Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31937
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_AraídaDiasPereira_PARCIAL.pdf3,69 MBAdobe PDFView/Open
Title: Associação entre o consumo alimentar e a metilação dos genes RASSF1A e HIC1 em indivíduos em rastreamento de câncer colorretal
Authors: Pereira, Araída Dias
Orientador(es):: Ito, Marina Kiyomi
Coorientador(es):: Motoyama, Andrea Barretto
Assunto:: Câncer colorretal
Consumo alimentar
Biomarcadores
Issue Date: 21-May-2018
Citation: PEREIRA, Araída Dias. Associação entre o consumo alimentar e a metilação dos genes RASSF1A e HIC1 em indivíduos em rastreamento de câncer colorretal. 2017. 126 f., il. Tese (Doutorado em Nutrição Humana)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Objetivo: O câncer resulta de processos múltiplos que envolvem erros genéticos e epigenéticos cumulativos dos oncogenes e genes supressores de tumor. Estudos identificaram que os genes da RASSF1A e HIC1 estão hipermetilados nos indivíduos com pólipo adenomatoso (lesão pré-maligna) e câncer colorretal (CCR), o que sugere a possibilidade de serem úteis como biomarcadores epigenéticos deste tipo de câncer, em seu estágio inicial. Já está estabelecido que o estilo de vida e os hábitos alimentares inadequados constituem fatores de risco para desenvolvimento do CCR. Assim, este estudo teve o objetivo de avaliar a associação entre o consumo alimentar e a metilação dos marcadores epigenéticos RASSF1A e HIC1 em uma população em rastreamento para CCR. Método: Estudo transversal, conduzido com 106 indivíduos submetidos ao rastreamento do CCR, distribuídos em cinco grupos de acordo com o diagnóstico colonoscópico e/ou histopatológico: saudável, inflamatório, hiperplásico, adenoma e câncer colorretal. Coletaram-se informações sobre consumo, antropometria, perfil socioeconômico, hábitos de vida, amostra sanguínea e biópsia. Utilizou-se os programas Nutrition Data System for Research para análise dos dois recordatórios de 24h e Multiple Source Method, para correção da distribuição de consumo de nutrientes e alimentos dos participantes. Realizaram-se exames bioquímicos de glicemia, lipidograma, proteinograma e hemograma. Utilizou-se a reação em cadeia da polimerase metilação específica para analisar o padrão de metilação dos genes RASSF1A e HIC1 nas biópsias. Para análise estatística descritiva, foram aplicados testes paramétricos e não paramétricos e, a fim de verificar os fatores que exerciam influência sobre a metilação dos marcadores epigenéticos, aplicou-se a Regressão Logística Multivariada para os dois genes estudados. Os resultados foram apresentados em percentuais e medianas, com nível de significância p < 0,050. Resultados: Houve diferença significativa entre os grupos para as variáveis álcool (p=0,027) e ômega-3 dietético (p=0,049), e não houve diferença significativa em relação a variáveis sociodemográficas, indicadores nutricionais, perfil clínico, hábitos e estilo de vida, exames bioquímicos e perfil de consumo energético e nutricional. No que se refere ao padrão de metilação, houve diferença significativa entre os grupos nos genes RASSF1A (p=0,038) e HIC1 (p=0,000). Os fatores que contribuíram para elevar a chance de metilação do RASSF1A foram: consumo de vitamina B6 com Odds Ratio (OR) 5,26; Intervalo de Confiança (IC) 1,74-15,91 e metilação do HIC1 com OR 6,51; IC 1,26-33,59. Já as variáveis que contribuíram para reduzir a chance de metilação do RASSF1A foram: álcool com OR 0,31; IC 0,11-0,88 e a % calórico do carboidrato com OR 0,87; IC 0,78-0,98. Para o HIC1, a chance de metilação mostrou-se aumentada com a proteína total plasmática e metilação do RASSF1A, que apresentaram OR 4,81; IC 1,05-21,97 e OR 15,13; IC 2,99-76,58, respectivamente. Conclusão: Em indivíduos submetidos ao rastreamento para CCR, a metilação do gene RASSF1A apresentou associação com hábitos de vida, tais como consumo de energia proveniente do carboidrato, álcool e vitamina B6, porém no sentido oposto à hipótese do estudo. Não se identificou associação entre a metilação do gene HIC1 e os componentes do estilo de vida.
Abstract: Objective: Cancer is the result of multiple processes that involve cumulative genetic and epigenetic errors in the oncogenes and tumor suppressor genes. Studies have identified that the RASSF1A and HIC1 genes are hypermethylated in individuals with adenomatous polyps (premalignant lesions) and colorectal cancer (CRC), suggesting the possibility to be useful epigenetic biomarkers for this kind of cancer in its initial state. It’s already established that the inadequate lifestyle and eating habits are risk factors for the development of CRC. Thus, this study aimed to evaluate the relationship between food intake and the methylation of the epigenetic markers RASSF1A and HIC1 in a population screening for CRC. Methods: A cross-sectional study was conducted with 106 individuals submitted to CRC screening and distributed in five groups according to the colonoscopy and/or histopathologic diagnosis: healthy, inflammatory, hyperplastic, adenoid and colorectal cancer. The data collected included: food intake, anthropometry, socioeconomic profile, life style habits, blood sample, and biopsy. The softwares Nutrition Data System for Research, which was used for analysis of the two 24-hour recalls, and Multiple Source Method, that was used to correct for the variability in the estimated intra individual intakes of nutrients and food by the patients, were used. Biochemical determinations of glycemia, lipidogram, proteinogram and hemogram were performed. Methylation-specific polymerase chain reaction was used to analyze the pattern of methylation of the genes RASSF1A and HIC1 in the biopsies. In the descriptive statistical analysis, parametric and nonparametric tests were applied. Multivariate logistic regression of studied genes were performed to evaluate the factors associated with the methylation of the epigenetic markers. The results were presented as percentages and medians, with p < 0.050 as significance level. Results: There was a significant difference among the groups for the variables alcohol intake (p=0.027) and dietary omega 3 (p=0.049), and there was no significant difference for the following variables: sociodemographic, nutritional indicators, clinical profile, habits and lifestyle, biochemical exams and energetic and nutritional consumption. In relation to the methylation patterns, there were significant differences between groups in the genes RASSF1A (p=0.038) and HIC1 (p=0.000). Factors that contributed to the increased chance of methylation of the RASSF1A were the intake of vitamin B6 with Odds Ratio (OR) 5.26; and Confidence Interval (CI) 1.74-15.91; and methylation of the HIC1 with OR 6.51; CI 1.26-33.59. The variables that contributed to the decreased chance of methylation of the RASSF1A were alcohol with OR 0.31; CI 0.11-0.88 and the caloric percentage of carbohydrate with OR 0.87; CI 0.78-0.98. For the HIC1, the chance of methylation was increased with the total plasmatic protein and methylation of the RASSF1A, with OR: 4.81; CI 1.05-21.97 and OR 15.13; CI 2.99-76.58, respectively. Conclusion: In individuals submitted to CRC screening, the methylation of the RASSF1A gene showed association with lifestyle, such as the intake of energy from carbohydrates, alcohol and vitamin B6 consumption, but in the opposite results to the hypothesis of the study. No association was seen between the methylation of the HIC1 gene with lifestyle components.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós Graduação em Nutrição Humana, 2017.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: Capítulos 6. Resultados e 7. Discussão.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Appears in Collections:NUT - Doutorado em Nutrição Humana (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31937/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.