo em que a política econômica foi marcadamente definida pela adoção de incentivos à expansão da demanda interna. A metodologia empregada consistiu na calibração e estimação de um modelo de crescimento econômico neoclássico em duas versões, uma para economias fechadas, e outra para economia aberta em que os termos de troca aparecem explicitamente, e a comparação de seus resultados aos dados reais, sob a hipótese de que o modelo com termos aderiria melhor à realidade caso os termos tivessem tido papel importante naquele desempenho. Os resultados, porém, não validaram a hipótese, uma vez que os resultados do modelo aberto não foram claramente melhores do que os do modelo básico.
Abstract: The work investigated the role that can be attributed to the terms of trade on the behaviour of the brazilian GDP per worker at the period 2003-2013, characterized by a long and significant improvement on the price of most of the commodities exported by Brazil and by economic policy driven to reinforce internal demand. The methodology consisted of calibration and simulation of a neoclassical growth model in two versions, one basic, centred in a closed economy, and another one specifically conceived for an open economy in which the terms of trade play an explicit role, and their comparison to the real data. The hypothesis was that if the terms of trade had an important role, the second model would match the real data better. The results, however, didn’t validate this hypothesis, given that the results of the open model wasn’t significantly better than those of the basic one.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, Brasília, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ECO - Doutorado em Economia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32752/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.