Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32141
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_MariaReginaViveirosdeCarvalho.pdf4,32 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Formação docente e desempenho discente na Educação Básica
Autor(es): Carvalho, Maria Regina Viveiros de
Orientador(es): Santos, Aleksandra Pereira dos
Assunto: Processo de ensino - aprendizagem
Desempenho escolar
Formação de educadores
Educação básica
Data de publicação: 25-Jun-2018
Referência: CARVALHO, Maria Regina Viveiros de. Formação docente e desempenho discente na Educação Básica. 2018. xi, 205 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração)— Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: São frequentes os debates na literatura sobre os diversos fatores que impactam o processo de aprendizado e o desempenho dos estudantes, mas a relação entre a formação do docente e esse desempenho ainda tem sido pouco estudada no contexto brasileiro. Essa pesquisa busca expandir o conhecimento dentro desse escopo específico, ao analisar relações entre o perfil de formação dos professores e o desempenho dos alunos, gerando informações que podem contribuir para a compreensão dos resultados da política de formação de professores. O método aplicado foi quantitativo, utilizando análises de regressão múltipla sobre dados publicados pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Além das médias de desempenho na Prova Brasil, calculadas para as escolas, as análises utilizaram os seguintes indicadores educacionais escolares: indicador de Adequação da Formação Docente, percentual de Docentes com Curso Superior, indicador de Esforço Docente, indicador de Regularidade do Docente, indicador do Nível Socioeconômico da escola. Foram analisadas as relações entre o percentual de professores que possuem curso superior e o desempenho mensurado para as escolas com 4° séries/ 5° anos, e as relações entre o percentual de professores com formação adequada à disciplina que ministram e o desempenho das escolas com 8° séries/ 9° anos, em ambos os casos para as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, contextualizado pelos demais indicadores. Os resultados apurados nesse estudo indicaram que, nos quatro modelos analisados, a formação do professor está relacionada ao desempenho do estudante, avaliado em médias escolares, com efeitos positivos, mas de menor intensidade quando comparado ao efeito do nível socioeconômico da escola. O poder explicativo dos modelos variou entre aproximadamente 30 a 48%. Embora em menor intensidade, o efeito encontrado foi coerente com a hipótese baseada na revisão teórica, no sentido de que investimentos em políticas de formação do professor podem se constituir instrumentos de investimento na qualidade da educação.
Abstract: Debates about factors that impact learning processes and student performance are frequent in literature. Studies focused on relationship between teacher education and student performance, however, are still little studied in Brazilian context. This research seeks to expand knowledge within that specific scope, analyzing predictive relationships between teacher education profile and their student’s performance, generating information that can contribute for the understanding of the results of teacher education policies. The applied method is quantitative, using multiple regression on data published by INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). In addition to performance average scores from Prova Brasil, calculated for schools, the analysis uses the following educational school’s indicators: Indicator of Adequacy of Teacher Training, percentage of Teachers with Higher Education, indicator of Teaching Effort, indicator of Teacher Regularity, indicator of Socioeconomic Level of the school. The relationship between the percentage of teachers with higher education and the performance measured for 4th grade / 5th grade schools is analyzed, besides the relationships between the percentage of teachers with adequate training in the subject they teach and the performance of schools with 8th grade / 9th grade, controlled by the other indicators, both for Portuguese Language and for Mathematic subjects. Results show that, in all four studied models, teacher education is related to student performance, evaluated by school’s average scores, with positive effects but low intensity when compared to the effect of socioeconomic levels. The explanatory power of the models varied approximately between 30% to 48%. Although with lower intensity, the effect was coherent with the hypothesis formulated based on the theory revision, pointing to the fact that investments in teacher education policies can be instruments of investment in the quality of education.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas, Programa de Pós-Graduação em Administração, Mestrado Profissional em Administração Pública, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PPGA - Mestrado Profissional em Administração (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.