Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31810
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_FredericoIgorRibeiroCalaça.pdf1,34 MBAdobe PDFView/Open
Title: Influência da Técnica Mobilização com Movimento e Tape de Mulligan em indivíduos com instabilidade funcional de tornozelo : ensaio clínico randomizado e cego
Other Titles: Influência da Mobilização com Movimento (MWM) e Tape de Mulligan em indivíduos com instabilidade funcional de tornozelo : ensaio clínico randomizado e cego
Authors: Calaça, Frederico Igor Ribeiro
Orientador(es):: Matheus, João Paulo Chieregato
Coorientador(es):: Lemos, Thiago Vilela
Assunto:: Causalgia
Tornozelos - ferimentos e lesões
Lesões musculoesqueléticas
Entorse
Issue Date: 9-May-2018
Citation: CALAÇA, Frederico Igor Ribeiro. Influência da Técnica Mobilização com Movimento e Tape de Mulligan em indivíduos com instabilidade funcional de tornozelo: ensaio clínico randomizado e cego. 2017. ix , 25 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Introdução: A entorse de tornozelo é responsável por 25% de todas as lesões musculoesqueléticas. O tipo em inversão é predominante em grau 1, com recidiva em 80% dos casos, o que torna a instabilidade funcional de tornozelo uma condição comum. Inúmeros são os tratamentos propostos, dentre eles a Mobilização com Movimento (MWM) e Tape do Conceito Mulligan. Mulligan sugere que a causa das recidivas de entorse é a falha posicional intra-articular, entre a fíbula e tíbia, na articulação tibiofibular distal. Objetivos: Investigar a influência do MWM e Tape em aspectos funcionais (estático e dinâmico) e dor em indivíduos com instabilidade funcional crônica de tornozelo, secundariamente averiguar se existe diferença entre se fazer o tape com material rígido ou material elástico. Métodos: Trata-se de um ensaio clínico randomizado e cego. A amostra foi de 46 sujeitos (23 ± 5 anos; 65 ± 13,28 Kg; 1,65 ± 6 cm) divididos em três grupos, grupo MWM e Tape rígido (MWM-TR), grupo MWM e Tape elástico (MWM-TE) e grupo Controle. Os instrumentos utilizados no estudo foram a Escala Visual Analógica da Dor (EVA), estabilometria, Y Balance Test, Square Hop Test e Standing Heel Rise Test. As avaliações ocorreram em quatro momentos: dia 1, ao chegar e após a aplicação da terapia e dia 2 (48 horas depois) ao chegar e depois da retirada do tape. Os dados foram analisados no SPSS (Statistical Package for Social Sciences) versão 22.0, com nível de significância de p<0,05. Resultados: Foram encontradas diferenças estatisticamente significantes na dor e no alcance póstero-lateral no Y Balance Test somente no grupo MWMTR e no Square Hope Test nos três grupos do estudo (p<0,05). Conclusão: Conclui-se que o MWM com Tape influenciam imediatamente e após 48 horas em aspectos funcionais dinâmicos e dor em indivíduos com instabilidade funcional crônica de tornozelo. Em relação ao material utilizado como Tape foi observado que o material rígido proporcionou diminuição no quadro de dor em indivíduos com dor mais intensa.
Abstract: Introduction: Ankle sprains account for 25% of all musculoskeletal injuries. The type in inversion is predominant, with recurrence in 80% of the cases, which makes functional ankle instability a common condition. There are many proposed treatments, among them Mobilization with Movement (MWM) with Mulligan Concept Tape. Mulligan suggests that the cause of sprain recurrences is the intra-articular positional failure between the fibula and tibia in the distal tibiofibular joint. Objectives: To investigate the influence of the MWM with Tape on functional aspects (static and dynamic) and pain in individuals with chronic ankle functional instability, secondly to determine if there is a difference between making the tape with rigid material or elastic material. Methods: This is a randomized controlled blinded clinical trial. The sample consisted of 46 subjects (23 ± 5 years, 65 ± 13,28 kg, 1.65 ± 6 cm) divided into three groups, MWM and Rigid Tape (MWM-TR), MWM and Elastic Tape (MWM-TE) and Control group. The instruments used in the study were the Visual Analogue Pain Scale (VAS), Stabilometry, Y Balance Test, Square Hop Test and Standing Heel Rise Test. The evaluations occurred at four times: day 1, upon arrival and after application of the therapy and day 2 (48 hours later) upon arrival and after removal of the tape. The data were analyzed in the SPSS (Statistical Package for Social Sciences) version 22.0, with significance level of p <0,05. Results: Were found statistically significant differences in pain and postero-lateral reach in the Y Balance Test only in the MWM-TR group and in the Square Hope Test in the three groups of the study (p<0,05). Conclusion: It is concluded that the MWM with Tape influences immediately and after 48 hours in dynamic functional aspects and pain in individuals with chronic ankle functional instability. Regarding the material used as tape, it was observed that the rigid material provided functional improvement and decrease in pain.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PGCTS - Mestrado em Ciências e Tecnologias em Saúde

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31810/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.