Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31899
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_ThaisMalheirosGawryszewski.pdf693,62 kBAdobe PDFView/Open
Title: Pessoas idosas e sistema prisional : um estudo exploratório a partir da educação
Authors: Gawryszewski, Thais Malheiros
Orientador(es):: Gomes, Marília Miranda Forte
Coorientador(es):: Moura, Leides Barroso Azevedo
Assunto:: Idosos - condições sociais
Sistema penitenciário
Educação de jovens e adultos - prisões
Issue Date: 16-May-2018
Citation: GAWRYSZEWSKI, Thais Malheiros. Pessoas idosas e sistema prisional: um estudo exploratório a partir da educação. 2018. 85 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: A presente pesquisa de dissertação teve como objetivo geral explorar a condição da pessoa idosa no sistema prisional partir dos dados que descrevem o acesso à educação formal. Foram utilizados os registros do Levantamento de Informações Penitenciárias, os dados de matrículas do Censo Escolar da Educação Básica Brasileira e foi realizada análise de conteúdo do tipo categórica dos atos normativos referentes à educação nas prisões, principalmente dos Planos Estaduais de Educação nas Prisões de todas as Unidades da Federação. Nesta pesquisa avalia-se duas hipóteses. A primeira hipótese é a de que o acesso à educação nas prisões é menor entre os presos e presas idosos. A segunda hipótese é que há invisibilidade da pessoa idosa nos marcos normativos da educação nas prisões. Os resultados sugerem que um menor acesso da população jovem em privação de liberdade à educação nas prisões e a primeira hipótese da pesquisa foi refutada, pois há uma proporção semelhante de pessoas idosas em privação de liberdade e de matrículas da educação nas prisões. A segunda hipótese é confirmada: nos marcos legais da educação nas prisões há invisibilidade da pessoa idosa. Entretanto, constatouse que não há preocupação com a transversalidade nos documentos analisados.
Abstract: The present research had as main goal explore the condition of the elderly in prison from the data that describe the access to formal education. The records of the Penitentiary Information Survey, the enrollment data of the Brazilian Primary Education School Census, and a categorical content analysis of the normative acts concerning education in prisons were used, mainly the State Plans of Education in Prisons of all Units of the Federation. In this research two hypotheses are evaluated. The first hypothesis is that access to education in prisons is lower among elderly prisoners. The second hypothesis is that there is invisibility of the elderly person in the normative frameworks of education in prisons. The results suggest that lower juvenile access to prison education and the first hypothesis of the survey have been disproved, as there is a similar proportion of older people in deprivation of liberty and education enrollment in prisons. The second hypothesis is confirmed: in the legal frameworks of education in prisons there is invisibility of the elderly person. However, it was verified that there is no concern with transversality in the documents analyzed.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados e Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:PPGDSCI - Mestrado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31899/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.