Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32401
Título: O emprego de DPs plurais encaixados licencia(m) dupla concordância : concordância verbal com sujeitos complexos
Autor(es): Sandoval, Alzira Neves
Orientador(es): Pilati, Eloisa Nascimento Silva
Assunto: Sujeitos complexos
Concordância verbal
Língua portuguesa - Brasil
Data de publicação: 6-Ago-2018
Data de defesa: 1-Mar-2018
Referência: SANDOVAL, Alzira Neves. O emprego de DPs plurais encaixados licencia(m) dupla concordância: concordância verbal com sujeitos complexos. 2018. 157 f., il. Tese (Doutorado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Esta tese investiga o fenômeno da dupla possibilidade de concordância verbal com sujeitos complexos no Português Brasileiro (PB), tal como em “O preço das coisas muda(m) constantemente”, em que o verbo ora concorda com o núcleo singular ora com o modificador plural. Uma das motivações para o desenvolvimento desta pesquisa é a falta de consenso sobre a gramaticalidade das construções em que se evidencia a concordância do verbo com o modificador plural. No Português Europeu, há pesquisas que descrevem tal fenômeno como agramatical, conforme Peres & Móia (1995). Já no PB, no âmbito da psicolinguística, o fenômeno é considerado como falha de processamento, conforme Rodrigues (2005, 2006). Há, por outro lado, pesquisas sociolinguísticas que o consideram não só gramatical como produtivo no PB (cf. Naro & Scherre, 1998; Scherre & Naro, 2014). Partindo dos pressupostos da Teoria Gerativa (Chomsky, 1965, 1986, 1995, 1999, 2001, entre outros), esta tese defende que orações com sujeitos complexos são produtivas no PB e que a concordância plural nesse contexto decorre das propriedades configuracionais do sujeito complexo e implica uma leitura multiple token (cf. Bock e Miller, 1991), segundo a qual o primeiro elemento nominal da construção faz referência a várias entidades, embora se refira a uma entidade abstrata singular. Assume-se, dessa forma, que os sujeitos complexos em questão não se estruturam como uma relação de adjunção ou de complementação convencional nos moldes da Teoria Gerativa, mas estabelecem entre si uma relação específica, representada pela estrutura predicado-especificador postulada por Den Dikken (2006), que é mediada por um núcleo Relator, realizado pelo conectivo “de”. Assume-se ainda que a operação Agree com o sujeito complexo ocorre como compartilhamento de traços (cf. Frampton & Gutman, 2006; Pesetsky & Torrego, 2007).
Abstract: This thesis investigates the phenomenon of the double verbal agreement possibility with complex subjects in Brazilian Portuguese (PB), such as in “O preço das coisas muda(m) constantemente” ("The price of things changes/change constantly"), in which the verb at times agrees with the singular noun and at times agrees with the plural modifier. One aspect that motivated the development of this research is the lack of consensus about the grammaticality of constructions in which the verb agreement with the plural noun is evident. There are researches that consider them ungrammatical in European Portuguese (Peres & Móia, 1995), or processing failures in BP (Rodrigues, 2005, 2006). On the other hand, there are sociolinguistics researches that consider them not only grammatical but also productive in BP (cf. Naro & Scherre, 1998; Scherre & Naro, 2014). Relying on Generative Theory premises (Chomsky, 1965, 1986, 1995, 1999, 2001, among others), this thesis states that complex subject sentences are indeed productive in BP. Moreover, it states the plural agreement derives from complex subject configurational properties and implies a multiple token reading (cf. Bock e Miller, 1991), according to which the first noun element in the construction refers to different entities, even though it refers to an abstract singular entity. Then, it is assumed complex subjects at hand do not relate as adjunction or conventional complementation according to Generative Theory but establish a specific relation among themselves. This relation is represented by Den Dikken (2006) predicate-specifier structure, which is measured by a Relator, on the form of the connector “de” (of). It is also acknowledged that the Agree Operation with complex subject occurs as a feature sharing (cf. Frampton & Gutman, 2006; Pesetsky & Torrego, 2007).
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:LIP - Doutorado em Linguística (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_AlziraNevesSandoval.pdf1,11 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.