Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32673
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_HaroldoMonteiroLima.pdf7,77 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Evolução tectônica da porção nordeste da faixa sergipana, Província Borborema, estado de Alagoas, NE do Brasil
Autor(es): Lima, Haroldo Monteiro
Orientador(es): Pimentel, Márcio Martins
Assunto: Província da Borborema
Geocronologia - rochas
Rochas - análise
Data de publicação: 20-Set-2018
Referência: LIMA, Haroldo Monteiro. Evolução tectônica da porção nordeste da faixa sergipana, Província Borborema, estado de Alagoas, NE do Brasil. 2018. xiii, 161 f., il. Tese (Doutorado em Geologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: A Província Borborema, NE do Brasil, é um mosaico de faixas orogênicas consolidadas no ciclo Brasiliano Neoproterozoico-Cambriano (800-500Ma). Esta entidade compreende importante segmento crustal do Gondwana Ocidental e caracteriza-se por embasamento Arqueano-Paleoproterozoico recoberto por rochas supracrustais agrupadas em faixas móveis e intensa granitogênese Neoproterozoica associada a lineamentos estruturais. Ao sul da Província Bor-borema, localiza-se a Faixa Sergipana com continuidade na contraparte Africana pela Faixa Oubanguinde, e interpretada como orógeno colisional entre o Cráton do São Francisco e frag-mentos crustais menores reunidos no Domínio Pernambuco-Alagoas. A Faixa Sergipana é constituída pelos Domínios Estância, Vaza-Barris, Macururé, Marancó-Poço Redondo e Canin-dé. O estudo das rochas supracrustais da Faixa Sergipana é importante para compreender os processos de deformação e metamorfismo que levaram a amalgamação da Província Borbo-rema no contexto geodinâmico do Gondwana Ocidental. Na porção nordeste da Faixa, no Do-mínio Macururé, destacam-se os Complexos Araticum, Arapiraca e Nicolau-Campo Grande, os quais são limitadas por várias zonas de cisalhamento com componente transcorrente e trans-pressional. Análises litoestruturais nessa área revelou compartimentação estrutural dinâmica marcada por quatro eventos de deformação: Dn, D1, D2 e D3. Os três primeiros eventos de de-formação (Dn, D1 e D3) apresentam proeminente caráter dúctil marcado por zonas de cisalha-mentos transcorrentes e transpressionais imbricadas e, o ultimo rúptil (D4), manifestado por fraturas de extensão e falhas conjugadas. A arquitetura estrutural mais expressiva dessa região é a presença de estrutura de dupla vergência assinalada por empurrões e retro-empurrões representados pelas zonas de cisalhamento de Jacaré dos Homens e Palmeira dos Índios. Estudo de proveniência no Complexo metavulcanossedimentar Araticum utilizando dados geo-químicos, geocronológicos e isotópicos indicaram que esta sequência apresenta sedimentos derivado de antigos arcos de ilhas exumados e carbonatos de margem passiva envolvidos na colisão oblíqua entre o Cráton do São Francisco e Domínio Pernambuco-Alagoas. Dados iso-tópicos Nd em rochas metavulcânicas e metassedimentares indicam valores positivos suge-rindo fonte juvenil como arcos de ilhas. A idade máxima de deposição é de 597Ma e compatível com a idade do magmatismo granítico da região representado pelos plutons do Batólito Águas Belas-Canindé em torno de 600Ma. Dados de U-Pb em zircão detrítico a partir de rochas me-tassedimentares indicam proveniência de fontes Neoproterozoicas (642Ma) e Meso-Neoproterozoicas (1047Ma) sugeridas como herança isotópica da orogênese Cariris-Velhos. A integração desses dados sugere um cenário tectônico de arcos de ilhas que foram exumados e erodidos durante o final da orogenia Brasiliana Neoproterozoica-Cambriana com continuidade litotectônica na África Ocidental. O Complexo Nicolau-Campo Grande representa a porção metavulcanossedimentar do Domo plutônico-metamórfico Jirau do Ponciano. Essa janela de embasamento apresenta forma de anticlinal invertida e bordejada por rochas metassedimenta-res do Grupo Macururé. O Domo é constituído por ortognaisses tonalíticos a granodioríticos recobertos por rochas metavulcanossedimentares do Complexo Nicolau-Campo Grande. A relação genética entre este e outros domos da Faixa Sergipana como Simão Dias e Itabaiana e rochas supracrustais encaixantes é pouco conhecida. Dados geoquímicos, geocronológicos e isotópicos de rochas metavulcânicas deste Complexo e análise de proveniência a partir de rocha metassedimentar nos permite compreender a relação litoestrutural e caracterizar a área- fonte, idade e ambiente tectônico. Estes dados sugerem que o Complexo Nicolau-Campo Grande corresponde a porção metavulcanossedimentar do Domo Jirau do Ponciano. O modelo tectônico proposto para este Domo é um arco magmático gerado a partir da anatexia crustal no Paleoproterozoico com herança isotópica de crosta Arqueana e que atuou como área-fonte para a paleobacia Nicolau-Campo Grande com idade máxima de deposição em 2028Ma.
