Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31968
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_BarbaraVenturoso.pdf8,37 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Discursos, identidades e representações de família em livros didáticos da educação básica
Autor(es): Venturoso, Barbara
Orientador(es): Silva, Francisca Cordélia Oliveira da
Assunto: Análise crítica do discurso
Família
Identidade
Ideologia
Material didático
Data de publicação: 23-Mai-2018
Referência: VENTUROSO, Barbara. Discursos, identidades e representações de família em livros didáticos da educação básica. 2017.125 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Esta pesquisa, à luz dos estudos da Análise de Discurso Crítica (ADC), investiga os modos de representação da família brasileira nos materiais didáticos, especificamente, nos manuais de professor mais utilizados em escolas públicas de todo o Brasil (PNLD/2017). Para tal, analisa os modelos de família representados, além de refletir sobre a forma como esse suporte didático apresenta essas representações, levando a uma reflexão crítica acerca do assunto. Ao observar que as construções discursivas manifestadas nas obras didáticas conectam-se por meio da intertextualidade, compreende-se que as representações de família na Constituição Federal (1988) são as mesmas presentes nessas obras. Essa intertextualidade é estabelecida por meio daquilo que é explicitamente dito, mas também por aquilo que não foi dito. As ausências provocadas por não ditos são mais uma maneira de controle e manipulação, essas exclusões, somadas a intertextualidades entre vozes conservadoras, mais à perigosa e silenciosa pressuposição de um conceito de família que inibe reflexões críticas sobre o assunto, caracterizam-se como um efetivo processo dessa cristalização do conceito tradicional de núcleo familiar, um processo que vem ocorrendo dentro das escolas. Portanto, as coleções de livros didáticos analisadas sustentam estereótipos que são o resultado das constantes lutas pelo poder hegemônico e que servem de aparato de sustentação de redes de exploração. Se os materiais silenciarão diante da oportunidade de se aprofundar em problemáticas que podem ajudar a melhorar questões sociais, eles manterão o peso da ampliação da criticidade dos estudantes nas mãos dos professores. Em uma sociedade globalizada, para que a questão das representações e das ausências de reflexões críticas sejam superadas não será suficiente exigir que os instrumentos didáticos mudem se o professor e a escola não estiverem preparados para desenvolvê-los. Um trabalho de suporte e preparação do ambiente escolar se faz necessário para evitar o silenciamento diante de assuntos relacionados a problemáticas sociais que precisam ser sanadas, dessa forma, as oportunidades de desenvolvimento da capacidade crítica não serão perdidas.
Abstract: This research, in the light of the studies of the Critical Discourse Analysis (CDA), investigates the ways in which the Brazilian family is represented in didactic books, specifically in teachers manuals, most used in public schools throughout Brazil (PNLD/2017). To do so, it analyzes the family models represented, as well as reflecting on the way in which of this didactic supports present these representations, leading to a critical reflection on the subject. When observing that the discursive constructions manifested in these books connect through intertextuality, it is understood that the representations of family in the Federal Constitution (1988) are the same present in these didactic materials. This intertextuality is established by what is explicitly said, but also by what has not been said. Absences provoked by non-sayings are another way of control and manipulation, these exclusions, added to intertextualities among conservative voices, plus the dangerous and silent presupposition of a family concept that inhibits critical reflections on the subject, are characterized as an effective process of this crystallization of the traditional concept of family nucleus, a process that has been occurring within schools all over the country. Therefore, the collections of textbooks analyzed support stereotypes that are the result of constant struggles for hegemonic power and that serve as an apparatus for sustaining exploitation networks. If didactic books will be silenced by the opportunity to delve into problems that can help improve social issues, they will keep the burden of increasing student criticality in the hands of teachers. In a globalized society, if the question of representations and absences of critical reflections is to be overcome, it will not be enough to require that the teaching tools change if the teachers and the schools are not prepared to develop them. A work of support and preparation of the school environment is necessary to avoid the silencing before subjects related to social problems that need to be solved, in this way, the opportunities of development of the critical capacity will not be lost.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.