Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32402
Título: Biochar e Trichoderma harzianum no controle de Macrophomina phaseolina
Autor(es): Araujo, Alyson Silva de
Orientador(es): Blum, Luiz Eduardo Bassay
Assunto: Biochar
Lodo de esgoto
Controle biológico
Data de publicação: 6-Ago-2018
Data de defesa: 2-Mar-2018
Referência: ARAUJO, Alyson Silva de. Biochar e Trichoderma harzianum no controle de Macrophomina phaseolina. 2018. xi, 59 f., il. Dissertação (Mestrado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Macrophomina phaseolina é um importante patógeno habitante do solo, associado ao “damping-off” e podridões de raízes e caules em mais de 700 espécies de plantas. O uso de biochar (BCH) de lodo de esgoto, aplicado ao solo, tem despertado interesse em diferentes estudos para o controle de doenças em plantas, proporcionando uma inibição ou mesmo suprimindo fitopatógenos. O controle biológico é evidenciado por ser uma alternativa eficaz para o manejo de diferentes fitopatógenos. Trichoderma é um dos mais estudados e utilizados agentes de biocontrole de doenças vegetais em todo o mundo. O objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos da aplicação ao solo de BCH, Trichoderma harzianum e da associação BCH + T. harzianum sobre M. phaseolina em aspectos agronômicos das culturas de soja, milho, feijão e algodão inoculadas ou não com o fitopatógeno. Foi avaliado o efeito direto de concentrações (0,0; 0,5; 1,0; 2,0; 5,0 e 10,0%) de BCH sobre o crescimento micelial de isolados de M. phaseolina. Foi observado ainda a capacidade de biocontrole por meio do uso do pareamento de cultura (T. harzianum x M. phaseolina) com ou sem biochar. Além disso, foi avaliado o uso de BCH, do T. harzianum, e da associação BCH + T. harzianum em plantas de feijão e soja para controle de M. phaseolina em experimento conduzido em casa de vegetação. Biochar de lodo de esgoto, pirolisado a 500 ºC e utilizado em baixa concentração (0,5%), possui efeito direto no controle in vitro de diferentes isolados de M. phaseolina. No entanto, concentrações mais elevadas do BCH estimulou o crescimento do fungo. Trichoderma harzianum (linhagem 1306) inibiu o crescimento micelial de M. phaseolina, em meio de cultura com ou sem biochar. Macrophomina phaseolina afeta negativamente: (a) a germinação e sobrevivência de plantas de soja e; (b) a germinação, sobrevivência e número de vagens de plantas de feijão comum. O isolado 428 de M. phaseolina reduziu todos os índices agronômicos (germinação, sobrevivência, número de vagens, massa fresca e seca) de plantas de feijão. O uso de BCH aumentou o número de vagens em plantas de soja, inoculadas ou não com M. phaseolina. A associação T. harzianum + BCH de lodo de esgoto aumentou o número de vagens, massa fresca e seca de plantas de feijão, inoculadas ou não com M. phaseolina.
Abstract: Macrophomina phaseolina is an important soil pathogen, associated with “damping-off” and root and stem rot in more than 700 plant species. The use of biochar (BCH) of sewage sludge applied to the soil, has aroused interest in studies for the control of diseases in plants, providing an inhibition of plant pathogens. Biological control is evidenced as an effective alternative for the management of different phytopathogens. Trichoderma is one of the most studied and used biocontrol agents of plant diseases worldwide. The objective of this work was to evaluate the effects of BCH, Trichoderma harzianum and BCH + T. harzianum on M. phaseolina and on agronomic aspects of soybeans, maize, beans and cotton inoculated or not with M. phaseolina. The direct effect of concentrations (0.0, 0.5, 1.0, 2.0, 5.0 and 10.0%) of BCH on the mycelial growth of M. phaseolina isolates was evaluated. It was also observed the biocontrol capacity using culture pairing (T. harzianum x M. phaseolina) with or without biochar. In addition, the use of BCH, T. harzianum, and the association BCH + T. harzianum in bean and soybean plants were evaluated for M. phaseolina control in a greenhouse experiment. Biochar of sewage sludge, pyrolyzed at 500 ºC and used in low concentration (0.5%), has direct effect on the in vitro control of isolates of M. phaseolina. However, higher concentrations of BCH stimulated fungal growth. Trichoderma harzianum (strain 1306) inhibited the mycelial growth of M. phaseolina, in culture medium with or without biochar. Macrophomina phaseolina negatively affects: (a) the germination and survival of soybean plants, and; (b) the germination, survival and number of pods of common bean plants. Isolate 428 from M. phaseolina reduced all agronomic characteristics (germination, survival, number of pods, fresh and dry mass) of bean plants. The use of BCH increased the number of pods in soybean plants, inoculated or not with M. phaseolina. The association of T. harzianum + BCH of sewage sludge increased the number of pods, fresh and dry mass of bean plants, whether or not inoculated with M. phaseolina.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FAV - Mestrado em Agronomia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_AlysonSilvadeAraujo.pdf2,99 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.