Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31793
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_PedroHenriquedeSouzaNetto.pdf1,49 MBAdobe PDFView/Open
Title: Estado, estrangeiros e empresários um estudo sobre o protecionismo agropecuário na Rússia e no Brasil
Authors: Souza Netto, Pedro Henrique de
Orientador(es):: Menezes, Roberto Goulart
Assunto:: Protecionismo
Agropecuária
Economia política
Lobby
Estado
Issue Date: 8-May-2018
Citation: SOUZA NETTO, Pedro Henrique de. Estado, estrangeiros e empresários um estudo sobre o protecionismo agropecuário na Rússia e no Brasil. 2017. 159 f., il. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Esta dissertação analisa os protagonistas no protecionismo ao setor agropecuário na Rússia e no Brasil num período de estabilidade nesses países (2012-2015). Ela objetiva estabelecer em que medida a ação de atores governamentais, internacionais e grupos de pressão domésticos explica a adoção de medidas protecionistas pelos dois países. Para tanto, é utilizada metodologia descritiva, com usos pontuais de metodologia de Picos Tarifários, na definição dos setores mais protegidos, e de tipologia explicativa, na conclusão. A dissertação é concluída comprovando parcialmente a hipótese de que a atividade lobista é forte e positivamente relacionada à aplicação de medidas protecionistas, enquanto a influência da atuação de atores estatais e internacionais é acessória. Ao contrário do que ocorre em períodos de forte reforma do Estado, o lobby foi de fato predominante na economia política do protecionismo num período de estabilidade. Contudo, foi possível notar que o “ator principal” no protecionismo não é estável, mas depende da manifestação de clivagem político-ideológica intra-governo, potencial exportador do setor, perfil agroexportador do país e da possibilidade de alteração do status quo comercial.
Abstract: This Master’s thesis analyses the protagonists of protectionist policies to the agricultural sector in Russia in Brazil during a period of domestic stability (2012-2015). It aims to define how the actions of State agents, international actors and domestic lobbying groups explains the adoption of protectionist measures by both countries. The research mainly uses a descriptive methodology, with timely use of Tariff Peak methodology, in order to point the most protected sectors, and of explanatory typology, in the conclusion. The thesis partially proves the hypothesis that the lobbying activity is strongly and positively related to the use of protectionist measures, while State and international actors exert secondary influence over them. Nevertheless, it was noticeable that the title of “main protagonist of protectionism” is not stable, depending on the manifestation of political-ideological cleavage within the government, the export potential of the industry, the agro export profile of the country and the potential of change in the trade status quo by the proposed trade barrier.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31793/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.