Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32677
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_DavidAlejandroSepúlvedaVélez.pdf19,61 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorZaneti, Izabel Cristina Bruno Bacellar-
dc.contributor.authorSepúlveda Vélez, David Alejandro-
dc.date.accessioned2018-09-21T21:42:41Z-
dc.date.available2018-09-21T21:42:41Z-
dc.date.issued2018-09-20-
dc.date.submitted2018-04-26-
dc.identifier.citationSEPÚLVEDA VÉLEZ, David Alejandro. A luta pela vida na floresta: um estudo comparativo entre a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Itatupã-­Baquiá (Brasil) e a Zona de Reserva Campesina El Pato – Balsillas (Colômbia). 2018. 244 f., il. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/32677-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2018.pt_BR
dc.description.abstractO estudo ora apresentado busca analisar as mudanças decorrentes da criação da Zona de Reserva Campesina El Pato – Balsillas -­ ZRCPB (Colômbia) e da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Itatupã – Baquiá -­ RDSIB (Brasil), pensando aspectos, tais como: política fundiária (posse da terra e reestruturação fundiária), política social (moradia, educação, saúde) e agrícola (sistemas de organização social e fatores econômicos: sistemas produtivos, renda, assistência técnica, acesso ao credito e aos mercados). O estudo enseja uma reflexão sobre a problemática do mundo agrário a partir do Paradigma da Questão Agrária – PQA e da estrutura fundiária presente nesses territorios. Ambas zonas foram criadas sob o proposito de reestruturar as relações fundiárias existentes. Os seus processos de criação se deram mediante lutas articuladas por camponeses e trabalhadores rurais que residem nessas regiões. Diante desses casos, a hipótese aduzida aqui é a de que a criação da ZRCPB e da RSDSIB promove uma reestruturação fundiária e uma melhor redistribuição de terras entre os camponeses, via mecanismos de implementação de políticas fundiárias (regulação fundiária e posse da terra) e agrícolas (sociais, produtivas e econômicas). A fim de dar respostas à hipotese, e em sintonia com os objetivos da tese, foi utilizada uma metodologia qualitativa comparativa, amparada em procedimentos de coleta de dados: entrevistas, diálogos abertos, grupo focal e observação direta em campo. Os resultados fazem evidenciar que a luta social se torna bem-­sucedida quando baseada na reivindicação de direitos fundiarios e sociais efetivos. Dito isto, asseveramos que a criação dessas áreas cumpriu com o objetivo da redistribuição fundiária nas regiões de El Pato (Balsillas) e Itatupã (Baquiá). Embora, se compararmos com o momento anterior à criação das zonas, elas careçam de mudanças significativas em aspectos como educação, saúde, infraestrutura física e sistemas produtivos. De um modo geral, essas políticas de reforma agrária asseguraram o direito à posse da terra, não obstante ainda faltem esforços na direção da conquista de melhores condições sociais, garantia de acesso ao crédito, à tecnologia, aos mercados e à assistência técnica de qualidade.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleA luta pela vida na floresta : um estudo comparativo entre a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Itatupã-­Baquiá (Brasil) e a Zona de Reserva Campesina El Pato – Balsillas (Colômbia)pt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.subject.keywordReservas florestaispt_BR
dc.subject.keywordReforma agráriapt_BR
dc.subject.keywordPolíticas fundiáriaspt_BR
dc.subject.keywordQuestão agráriapt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1This study discusses the changes that occurred as a result of the creation of the Zona de Reserva Campesina El Pato -­ Balsillas (Colombia) and the Reserva de Desenvolvimento Sustentável Itatupã -­ Baquiá Brazil), in terms of: land policy (land tenure and land restructuring) and agricultural policy in aspects such as: housing, education, health and social organization systems and economic aspects such as: productive systems, income, technical assistance, access to credit and markets. The study makes a reflection of the agrarian question from the Agrarian Question Paradigm -­ PQA and the land structure present in these territories. The Zona de Reserva Campesina El Pato -­ Balsillas and the Reserva de Desenvolvimento Sustentável Itatupã -­ Baquiá were created with the purpose of restructure the land relations in their respective zones. The processes of creation of these two zones were as a result of many organized struggles of the peasants and rural workers residing in the regions where they are located. In this sense, it is proposed that the creation of ZRCPB and RSDSIB promoted a land restructuring and a better distribution of land for peasants, as a mechanism for implementing land policies (land tenancy regulation) and agricultural policies (social, productive, and economic policies). In order to answer this hypothesis and to fulfill the objective of the thesis was used the qualitative methodology of comparative study and research procedures for the collection of data such as: interviews, open dialogues, focus group and direct observation in the field. The results of the research point to the fact that the social struggle is successful, when organized in the claim of land and social rights. It was verified that the creation of these areas fulfilled its objective of land redistribution and land tenure in the regions of El Pato -­ Balsillas and Itatupã -­ Baquiá. It was observed that there were no significant changes in the aspects such as education, health, physical infrastructure and productive systems, in relation to the time before the creation of the areas. It is concluded that land reform policies in both situations ensured the right to land ownership but should ensure improvements in the above-­ mentioned aspects and guarantee access to credit, technology, markets and good quality technical assistance.pt_BR
dc.description.abstract2El presente estudio busca analizar los cambios ocurridos como resultado de la creación de la Zona de Reserva Campesina El Pato – Balsillas (Colombia) e de la Reserva de Desenvolvimento Sustentável Itatupã – Baquiá (Brasil), en terminos de: política de tierras (titulacón de tierras e reestruturación fundiaria) y politica agrícola en aspectos como vivienda, educación, salud e en los sistemas de organización social e en aspectos económicos como: sistemas productivos, ingresos, asistencia tecnica, crédito e acesso al mercado. Este estudio hace una reflexion sobre la cuestión agrária a partir el Paradigma de la Cuestión Agrária e de la estructura de tierras presente en estos territorios. La Zona de Reserva Campesina El Pato (Balsillas) y la Reserva de Desenvolvimento Sustentável Itatupã (Baquiá) fueron creadas com el objetivo de reestructurar las relaciones fundiarias en estas zonas. Los procesos de creación de estas áreas son resultado de muchas luchas organizadas de los campesinos y los trabajadores rurales residentes en las regiones donde se encuentran ubicadas. En ese sentido se propone como hipótesis que la creación de la ZRCPB y de la RSDIB promovió una reestructuración fundiaria y una mejor distribución de la tierra para los campesinos, como mecanismo de implementación de políticas de tierras e políticas agrícolas. Para responder a esa hipótesis y cumplir el objetivo de este estudio fue usada una metodología cualitativa de estudio comparativo y procedimientos de investigación para la recolección de datos, tales como: entrevistas, dialogos abiertos, grupos focales y observación directa en campo. Los resultados de la investigación apuntan al hecho de que la lucha social es exitosa, cuando es organizada com el objetivo de reivindicar los derechos por la tierra y los derechos sociales. Se verificó que la creación de las áreas cumplió el objetivo de redistribuir las tierras en las regiones de El Pato (Balsillas) e Itatupã (Baquiá). Fue observado que no hubo cambios significativo en aspectos como educación, salud, infraestrucutra física y en los sistemas produtivos, con relación a la epoca antes de la creación de la áreas. Se concluye que las políticas de reforma agraria, en ambas situaciones, aseguran el derecho a la tierra, pero deben tambien asegurar mejoras em los aspectos mencionados y garantizar el aceso al crédito, a la tecnologia, a los mercados y a la asistecnia tecnica de buena calidad.pt_BR
Appears in Collections:CDS - Doutorado em Desenvolvimento Sustentável (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32677/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.