Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32164
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_RayssaOliveiraSousa.pdf5,11 MBAdobe PDFView/Open
Title: Ensino de espanhol para surdos/as na perspectiva do letramento crítico : identidade, inclusão social e questões pedagógicas
Authors: Sousa, Rayssa Oliveira
Orientador(es):: Andrade, Mariana Rosa Mastrella de
Assunto:: Letramento crítico
Educação bilíngue
Língua espanhola - estudo e ensino
Issue Date: 26-Jun-2018
Citation: SOUSA, Rayssa Oliveira. Ensino de espanhol para surdos/as na perspectiva do letramento crítico: identidade, inclusão social e questões pedagógicas. 2017. 184 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Este estudo investiga o processo de ensino-aprendizagem de espanhol como língua estrangeira para alunos/as surdos/as. Os objetivos são pesquisar como as aulas de espanhol elaboradas sob a perspectiva do Letramento Crítico podem contribuir para a inclusão social desses/as estudantes e promover reflexões acerca da identidade surda no processo de ensino- aprendizagem de espanhol. Para tanto, esta pesquisa ancora-se nos seguintes construtos e teóricos: letramento crítico (MENEZES DE SOUZA, 2011; DUBOC, 2015, 2016; MONTE MÓR, 2015; TÍLIO, 2015; JORDÃO, 2015a, 2015b, 2016); identidades (PERLIN, 1998; SÁ, 2002; SKLIAR, 2005; STROBEL, 2007, 2016). Com base nesses eixos teóricos, esta pesquisa caracteriza-se por um estudo de caso (LÜDKE; ANDRÉ, 1986; NUNAN, 1992) de natureza interpretativista (MOITA LOPES, 1994). As aulas ministradas para o desenvolvimento deste estudo ocorreram no primeiro semestre de 2017 na Escola Pública Integral Bilíngue Libras e Português escrito de Taguatinga em uma turma de alunos/as do terceiro ano do ensino médio. Os dados foram gerados por meio de um questionário no início da pesquisa, gravação em vídeos de todas as aulas, notas de campo e entrevista no final do curso. As aulas foram organizadas em temas de relevância social, tais como: racismo, bullying e padrões de beleza. Inicialmente, os/as estudantes ficavam tímidos/as para participar das discussões, mas à medida que o curso transcorria, os/as alunos/as se envolveram nos debates, interagindo e apresentando suas opiniões e seu posicionamento crítico acerca das temáticas abordadas. Os dados mostraram que por meio do letramento crítico foi possível contribuir para a inclusão social desses/as estudantes, pois como as aulas estavam engajadas com questões sociais, culturais e educacionais, elas proporcionaram espaços para que os/as alunos/as pudessem refletir e construir opiniões sobre diferentes aspectos da vida social. Além disso, destaca-se que as aulas foram ministradas em Libras, primeira língua dos/as estudantes surdos/as participantes da pesquisa. As atividades pedagógicas realizadas consideravam as singularidades linguístico-visuais dos/as alunos/as, o que pode ter contribuído para a promoção da identidade surda. No desenvolvimento da pesquisa, alguns desafios foram encontrados, tais como: a elaboração e escolha do material didático, o trabalho com a leitura e interpretação de textos e a mediação das discussões. Por fim, esta pesquisa sugere uma proposta de ensino de língua espanhola que não esteja focada apenas no conhecimento linguístico, mas sim que contribua com a promoção da cidadania dos/as estudantes, promovendo reflexões e problematizações acerca da vida social e dos preconceitos recorrentes.
Abstract: This research seeks to investigate the teaching and learning process of Spanish as a foreign language for deaf students. The aims are to figure out how Spanish classes drawn up under the aegis of Critical Literacy can contribute to the social inclusion of these students, and promote reflections on deaf identity in the process of teaching and learning Spanish. For this purpose, this research is anchored in the following constructs and theorists: critical literacy (MENEZES DE SOUZA, 2011, DUBOC, 2015, 2016, MONTE MÓR, 2015, TÍLIO, 2015, JORDÃO, 2015a, 2015b, 2016); identities (Perlin, 1998, SÁ, 2002, SKLIAR, 2005 and STROBEL, 2007, 2016). Based on these theoretical axes, this study is characterized by a case study (LÜDKE; ANDRÉ, 1986; NUNAN, 1992), interpretative nature (MOITA LOPES, 1994). The classes taught throughout the development of this study took place in the first semester of 2017 in the Bilingual Integral School Libras and written Portuguese in Taguatinga in a third year of high school class. The data were generated by a questionnaire at the beginning of the research, video recording of all classes, field notes and interview at the end of the course. The classes were organized around social relevant topics, such as: racism, bullying and beauty standards. Initially, the students were shy and did not participate in the discussions, but, in time, they became more involved in the debates, interacting and presenting their opinions and their critical positioning on the issues addressed. The data showed that, through critical literacy, it was possible to contribute to these students social inclusion, because as the classes were engaged on social, cultural and educational issues, they provided students with opportunities for reflexion and chance to build opinions on different aspects of social life. In addition, it is worth highlighting that classes were taught in Libras, Brazilian Sign Language, and the first language of the deaf students participating in the research. The pedagogical activities carried out considered the students linguistic and visual singularities, which may have contributed to the promotion of deaf identity. In the development of the research, some challenges were encountered, such as: the elaboration and choice of teaching material, the work required in terms of reading and interpretation of texts and discussions mediation. Finally, this research proposes a kind of Spanish language teaching that is not only focused on linguistic knowledge, but rather contributes to the promotion of students' citizenship, stimulates reflection and problematization of social life and recurrent prejudices.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PGLA - Mestrado em Linguística Aplicada (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32164/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.