Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32535
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_FranciscodaPazMendesdeSouza.pdf18,45 MBAdobe PDFView/Open
Title: Fronteiras da trijunção : representações e memórias do sertão-gerais no Parque Nacional Grande Sertão Veredas
Authors: Souza, Francisco da Paz Mendes de
Orientador(es):: Saraiva, Regina Coelly Fernandes
Assunto:: Parque Nacional Grande Sertão Veredas (MG)
Comunidades tradicionais
Identidade cultural
Memória cultural
Memória coletiva
Issue Date: 24-Aug-2018
Citation: SOUZA, Francisco da Paz Mendes de. Fronteiras da trijunção: representações e memórias do sertão-gerais no Parque Nacional Grande Sertão Veredas. 2018. 400 f., il. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Essa pesquisa busca compreender Representações e Memórias do Sertão-Gerais, e a contribuição de ambas para a valorização de identidades, cultural e territorial, das Comunidades Tradicionais das Nascentes da Carinhanha no contexto das Múltiplas Fronteiras da Trijunção. Seu enfoque é sobre a Memória Coletiva do Geralista, categoria identitária nativa dos Núcleos Comunitários Veredeiros (NCV) do Parque Nacional Grande Sertão Veredas – PARNA-GSV, em sua Área de Ampliação criada em 2004, que denominamos PARNA-GSV.2. A Região da Trijunção é um espaço de fronteiras (Agrícola, Ambiental e Cultural) não oficializado; se situa na intersecção dos estados da Bahia, Goiás e Minas Gerais. Ela sofreu transformações lentas desde o século XVIII. Os impactos mais significativos sobre a Cultura Tradicional de grupos como o Geralista ocorreram com a chegada da Modernização Conservadora do Bioma Cerrado dentro do contexto influenciado pelo início de Brasília (1960/1980). Tais impactos provocaram des/re/territorializações precárias culminando com a criação dessa unidade de conservação (PARNA-GSV.1), em 1989. A Trijunção é zona de transição Cerrado-Caatinga: fica a 350 Km de Brasília. História Oral e História Cultural foram utilizadas como procedimentos teórico-metodológicos complementares nas abordagens sobre dezoito narrativas resultantes de entrevistas semiestruturadas feitas com dois subgrupos de Interlocutores: doze moradores rurais e seis urbanos; a maioria reside na própria Trijunção e parte na RIDE-DF. Todos são parentes consanguíneos ou por afinidade das quatro famílias desbravadoras (Mendes, Brito/“Bito”, Barbosa e Rodrigues), corresponsáveis pela territorialização veredeira da área convertida em PARNA-GSV.2. Esses interlocutores foram selecionados a partir do grau de ligação interparental com descendentes da Família-Tronco do Fazendeiro-Patriarca Rafael Mendes de Queiróz e Dona Rita Rodrigues de Almeida, antigos donos da maior parte do PARNA-GSV.2 conforme documento de 1907, que atesta terem sido eles proprietários da Fazenda Rodeio-Canabrava. A pesquisa identificou quatro categorias de marcação identitária presentes na Memória Coletiva entre essas Comunidades Tradicionais: Carinhanha-Gerais, Goiás-Januária, Sujeito Geralista e Povo/Pessoal do Parque. Por meio das memórias e de suas representações, constatou-se que ainda há fortes vínculos socioculturais dessas comunidades com o Sertão-Gerais; que seus membros problematizam, conscientemente, os impactos decorrentes tanto da Modernização Conservadora quanto por causa do PARNA-GSV; e ainda há entre eles uma intensa resistência cultural associada à Mímesis, que é a força revigorante de sustentação que mantém viva sua identidade filiada à Matriz Identitária Geraizeira. A análise do conjunto dessas narrativas (Geolexicopédia) apontou, entre outras alternativas, a de se fazer, imediatamente, a reformulação crítica do Programa de Gestão Ambiental e com ele redigir um segundo plano de manejo que inclua a criação de Zonas Histórico-culturais nos lugares rememorados pelos Geralistas.
Abstract: This research intends to understand Representatives and Memories of the Sertão-Gerais, and the contribution of both to the value of cultural and territorial identities of the Traditional Communities of Carinhanha Sources in the context of the Multiple Frontiers of Three frontiers. Its focus is on the Collective Memory of the Geralista, a native identity category of the Veredeiro Community Core (VCN) of Grande Sertão Veredas National Park - PARNA-GSV, in its Enlargement Area created in 2004, which we call PARNA-GSV.2. The Region of Three frontiers is an area of borders (Agricultural, Environmental and Cultural) not official; located at the intersection of the states of Bahia, Goiás and Minas Gerais. It has been going through slow changes since the 18th century. The most significant impacts on the Traditional Culture of groups such as the Geralistas occurred with the arrival of the Conservatory Modernization of the Cerrado Biome within the context influenced by the beginning of Brasilia (1960/1980). These impacts brought precarious territorial disintegrations, culminating to the creation of this conservation unit (PARNA-GSV.1) in 1989. The Three frontiers is a transition zone Cerrado-Caatinga: it is 350 km far from Brasília. Oral History and Cultural History were used as complementary methodological procedures in the approaches on eighteen narratives resulting from semi-structured interviews made with two subgroups of Interlocutors: twelve rural dwellers and six urban; the majority live in the Three frontiers itself and part in the RIDE-DF. All are consanguineous relatives or by affinity of the four pioneering families (Mendes, Brito/"Bito", Barbosa and Rodrigues), responsible for having territory of the area converted into the PARNA-GSV.2. These interlocutors were selected from the degree ofinterparental linking with descendants of the Patriarchal farm Trunk Family Rafael Mendes de Queiróz and Mrs Rita Rodrigues de Almeida, former owners of most of the PARNA-GSV.2 according to the 1907 documents, which attests they were the owners of Rodeio-Canabrava Farm. The research identified four categories of identity marking present in the Collective Memory between these Traditional Communities: Carinhanha-Gerais, Goiás-Januária, Geralista Subject and People/Staff of the Park. Through the memories and their representations, it was verified that there are still strong socio-cultural ties of these communities with the Sertão-Gerais; that its members conscientiously are still under the problems and the impacts arising from both the Conservative Modernization and the PARNA-GSV; and there is still among them an intense cultural resistance associated with Mimesis, which is the freshing force of sustenance that keeps alive its identity affiliated to the Geraizeira Identity Matrix. The analysis of the set of these narratives (Geolexicopédia) pointed out, among other alternatives, to make immediately the critical reformulation of the Environmental Management Program and with it to draw up a second management plan that includes the creation of Historical-Cultural Zones in places remembered by the Geralistas.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FUP - Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32535/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.