Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32191
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_CaioCapellaRibeiroSantos.pdf2,3 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSautchuk, João Miguel Manzolillo-
dc.contributor.authorSantos, Caio Capella Ribeiro-
dc.date.accessioned2018-07-09T17:39:23Z-
dc.date.available2018-07-09T17:39:23Z-
dc.date.issued2018-07-04-
dc.date.submitted2018-03-03-
dc.identifier.citationSANTOS, Caio Capella Ribeiro. A morada do Lotus: a prática de meditação em um Centro Budista de linhagem tibetana localizado em Brasília. 2018. xv, 162 f., il. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/32191-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2018.pt_BR
dc.description.abstractO objetivo deste trabalho e a compreensão da forma como o budismo tibetano manifesta-se em uma sociedade individualista e de maioria crista, especificamente em Brasília. Dessa forma, acompanhei o cotidiano deste centro de práticas budistas tibetano (Chagdud Padma Ling), tendo como foco a pratica de meditação com visualização divindade. A partir desta prática de meditação, analisei a eficácia que e construída ao redor dos mantras e demais signos envolvidos nesta meditação, sob a perspectiva de uma abordagem performativa do ritual. Através desta abordagem priorizamos a apreensão do modo como mito (pensar) e rito (fazer) interagem durante a pratica de meditação com visualização de divindade. Em um primeiro momento apresento o mito, como e ensinado nesta linhagem de budismo tibetano, sobretudo através dos ensinamentos dos lamas; em um segundo momento apresento a pratica de meditação com visualização de divindade e analiso a interação entre mito e rito durante a pratica. Através dessa reflexão sobre a pratica de meditação com visualização de divindade, apresento a forma com que o budismo tibetano e vivenciado neste centro e a centralidade das praticas enquanto principio organizador da hierarquia existente durante o rito e no cotidiano deste centro. Esta reflexão, comunica a centralidade das praticas de meditação na busca pela superação da condição humana através da mudança de hábitos decorrente da meditação com a visualização de divindades.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleA morada do Lotus : a prática de meditação em um Centro Budista de linhagem tibetana localizado em Brasíliapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordBudismo tibetanopt_BR
dc.subject.keywordBudismo - Brasilpt_BR
dc.subject.keywordMeditaçãopt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1The aim of this study is the comprehension of how Tibetan Budhism manifests itself in an individualistic and christian majority society, specifically in Brasilia. In this way, I followed the daily life of a center of Tibetan Buddhist practices (Chagdud Padma Ling), focusing on the practice of meditation with divinity visualization. From this practice of meditation, I analyze the efficacy that is built around mantras and other signs involved, this analysis it's performed from a performative approach of ritual. Through this approach I prioritize the apprehension of how myth (thinking) and ritual (doing) interact during the practice of meditation with visualization of divinity. In a first moment, I present the myth as it is taught in this lineage of Tibetan Buddhism, mainly through the lamas teachings; in a second moment, I present the practice of meditation with visualization of divinity and analyze the interaction between myth and rite during the practice. Through this reflection on the practice of meditation with visualization of divinity, I present the way in which Tibetan Buddhism is experienced at this center and the centrality of practices as the organizing principle of the hierarchy existing during the rite and in the daily life of this center. This reflection communicates to us the centrality of meditation practices in the quest for overcoming the human condition, through the change of habits resulting from meditation with the visualization of deities.pt_BR
Appears in Collections:DAN - Mestrado em Antropologia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32191/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.