Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32551
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_SharaReginadosSantosBorges.pdf2,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Alterações fisiológicas, bioquímicas e morfológicas durante a maturação de sementes híbridas de tomate
Autor(es): Borges, Shara Regina Dos Santos
Orientador(es): Nascimento, Warley Marcos
Assunto: Sementes - qualidade
Tomate
Sementes - germinação
Sementes - testes
Data de publicação: 28-Ago-2018
Referência: BORGES, Shara Regina Dos Santos. Alterações fisiológicas, bioquímicas e morfológicas durante a maturação de sementes híbridas de tomate. 2018. 144 f., il. Tese (Doutorado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: O BRS Nagai, lançado em 2012, é um híbrido de tomateiro multi-resistente com frutos alongados do tipo saladete desenvolvido pela Embrapa Hortaliças em parceria com a iniciativa privada. Na cadeia produtiva do tomate a semente possui uma elevada importância, correspondendo a até 8% do custo total de produção. No caso de sementes híbridas, cujo processo de polinização é manual, os custos tornam-se ainda mais elevados. Por isso, um dos principais desafios deste setor é a produção de sementes com máxima qualidade. Portanto, conhecer o estádio de desenvolvimento do fruto para realizar a colheita visa contribuir com o aumento da produtividade e qualidade das sementes. Partindo-se disto, o objetivo deste trabalho consistiu em acompanhar as mudanças ocorridas durante o desenvolvimento e determinar o rendimento e as alterações fisiológicas, bioquímicas e morfológicas das sementes de tomate, híbrido BRS Nagai, em frutos colhidos em diferentes estádios de maturação. Essa informação vai permitir determinar o momento mais adequado de realização da colheita para obtenção de sementes com máxima qualidade. As sementes híbridas foram produzidas em telado na Embrapa Hortaliças. Flores do parental feminino foram emasculadas antes da antese, sendo imediatamente polinizadas. Aos 30, 40, 50, 60, 70 e 80 dias após a polinização (DAP), foram feitas colheitas de frutos, tendo suas sementes extraídas e posteriormente armazenadas, seguindo procedimentos já estabelecidos para o tomate. Sementes úmidas foram avaliadas quanto o teor de água e conteúdo de matéria seca. As sementes secas foram avaliadas quanto ao rendimento e as alterações fisiológicas por meios de testes fisiológicos corriqueiros; avaliadas quanto às alterações da atividade respiratória e das enzimas antioxidativas; estudo da morfologia interna por meio de Raios-X; análise de imagens de plântulas com uso do “seed vigor imaging system” SVIS® e; finalmente, sementes nos diferentes estádios de maturação foram armazenadas e posteriormente submetidas ao condicionamento osmótico. Sementes de frutos colhidos aos 80 DAP foram descartadas, pois, apresentavam viviparidade. O maior percentual de germinação ocorreu três dias após, praticamente coincidindo, com o máximo conteúdo de matéria seca. Os resultados mostraram que sementes imaturas (30 e 40 DAP) têm menor rendimento. Sementes colhidas aos 30 DAP não toleram a secagem, e, portanto, não possuem capacidade de germinação. A germinação inicia-se com as sementes colhidas aos 40 DAP, porém, com valores muito baixos. As sementes colhidas nos três últimos estádios (50, 60 e 70 DAP) apresentaram percentuais de germinação acima de 80%. No entanto, testes revelaram que sementes colhidas aos 50 DAP, têm menor vigor, comparado às sementes colhidas aos 60 e 70 DAP. A atividade respiratória e enzimática, o teste de raios-X e a análise do vigor de plântulas pelo SVIS® revelaram que as sementes imaturas, em contraste com as sementes maduras, apresentam metabolismo sem sincronia, possuem maior área livre bem como baixos índices de vigor e uniformidade. Os resultados foram concordantes com os de qualidade fisiológica, indicando que sementes colhidas aos 50 DAP têm vigor reduzido e estão em processo de deterioração mais avançado. Quando as sementes foram submetidas ao condicionamento osmótico, verificou-se que aquelas colhidas aos 50 DAP apresentaram um incremento considerável na qualidade, aumentando o percentual e a velocidade de geminação. Em resumo, as sementes do híbrido BRS Nagai apresentam máxima qualidade quando são oriundas de frutos que apresentam pericarpo completamente vermelho e firme, ou seja, quando colhidos entre 60 e 70 DAP.
Abstract: BRS Nagai, is a multi-resistant tomato hybrid with elongated fruits of the saladette type developed by Embrapa Vegetable Crops in partnership with a private company. In the tomato production chain, the commercial seed has a high importance, corresponding to up to 8% of the total cost of production. In the case of hybrid seeds, whose pollination process is done manually, the seed costs become even higher. In this context, one of the main challenges of this sector is the production of seeds with the highest quality. Therefore, knowing the ideal stage of fruit harvesting after the pollination process would contribute to the increase of seed yield and quality. The objective of the present work was to monitor the changes that occurred during seed development and to determine the yield and the physiological, biochemical and morphological changes of BRS Nagai hybrid seeds in fruits harvested at different stages of maturation. The main goal was to identify the most appropriated time for fruit harvesting in order to obtain seeds with the highest quality. The seeds were produced under screenhouse conditions at Embrapa Vegetable Crops. Flowers of the female parent were emasculated before the anthesis, being immediately pollinated. Fruits were harvested at 30, 40, 50, 60, 70, and 80 days after pollination (DAP). Seeds were extracted and stored, following the usual procedures. Non-dry seeds were evaluated for water content and dry matter content. Dry seeds were evaluated for yield and physiological changes by means of routine physiological tests; evaluated for changes in respiratory activity and antioxidant enzymes; study of the internal morphology by means of X-ray; analysis of seedlings images using the seed vigor imaging system (SVIS®) and; finally, seeds at the different stages of maturation were stored and subsequently submitted to priming. Seeds of harvested at 80 DAP were discarded from the analyses due to the presence of viviparity. The highest percentage of germination occurred three days after, practically coinciding with the maximum dry matter content. The results showed that immature seeds (30 and 40 DAP) had lower yields and those harvested at 30 DAP did not tolerate drying and, therefore, they were unable to germinate. Germination begins with the seeds harvested at 40 DAP, but with very low values. Seeds harvested in the last three stages (50, 60, and 70 DAP) displayed germination above 80%. However, some vigor tests showed that seeds harvested at 50 DAP were less vigorous when compared to seeds harvested at 60 and 70 DAP. Respiratory and enzymatic activity, X-ray testing and seedling vigor analysis by SVIS® revealed that immature seeds (in contrast with seeds of the last three maturation stages) exhibited a non-synchronized metabolism, displaying greater free areas, and low levels of vigor and uniformity. The results were in agreement with those of physiological quality, indicating that seeds harvested at 50 DAP had reduced vigor and they were in a more advanced process of deterioration, since they had not completed the maturation process. When the seeds were submitted to priming, it was verified that those harvested at 50 DAP improved the quality considerably, increasing the percentage and the germination speed. In summary, the seeds of the BRS Nagai tomato hybrid displayed the highest quality when the seeds were obtained from fruits with a fully red and firm pericarp, which corresponded to fruits harvested between 60 and 70 DAP.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Aparece nas coleções:FAV - Doutorado em Agronomia (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.