Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32661
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_EduardaToscaniGindri.pdf1,49 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: As disputas dóxicas no campo da Revista Discursos Sediciosos (1996-2016) : metacriminologia, engajamento político, e os debates sobre raça e gênero
Autor(es): Gindri, Eduarda Toscani
Orientador(es): Prando, Camila Cardoso de Mello
Assunto: Criminologia crítica
Criminologia feminista
Publicações jurídicas
Racismo
Data de publicação: 18-Set-2018
Referência: GINDRI, Eduarda Toscani. As disputas dóxicas no campo da Revista Discursos Sediciosos (1996-2016): metacriminologia, engajamento político, e os debates sobre raça e gênero. 2018. 159 f. Dissertação (Mestrado em Direito)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O desenvolvimento da crítica criminológica no Brasil, desde a década de 1970, é marcado por disputas organizadas por intelectuais próximos ao campo do direito. Essa pesquisa dedica-se ao tema das disputas dóxicas produzidas no campo da criminologia crítica brasileira em torno das metacriminologia e do engajamento político do campo. Dessa forma, tomamos a Revista Discursos Sediciosos 1996-2016 como o objeto de análise, assumindo o periódico como um campo organizado de intelectuais e juristas. Indagamos o campo sobre padrões de raça e gênero implícitos nas disputas dóxicas em torno da metacriminologia e do engajamento político. Utilizamos a metodologia bourdiesiana de análise dos campos, tomando a categoria da doxa como estruturante para o trabalho, cujo sentido, é dado como a crença central de um campo, os consensos que permitem o terreno de disputas que acontecerão. Primeiramente, o trabalho apresenta a ideia de que o campo é constituído através de um capital da tradição crítica, herdado da tradição de publicações jurídicas democráticas do Rio de Janeiro, e da participação dos agentes da revista nos movimentos de crítica criminológica da América Latina. No segundo momento, a pesquisa apresenta dois sentidos da doxa. A doxa da metacriminologia organiza as fronteiras teóricas e metodológicas construídas pelo campo, que prescreve a realização de análises materialistas e macrossociológicas sobre o controle penal, produzindo uma narrativa econômica e política da pena com baixa incidência de dados primários. A doxa do engajamento demonstra como o campo naturaliza uma posição abolicionista, etiquetando os grupos políticos e acadêmicos opositores como “esquerda punitiva”, dentre esses, o movimento feminista. As principais disputas mapeadas nesses eixos foram o tensionamento da metanarrativa do campo a partir do racismo, na narrativa historiográfica, do gênero na construção da criminologia feminista e a posição situada do feminismo negro, pautando o racismo como lente explicativa da violência do controle penal e atrelando dimensões diferentes do funcionamento desse mecanismo às questões de raça, classe, gênero e sexualidade.
Abstract: The development of criminological criticism in Brazil since the 1970s has been marked by disputes organized by intellectuals close to the field of law. This research is dedicated to the theme of the doxical disputes produced in the field of Brazilian critical criminology around the metacriminology and the political engagement of the field. In this way, we take the journal “Discursos Sediciosos” (1996-2016) as the object of analysis, assuming the journal as an organized field of intellectuals and jurists. We investigate the race and gender patterns implicit in doxist disputes around metacriminology and political engagement. We use the Bourdieusian methodology of field analysis, taking the category of doxa as structurant for our work, that means here the central belief of a field, the consensus that allows the ground of disputes that will happen. First, the dissertation presents the idea that the field is constituted through a capital of the critical tradition, inherited from the tradition of democratic juridical publications of Rio de Janeiro, and the participation of the agents of the magazine in the movements of critical criminology of Latin America. In the second moment, the research presents two meanings of doxa. The doxa of metacriminology organizes the theoretical and methodological boundaries constructed by the field, which prescribes the accomplishment of materialistic and macrossociological analyzes on the criminal control, producing an economic and political narrative of the penalty with low incidence of primary data. The doxa of engagement demonstrates how the field naturalizes an abolitionist position, labeling opposition political and academic groups as the "punitive left," among those, the feminist movement. The main disputes mapped on these axes were the tensioning of the metanarrative of the field from the racism, in the historiographic narrative; of the gender in the construction of the feminist criminology; and the situated position of the black feminism, guiding the racism like explanatory lens of the violence of the criminal control and linking different dimensions of the functioning of this mechanism to the questions of race, class, gender and sexuality.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Direito, Programa de Pós-Graduação em Direito, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FD - Mestrado em Direito (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.