Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32138
Título: As expressões da divisão internacional do trabalho intelectual em revistas internacionais de teoria social
Autor(es): Ribeiro, Matheus Almeida Pereira
Orientador(es): Rosa, Marcelo Carvalho
Assunto: Geopolítica do conhecimento
Divisão internacional do trabalho intelectual
Data de publicação: 25-Jun-2018
Data de defesa: 2-Mar-2018
Referência: RIBEIRO, Matheus Almeida Pereira. As expressões da divisão internacional do trabalho intelectual em revistas internacionais de teoria social. 2018. 143 f., il. Dissertação (Mestrado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: As ciências sociais têm acompanhado, desde a segunda metade do século XX, a emergência de um corpo de reflexões interessadas em denunciar as desigualdades globais inscritas na produção do conhecimento. As últimas duas décadas serviram de cenário para o crescimento de investidas críticas às estruturas de dominação intelectual no campo, as quais acompanharam o fortalecimento dos discursos que buscam narrativas alternativas ao eurocentrismo do mainstream sociológico. Na esteira dessas contribuições, reflexões que têm trabalhado com o conceito de divisão internacional do trabalho intelectual, ao trazerem a teoria para o centro do debate, produziram importantes subsídios para o estudo da geopolítica do conhecimento sociológico. Em meio ao número diverso de formas de expressões da divisão internacional do trabalho intelectual, foca-se, nesta dissertação, em um estudo a partir de revistas internacionais de teoria social. Para tal, foi realizada uma investigação com foco em quatro revistas de teoria com grande impacto no campo: Theory, Culture and Society; European Journal of Social Theory; Sociological Theory; Theory and Society. Primeiramente a análise contou com o uso de técnicas quantitativas baseadas em estatística descritiva para analisar o perfil nacional e regional dos pesquisadores que publicaram nos periódicos entre os anos de 2000 e 2016, além do perfil nacional e regional dos membros de comitês editoriais. Em um segundo momento foi utilizada uma análise qualitativa do tipo de objeto estudado por pesquisadores do Sul Global em comparação com pesquisadores do Reino Unido. Estas técnicas permitiram ao pesquisador observar que as quatro revistas expressam, sob várias formas, elementos que caracterizam a divisão internacional do trabalho intelectual. Chegou-se a esta conclusão ao se notar: a baixa presença de intelectuais do Sul em número de publicações; o domínio dos comitês editoriais por intelectuais do Norte; a ausência de crescimento da participação do Sul Global durante os últimos 17 anos; e as diferenças entre o tipo de objeto pesquisado por intelectuais do Sul em comparação com pesquisadores do Norte. Argumenta-se, a partir dessas contribuições, que existe uma inserção periférica do Sul Global nos debates de teoria nas revistas analisadas, o que contribui para reprodução da hegemonia do Norte sobre a definição de agendas, conceitos, objetos e metodologias no campo das ciências sociais.
Abstract: Since the second half of the twentieth century, a body of work denouncing the global inequalities in the production of knowledge have emerged in the Social Sciences. In the last two decades, in particular, there has been a proliferation of critiques of the structures of intellectual domination associated with discourses that seek alternative narratives to the Eurocentrism that dominates Sociology. Reflections on the concept of international division of intellectual work, which brought social theory to the centre of the debate, have produced important subsidies for the study of the geopolitics of sociological knowledge. Inspired by this body of research, this dissertation consists of a study of international social theory journals. It focuses on four high-impact journals: Theory, Culture and Society; European Journal of Social Theory; Sociological Theory and Theory and Society. Firstly, descriptive statistics were deployed to analyse the national and regional profile of the researchers who published in these journals between 2000 and 2016. Furthermore, these methods were also used to examine the national and regional profiles of the members of their editorial committees. Afterwards, a qualitative analysis was deployed to compare the research topics of the papers published by researchers from the Global South to those of British scholars. These techniques led to the following findings: a very small number of researchers from the South have published in the abovementioned journals; their editorial committees are dominated by scholars from the North; the number of publications by Southern researchers had no significant increase during the last seventeen years; and, finally, there are considerable differences in the research topics of the papers by Global South and Global North social scientists. As a conclusion, the Global South has a peripheral insertion in the social theory debates in these journals, which contributes to the reproduction of the North's hegemony in the definition of research agendas, concepts, topics and methodologies in Sociology.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_MatheusAlmeidaPereiraRibeiro.pdf1,52 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.