Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31817
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_RafaelMachadodaCunha.pdf1,29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: História do olho : o movimento pineal e a ausência do nome
Outros títulos: Story of the eye : the pineal movement and the absence of the name
Autor(es): Cunha, Rafael Machado da
Orientador(es): Eyben, Piero Luis Zanetti
Assunto: Glândula pineal
Olhos
Erotismo na literatura
Bataille, Georges, 1897-1962 - crítica e interpretação
Data de publicação: 10-Mai-2018
Referência: CUNHA, Rafael Machado da. História do olho: o movimento pineal e a ausência do nome. 2015. 95 f., il. Dissertação (Mestrado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: A dissertação em questão vai trabalhar dentro de uma leitura da obra de Georges Bataille, História do olho. Observando o complexo e importante pensamento a respeito do olho, no qual Bataille trata seus ensaios fundacionais, seguimos para uma investigação tanto da estrutura da obra literária e sua importância, quanto da sua incidência na teoria filosófica do autor. Somado ao frenesi de toda forma de vida na Terra, o olho está diretamente ligado ao erotismo, ao sexo e ao gozo. A partir da glândula pineal, observamos a importância do objeto ocular para Bataille. Em seu texto literário, observamos a estrutura complexa entre metáfora e metonímia que regem tanto a condensação quanto o deslocamento dos movimentos em uma presença e ausência do olho. Partindo da ideia da importância da estrutura da História do olho, não pudemos nos furtar de investigar a ausência da assinatura Georges Bataille na obra, uma aporia do nome.
Abstract: The present dissertation is going to work inside a reading of Georges Bataille’s literary work, Story of the Eye. Observing the complex and important thought about the eye, in which Bataille treats his foundational essays, we move on to an investigation of the literary work’s structure and its importance, as well as its incidence in the author’s philosophical theory. Added to the frenesi of all forms of life on Earth, the eye is directly connected to eroticism, sex and orgasm. From the pineal gland, we observe the ocular object’s importance to Bataille. In his literary text, we observe the complex structure between metaphor and metonymy that rules the condensation as well as the movement’s dislocation in one presence and the absence of the eye. Starting from the idea of the structure’s importance in Story of the Eye, we couldn’t deny investigating the absence of the signature Georges Bataille in the work, an aporia of the name.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2015.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.