Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31948
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_VictorBotelhoPerezGarcia.pdf2,26 MBAdobe PDFView/Open
Title: A raiz do sistema IOCG de Carajás : alterações hidrotermais e mineralização niquelífera neoarqueana no depósito GT-34
Authors: Garcia, Victor Botelho Perez
Orientador(es):: Della Giustina, Maria Emilia Schutesky
Assunto:: Sistema Iron-Oxide-Copper-Gold (IOCG)
Carajás
Neoarcheano
Mineralização de níquel
Issue Date: 23-May-2018
Citation: GARCIA, Victor Botelho Perez. A raiz do sistema IOCG de Carajás: alterações hidrotermais e mineralização niquelífera neoarqueana no depósito GT-34. 2018. v, 80 f., il. Dissertação (Mestrado em Geologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: O depósito GT-34, localizado a 12 km a SW da mina Sequerinho, Carajás, norte do Brasil, representa uma ocorrência incomum de Ni relacionado ao sistema Iron-OxideCopper-Gold (IOCG) regional. Ocorre ao longo de uma zona de cisalhamento subvertical de orientação NE-SW marcado por zonas de alteração alcáli-Fe encaixado em granitos a tonalitos. A aleração inicial Na-Mg e alteração Ca pervasiva formam, respectivamente, marialiate-ortopiroxênio e hornblenda-plagioclásio-clinopiroxênio. A mineralização de Ni ocorre na forma de brechas com a matriz rica em pentlandita-pirrotita-apatita e fragmentos arredondados compostos dominantemente por fragmentos da alteração Ca. Veios tardios de alteração K-Fe com magnetita ou hematita (alteração K-Fe (Mt) e alteração K-Fe (Hem), respectivamente) remobilizam parcialmente a mineralização, reprecipitando-a como calcopirita-pirrotita-magnetita (alteração K-Fe (Mt)) e como milerita-pirita-apatita (alteração K-Fe (Hem)). A alteração K-Fe (Mt) ocorre como veios irregulares ricos em flogopita-talco, enquanto a alteração K-Fe (Hem) ocorre como veios bem delimitados com K-feldspato-albita-quartzo-clorita-calcita-epidoto. As características iniciais do fluido associado a alteração Na-Mg precisam ser anidras para a estabilização do ortopiroxênio e de elevada salinidade para formação da marialita. Um fluido imiscível composto por CO2-NaCl é sugerido para a atingir tais características. A presença do ortopiroxênio indica temperaturas >700°C. Estudo experimentais indicam que marialiata não se forma a partir de fluidos ricos em NaCl a pressões >7 kbar a temperatura >700°C. A ausência de quartzo pode ocorrer devido a sua dissolução causada por fluidos ricos em NaCl sob pressões >5 kbar e temperaturas similares, também determinado experimentalmente. Cristais de zircão foram recuperados da alteração NaMg inicial e da alteração tardia K-Fe (Mt) fornecendo uma idade concordante de 2.724±4 Ga, corroborando a formação Neoarqueana do depósito GT-34, similar aos demais depósitos IOCG em Carajás. A temperatura >700°C e pressão entre 5–7 kbar, eventuais fluidos evaporíticos não podem estar presentes, sendo necessário uma fonte magmática. As idades obtidas nesse estudo se sobrepõe a idade do magmatismo bimodal Neoarqueano (2.75-2.70 Ga), suportando uma origem magmática-hidrotermal. As condições determinadas para o depósito GT-34 elevam a temperatura inicial do sistema IOCG de Carajás em pelo menos 200°C com pressões podendo chegar até 7 kbar, tornondo-o a mais profunda ocorrência associada ao sistema IOCG de Carajás conhecida até então.
Abstract: The GT-34 deposit, which is located 12 km SW of the Sequerinho copper-gold mine, Carajás Province, northern Brazil, represents an unusual Ni occurrence related to a regional Iron-Oxide-Copper-Gold (IOCG) system. It occurs along a NE-SW-trending sub-vertical shear zone marked by progressive alkali-Fe alteration zones hosted in tonalite to granite intrusions. Initial Na-Mg and pervasive Ca alteration forms the unique marialite-orthopyroxene and hornblende-plagioclase-clinopyroxene associations, respectively. Nickel mineralization occurs as breccias in a pentlandite-pyrrhotite-apatiterich matrix with rounded fragments chiefly of Ca-alteration parageneses. Late-stage veins of K-Fe magnetite and hematite (K-Fe (Mt) and K-Fe (Hem)) alterations partially remobilize the mineralization, reprecipitating as chalcopyrite-pyrrhotite-magnetite and as millerite-pyrite-apatite, respectively. Potassium-Fe (Mt) occurs as irregular phlogopitetalc-rich veins, while K-Fe (Hem) occurs as sharp K-feldspar-albite-quartz-chloritecalcite-epidote veins. Initial fluid characteristics associated with Na-Mg alteration require anhydrous conditions for orthopyroxene stability and high salinity for marialite formation. An immiscible CO2-NaCl fluid is therefore associated with such conditions. The presence of orthopyroxene indicates temperatures >700°C. Experimental studies indicate that marialite does not form with NaCl-rich fluid at pressures >7 kbar under such temperatures. The absence of quartz might be caused by NaCl dissolution at pressures >5 kbar, as determined experimentally with the same temperature conditions. Zircon crystal were recovered from the initial Na-Mg alteration and late-stage K-Fe (Mt) alteration yielding a concordant 2.724±4 Ga age, corroborating the GT-34 Neoarchean formation similar to other IOCG deposits in Carajás. At >700°C and 5–7 kbar, an eventual evaporitic fluid source would not be present, making a magmatic fluid source necessary. The age constrains obtained in this study overlaps the bimodal Neoarchean magmatism (2.75-2.70 Ga), supporting a magmatic-hydrothermal origin. Determination of such conditions raises the initial temperature of the Carajás IOCG system at least 200°C and pressure up to 7 kbar, making GT-34 the deepest IOCG-related occurrence known to date for this province.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Programa de Pós-Graduação em Geologia, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Appears in Collections:IG - Mestrado em Geologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31948/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.