Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/32011
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_RafaelaAlvesRibonTozetti.pdf520,93 kBAdobe PDFView/Open
Title: Descrição da microbiota fúngica conjuntival de equinos saudáveis do Distrito Federal – DF
Authors: Tozetti, Rafaela Alves Ribon
Orientador(es):: Galera, Paula Diniz
Assunto:: Fungos
Superfície ocular
Equino - conjuntiva
Ceratomicose
Microbiota
Equino - doenças
Issue Date: 30-May-2018
Citation: TOZETTI, Rafaela Alves Ribon. Descrição da microbiota fúngica conjuntival de equinos saudáveis do Distrito Federal – DF. 2018. ix, 24 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Animais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Os organismos fúngicos de importância oftálmica são classificados em fungos filamentosos e leveduras. Esses fungos estão envolvidos na invasão e infecção da córnea de equinos, e são os mesmos presentes na superfície ocular saudável, que varia com a região geográfica e estação climática. O objetivo desse estudo é identificar e descrever a incidência de fungos na conjuntiva ocular de equinos saudáveis do Distrito Federal, e correlacionar com a estação do ano, gênero de animal e meios de cultura utilizados, bem como avaliar a relação entre o meio de cultura utilizado e o crescimento de isolados fúngicos. Foram utilizados cinquenta cavalos (100 olhos), machos e fêmeas, com idade entre sete e 31 anos, provenientes do Regimento de Polícia Montada do Distrito Federal, Brasil. Swabs do fórnix conjuntival foram coletados e transportados em meio Stuart e solução salina, para semeadura em Ágar Sabouraud e Ágar Mycosel. O efeito da estação climática, gênero e meio de cultura, na frequência de fungos isolados foi avaliada. Culturas positivas foram obtidas em 220 amostras de um total de 300. Os cultivos apresentaram 33,67% de crescimento de bactérias e 55,97% de crescimento fúngico. O Aspergillus spp. foi o gênero mais incidente, encontrado em 26,33% das amostras, mais presente no verão, seguido pelo Cladosporium spp. 9%, Rhodotorula spp. 7,33%, Candida spp. 2,33%, Malassezia spp. 5,66%, Penicillium spp. 2,33%, Scopulariopsis spp. 2%, Fusarium spp. 0,66% e Exophiola jeanselmei 0,33%. Os fungos filamentosos foram mais prevalentes que as leveduras. A maior frequência foi do gênero Aspergillus spp. no verão, seguido do Cladosporium e Rhodotorula, caracterizados como fungos ambientais e agentes de infecções oportunistas. Bactérias, Aspergillus spp e Cladosporium spp. tiveram maior crescimento no meio Sabouraud, devido a seletividade do meio Mycosel.
Abstract: Fungal organisms of ophthalmic importance are classified as filamentous fungi and yeasts. These fungi are involved in the invasion and infection of the cornea of horses, and are the same present on the healthy ocular surface, which varies with geographic region and climatic season. The aim of this study is to identify and describe the incidence of fungi in the ocular conjunctiva of healthy horses of the Federal District, and to correlate with the season of the year, animal genus and culture media used, as well as to evaluate the relationship between the culture medium used and the growth of fungal isolates. Fifty horses (100 eyes), males and females, aged between seven and 31 years old, coming from the Mounted Police Regiment of the Federal District, Brazil. Swabs of conjunctival fornix were collected and transported in Stuart medium and saline solution for sowing in Sabouraud Agar and Mycosel Agar. The effect of climatic season, genus and culture medium, on the frequency of isolated fungi was evaluated. Positive cultures were obtained in 220 samples of a total of 300. The cultures had 33.67% of bacterial growth and 55.97% of fungal growth. Aspergillus spp. was the most incident genus, found in 26.33% of the samples, most present in the summer, followed by Cladosporium spp. 9%, Rhodotorula spp. 7.33%, Candida spp. 2.33%, Malassezia spp. 5.66%, Penicillium spp. 2.33%, Scopulariopsis spp. 2%, Fusarium spp. 0.66% and Exophiola jeanselmei 0.33%. Filamentous fungi were more prevalent than yeasts. The highest frequency was of the genus Aspergillus spp. in the summer, followed by Cladosporium and Rhodotorula, characterized as environmental fungi and agents of opportunistic infections. Bacteria, Aspergillus spp and Cladosporium spp. had greater growth in the Sabouraud medium, due to the selectivity of Mycosel medium.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Ciência Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/32011/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.