Abstract: The Borborema Province, NE Brazil, is a mosaic of consolidated orogenic belt in the Brasiliano Neoproterozoic-Cambrian cycle (800-500Ma). This entity comprises an im-portant crustal segment of assembly Western Gondwana and characterized by Archean-Paleoproterozoic basement covered by supracrustal rocks grouped in mobile belts and intense Neoproterozoic granitogenesis associated with structural lineaments. To the south of Borborema Province is located in the Sergipano Fold Belt with continuity in the African counterpart known as Oubanguinde Belt and interpreted as oblique collision orogen between the São Francisco Craton and smaller crustais fragments reunited in Pernambuco-Alagoas Domain. The Sergipano Fold Belt consisting of the Estância, Va-za-Barris, Macururé, Marancó-Poço Redondo and Canindé Domains. The study of the supracrustal rocks of the Sergipano Fold Belt is important to understand the processes of deformation and metamorphism that led to the amalgamation of the Borborema Prov-ince in the geodynamic context of Western Gondwana. In the northeast portion of the Fold Belt, in the Macururé Domain, the Araticum, Arapiraca and Nicolau-Campo Grande Complexes are highlighted, which are limited by several shear zones with strike-slip and transpressional components. Micro to macroscopic litho-structural analy-sis in this area revealed dynamic structural subdivision marked by four deformation events: Dn, D1, D2 and D3. The first three events of deformation (Dn, D1 and D3) present a prominent ductile character marked by strike-slip and imbricated transpressional shear zones, and the last ruptile (D4), manifested by extension fractures and conjugated faults. The most expressive structural architecture of this region is the presence of double-vergence structure signaled by thrust and backthrust represented by Jacaré dos Homens and Palmeira dos Índios shear zones. Study of provenance in metavolcanic-sedimentary rocks of Araticum complex using geochemical, geochronological and isotopic data indi-cates that this sequence contains sediments derived from old island arcs exhumed and carbonates of passive margin associated in oblique collision between the São Francisco Craton and Pernambuco-Alagoas Domain. Isotopic data ɛNd in metavolcanic and metassedimentary rocks indicate positive values suggesting juvenile source as island arcs. The maximum age of deposition is 597 Ma and compatible with the magmatogen-esis of the region represented by the plutons of the Águas Belas-Canindé Batholith around 600Ma. Detrital zircon U-Pb data from metasedimentary rocks indicate the origin Neoproterozoic (642Ma) and Meso-Neoproterozoic (1047Ma) indicating sedi-ments provenance from the Cariris-Velhos orogenesis. The integration of these data suggests a tectonic scenario of island arcs that were exhumed and eroded during the end of the Brasiliano Neoproterozoic-Cambrian orogeny with litotectonic continuity in Western Africa. The Nicolau-Campo Grande Complex represents the metavolcano-sedimentary portion of the plutonic-metamorphic Dome Jirau do Ponciano. This base-ment window presents an inverted anticline shape and surrounded by the metasedimen-tary rocks of the Macururé Group. The Dome structural formation is by tonalitic to granodioritic orthogneiss covered by metavolcanic-sedimentary rocks of Nicolau-Campo Grande Complex. The genetic relation between this and other domes of the Ser-gipano Fold Belt as Simão Dias and Itabaiana and supracrustal host rocks is little known. The geochemical, geochronological and isotopic data of metavolcanic rocks of this Complex and analysis of provenance from metassedimentary rock allows us to un-derstand the lithostructural relationship and to characterize the source-area, age and tec-tonic environment. The data suggest that the Nicolau-Campo Grande Complex corre-sponds to the metavolcanic-sedimentary portion of the Jirau do Ponciano Dome. The proposed tectonic model for this dome is a magmatic arc from the crustal fusion in the Paleoproterozoic with isotopic inheritance of Archean crust and that behave as source-area for the Nicolau-Campo Grande paleobasin with maximum age of deposition in 2028Ma.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Programa de Pós-Graduação em Geologia, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Aparece nas coleções:IG - Doutorado em Geologia (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.