Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31909
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_RenatoRochaDiasSantos.pdf4,42 MBAdobe PDFView/Open
Title: Gestão sustentável de cadeias de suprimentos : ganhos sociais para agroindústrias artesanais do Distrito Federal
Authors: Santos, Renato Rocha Dias
Orientador(es):: Guarnieri, Patrícia
Coorientador(es):: Thomé, Karim Marini
Assunto:: Sustentabilidade social
Agroindústria
Alimentos - processamento artesanal
Issue Date: 16-May-2018
Citation: SANTOS, Renato Rocha Dias. Gestão sustentável de cadeias de suprimentos: ganhos sociais para agroindústrias artesanais do Distrito Federal. 2018. 265 f., il. Dissertação (Mestrado em Agronegócios)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: A agroindustrialização formal de produtos agroalimentares por pequenos produtores rurais tem gerado avanços e desafios no campo. Isso se deve ao fato de que esse público passa a ampliar relacionamentos com clientes e consumidores finais que agora podem acessar mais facilmente esses produtos, anteriormente pouco disponíveis em mercados competitivos. Para isso, alguns programas públicos, juntamente com novos dispositivos legais, têm permitido e incentivado a regularização da fabricação de produtos agroindustriais tradicionais, na modalidade artesanal, no Distrito Federal, e assim, proporcionando a pequenos produtores, agregação de valor à produção agropecuária e geração de ocupação alternativa as famílias rurais. Nessa linha, espera-se que ganhos sociais pela participação de pequenos produtores em cadeias de suprimentos de produtos artesanais sejam ampliados, pois em qualquer atividade comercial, proveitos mútuos aos atores que participam das transações devem permear as relações. Nesse sentido, é factível esperar que a produção agroindustrial artesanal pode ofertar produtos que carregam preceitos e traços tradicionais que atendam consumidores cada vez mais exigentes e, concomitantemente, pode ampliar padrões sociais de pequenos produtores rurais que buscam alternativas à sua perpetuação e sobrevivência na atividade rural. Assim, investigar quais práticas são relevantes e como impactam a sustentabilidade social de produtores agroindustriais artesanais torna-se fundamental para se traçar caminhos que contemplem essa dimensão, um requisito para se buscar uma gestão sustentável de cadeias de suprimentos (GSCS). Portanto, o presente trabalho tem por objetivo analisar quais práticas sustentáveis, na perspectiva de uma GSCS, podem contribuir para ganhos e melhorias dos indicadores de sustentabilidade social das famílias envolvidas na produção agroindustrial artesanal. Para tanto, primeiramente, realizouse uma revisão sistemática de literatura com vistas a traçar o estado da arte relativo aos indicadores de sustentabilidade sociais tratados no âmbito da literatura internacional e, em seguida; um estudo exploratório, descritivo e qualitativo, utilizandose do procedimento técnico de estudo de caso, a partir de casos múltiplos, para aprofundar questões sociais relevantes e atuais da produção agroindustrial artesanal no Distrito Federal. Os resultados apontam que algumas práticas estão ampliando requisitos que conduzem a sustentabilidade social dos produtores agroindustriais artesanais e vêm contribuindo para a perpetuação de suas famílias na atividade rural com qualidade de vida, gerando principalmente atributos adequados ao trabalho, das capacidades e inovações. Entretanto, um caminho a ser percorrido ainda é necessário visto que algumas práticas requerem ser ampliadas para se atingir a completude da dimensão social numa GSCS de produtos agroindustriais artesanais, tais como o compartilhamento de informações, instrumentos para maior poder de negociação dos produtores, ações colaborativas da perspectiva fornecedor/cliente, apoios financeiros, pesquisas e desenvolvimento tecnológico, formação continuada e acesso a políticas públicas. Desse modo, este estudo pode contribuir para que pesquisadores e gestores possam desenvolver olhares da sustentabilidade social considerando os relacionamentos em uma cadeia de suprimentos e os apoios institucionais presentes, dimensão essa comumente abordada mais timidamente do que as questões ambientais e econômicas quando tratada a sustentabilidade.
Abstract: The formal agroindustrialization of agro-food products by small rural producers has generated advances and challenges in the theme. This is due to the fact that this public is expanding relationships with customers and final consumers that can now more easily access this production, previously unavailable in competitive markets. For this, some public programs, along with new legal provisions, have allowed the regularization of the production of traditional agroindustrial products, in the artisanal modality, in Federal District, and thus, provided to small producers, adding value to agricultural production and generation of occupation rural families. In this line, it is expected that social requirements for the participation of small producers in supply chains of artisanal products will be expanded, because in any commercial activity, mutual gains to the actors that participate in the transactions must permeate the relations. In this sense, it is feasible to expect that artisanal agroindustrial production can offer products that carry traditional precepts that meet ever more demanding consumers and, at the same time, can broaden the social standards of small rural producers who seek alternatives to their perpetuation and survival in the rural activity. Thus, to investigate which practices are relevant and how they impact the social sustainability of artisanal agroindustrial producers becomes fundamental to trace the social dimension in relations, a requirement to reach a sustainable supply chains management (SSCM). Therefore, the objective of this study is to analyze which sustainable practices, from the perspective of sustainable supply chain management, can contribute to the improvement of social sustainability indicators of the families involved in artisanal agroindustrial production. Firstly, a systematic literature review was carried out with a view to tracing the state of the art related to the social sustainability indicators treated in the international literature, and then; an exploratory, descriptive and qualitative study using the technical case study, from multiple cases, investigated relevant issues in the current scope of the artisanal agroindustrial production in Federal District. The results point out that some practices are expanding requirements that lead to the social sustainability of artisanal agroindustrial producers and have contributed to the perpetuation of this activity with quality of life, generating attributes that are appropriate to the work, the capabilities and innovations. However, a path to be followed is still necessary since some practices need to be expanded to achieve the completeness of the social dimension in a SSCM of artisanal agroindustrial products, such as information sharing, greater bargaining power of producers, collaborative actions of the supplier/client perspective, financial support, research and technological development, continuing education and access to public policies. Thus, this study can contribute to researchers and managers can develop perspectives from the perspective of social sustainability in the relationships in a supply chain and in the institutional supports present, a dimension that is usually addressed more timidly than the environmental and economic dimensions when dealing with sustainability.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronegócios, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronegócios (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31909/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.