Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32021
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_DouglasSchneiderdeFries.pdf4,63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Avaliação de necessidades de aprendizagem no trabalho : proposição de um plano estratégico de capacitação para servidores das áreas finalísticas do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN)
Autor(es): Fries, Douglas Schneider de
Orientador(es): Ferreira, Rodrigo Rezende
Assunto: Aprendizagem - avaliação
Competência profissional
Capacitação
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Brasil)
Data de publicação: 30-Mai-2018
Referência: FRIES, Douglas Schneider de. Avaliação de necessidades de aprendizagem no trabalho: proposição de um plano estratégico de capacitação para servidores das áreas finalísticas do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 2018. xvi, 205 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração)— Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Resumo: Este trabalho teve como objetivo geral propor um plano estratégico de capacitação para servidores que desempenham atividades consideradas finalísticas no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Em termos de contextualização, pode-se dizer que parte considerável da literatura científica sobre avaliação de necessidades de aprendizagem (ANA) ressalta que tanto as pesquisas quanto as práticas organizacionais podem ser consideradas ad hoc, seja em organizações públicas ou privadas, no Brasil e no exterior. Por isso é importante empreender estudos aplicados baseados em modelos que norteiem e confiram rigor científico ao processo de avaliação de necessidades, permitindo a verificação de sua validade bem como da aderência de seus resultados aos problemas institucionais de interesse, em especial no contexto gerencial no qual se encontra a Administração Pública brasileira. O referencial teórico do trabalho aborda os conceitos de planejamento, estratégia e o Balanced Scorecard, Gestão de Pessoas e Administração Pública; aprendizagem e competências humanas no trabalho; as bases teóricas em treinamento, desenvolvimento e educação (TD&E); o modelo de referência adotado na pesquisa e, ao final dessa parte, uma pesquisa bibliométrica, com a finalidade de demonstrar, empiricamente, as possíveis lacunas atuais da literatura científica na área, comparando os resultados com outros estudos bibliográficos similares. O estudo é de natureza qualitativa-quantitativa, multimétodo (análise documental, grupos focais, entrevistas e questionários). O público-alvo foi de 511 servidores do IPHAN que trabalhavam nas áreas consideradas finalísticas do Instituto, quais sejam: Departamento de Patrimônio Material (DEPAM), Departamento de Patrimônio Imaterial (DPI) e Departamento de Cooperação e Fomento (DECOF). A primeira etapa, qualitativa, foi operacionalizada por meio de análise documental, grupos focais, entrevistas, amostragem de conveniência intencional e análise de conteúdo; teve por objetivo construir e conferir validade de face e de construto a um questionário de necessidades de aprendizagem. A segunda etapa, quantitativa, consistiu na aplicação desta escala de ANA em uma amostra de conveniência por acessibilidade de 186 sujeitos, que foram posteriormente considerados para a formação das turmas dos cursos constantes no plano estratégico de capacitação. O questionário foi aplicado por meio de um survey auto administrado pela internet e continha 57 itens de competências associados a uma escala de importância (0 = nenhuma importância; 10 = muito importante) e domínio (0 = nenhum domínio; 10 = domínio total). Os dados da etapa quantitativa foram analisados por meio de estatísticas descritivas (média, desvio-padrão, mínimo, máximo, etc) e inferenciais paramétricas (análise fatorial exploratória e análise paralela) e não-paramétricas (testes de diferenças de ranque). Em termos de resultados, foi possível descrever lacunas de competências consideradas estratégicas para o IPHAN nos próximos anos, bem como elaborar um plano estratégico de capacitação associado a tais lacunas, que prescreve cursos em 11 temáticas do Patrimônio Cultural, como Arqueologia e Licenciamento Ambiental. Foi também possível verificar empiricamente a transversalidade das lacunas de competências, uma vez que os cursos propostos congregam servidores de diferentes áreas da organização e de diferentes perfis de entrada, o que marca uma das principais distinções entre o método empregado na presente pesquisa e aquele comumente relatado na literatura e nas práticas organizacionais. Em termos institucionais, foi possível estabelecer um percurso metodológico de ANA que poderá ser replicado formalmente no contexto do IPHAN em termos de processos organizacionais de avaliação de necessidades, complementares aos já atualmente disponíveis, se assim for de interesse do Instituto. Por fim, em termos de conclusão, uma agenda de pesquisa na área foi proposta e os limites da pesquisa foram discutidos.
Abstract: The aim of this work was to propose a strategic training plan for public servants that perform core activities in the National Historic and Artistic Heritage Institute (IPHAN). In order to contextualize it can be said that a considerable part of the scientific literature on learning needs assessment (LNA) emphasizes that both research and organizational practices can be considered ad hoc, either in public or private organizations in Brazil and abroad. It is therefore important to undertake applied model-based studies that guide and provide scientific rigor to the needs assessment process, allowing its validation as well as the adherence of its results to institutional problems of interest, especially in Brazilian’s Public Administration managerial context. The theoretical framework of the work deals with the concepts of planning, strategy and the Balanced Scorecard, Human Resources and Public Administration, learning and human competencies at work, the theoretical bases in training, development and education (TD&E), the reference model adopted in the research and, at the end of this part, a bibliometric research, in order to empirically demonstrate the possible current gaps in the scientific literature in the field, comparing the results with other similar bibliographic studies. The study is qualitativequantitative in nature, multi-method (documentary analysis, focus groups, interviews and questionnaires). The target audience consisted of 511 IPHAN employees who worked in the core areas of the Institute: Department of Material Heritage (DEPAM), Department of Intangible Heritage (DPI) and Department of Cooperation and Fomentation (DECOF). The first step (qualitative) was operationalized through documentary analysis, focus groups, interviews, intentional convenience sampling and content analysis, aimed to construct and confer face and construct validity of a learning needs questionnaire. The second step (quantitative) consisted in the application of this LNA scale in a convenience sample of 186 subjects, who were later considered for the proposal of the classes included in the strategic training plan. The questionnaire was applied through a self-administered internet survey and contained 57 competency items associated with a scale of importance (0 = no importance, 10 = very important) and domain (0 = no domain, 10 = total domain). The quantitative data were analyzed by means of descriptive statistics (mean, standard deviation, minimum, maximum, etc.) and parametric inferences (exploratory factor analysis and parallel analysis) and non-parametric (rank differences tests). In terms of results, it was possible to describe competency gaps considered strategic for IPHAN in the coming years, as well as to elaborate a strategic training plan associated with such shortcomings, which prescribes classes distributed in 11 themes of Cultural Heritage, such as Archeology and Environmental Licensing. It was also possible to empirically verify the transversality of competencies gaps, owing to cross-cut organizational area participants and different input profiles, which marks one of the main distinctions between the method used in the present research and the one commonly reported in the literature and organizational practices. In institutional terms, it was possible to establish an LNA methodological course that could be formally replicated in the researched organization context in terms needs assessment processes, complementary to those currently available, if wanted by the Institute. Finally, in terms of conclusion, a research agenda in the area was proposed and the limits of the research were discussed.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas, Programa de Pós-Graduação em Administração, Mestrado Profissional em Administração Pública, 2018.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PPGA - Mestrado Profissional em Administração (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.