Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31755
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_SpatialTemporalEvolution.pdf2,91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Spatial and temporal evolution of family-farming land use in the Tapajós region of the Brazilian Amazon
Outros títulos: Evolução espacial e temporal do uso da terra para agricultura familiar na região do Tapajós, Amazônia Brasileira
Autor(es): Rozon, Christine
Lucotte, Marc
Davidson, Robert
Paquet, Serge
Oestreicher, Jordan Sky
Mertens, Frédéric
Passos, Carlos José Sousa
Romana, Christine
Assunto: Desmatamento
Satélites
Estradas
Data de publicação: Abr-2015
Editora: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Referência: ROZON, Christine et al. Spatial and temporal evolution of family-farming land use in the Tapajós region of the Brazilian Amazon. Acta Amazonica, Manaus, v. 45, n. 2, p. 203 - 214, abr./jun. 2015. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672015000200203&lng=en&tlng=en>. Acesso em: 14 ago. 2017.doi: http://dx.doi.org/10.1590/1809-4392201401384.
Resumo: As pressões sobre a Floresta Amazônica Brasileira têm sido acentuadas por atividades agrícolas de muitas famílias que foram estimuladas a se estabelecer nessa região durante o Programa de Colonização do Governo Federal, na década de 1970. Os objetivos deste presente estudo foram de analisar a evolução espacial e temporal em termos de mudanças de cobertura da terra e uso da terra (CTUT) na região do baixo Tapajós, no Estado do Pará. Contrastam-se 11 bacias que são geralmente representativas do processo de colonização regional por agricultores familiares, e para tanto imagens de satélite Landsat de três diferentes anos (1986, 2001, e 2009) foram analisadas utilizando-se um Sistema de Informação Geográfica. Imagens individuais não-supervisionadas foram classificadas usando-se GRASS, e o algoritmo de classificação de Probabilidade Máxima, para todos os comprimentos de onda do espectro visível e infravermelho (1 a 5 e 7). As classes retidas para a representação do CTUT nesse estudo foram: (1) floresta primária levemente alterada; (2) floresta de sucessão; (3) terra agricultável e pastagem; e (4) solo nu. A análise e observação de tendências gerais em 11 bacias mostram que o CTUT tem mudado rapidamente. O desmatamento médio de floresta primária em todas as bacias foi estimado em mais de 30% no período de 1986 a 2009. A análise em escala local de bacias revela a complexidade do CTUT, notavelmente em relação a grandes mudanças na evolução espacial e temporal das bacias. A proximidade com a cidade de Itaituba, que se encontra em plena expansão, está relacionada com a maior taxa de desmatamento em duas bacias hidrográficas, ao passo que a abertura de estradas, como a Rodovia Transamazônica, está associada à segunda maior taxa de desmatamento em três bacias hidrográficas.
Abstract: Pressures on the Brazilian Amazon forest have been accentuated by agricultural activities practiced by families encouraged to settle in this region in the 1970s by the colonization program of the government. The aims of this study were to analyze the temporal and spatial evolution of land cover and land use (LCLU) in the lower Tapajós region, in the state of Pará. We contrast 11 watersheds that are generally representative of the colonization dynamics in the region. For this purpose, Landsat satellite images from three different years, 1986, 2001, and 2009, were analyzed with Geographic Information Systems. Individual images were subject to an unsupervised classification using the Maximum Likelihood Classification algorithm available on GRASS. The classes retained for the representation of LCLU in this study were: (1) slightly altered old-growth forest, (2) succession forest, (3) crop land and pasture, and (4) bare soil. The analysis and observation of general trends in eleven watersheds shows that LCLU is changing very rapidly. The average deforestation of old-growth forest in all the watersheds was estimated at more than 30% for the period of 1986 to 2009. The local-scale analysis of watersheds reveals the complexity of LCLU, notably in relation to large changes in the temporal and spatial evolution of watersheds. Proximity to the sprawling city of Itaituba is related to the highest rate of deforestation in two watersheds. The opening of roads such as the Transamazonian highway is associated to the second highest rate of deforestation in three watersheds.
Licença: Acta Amazonica - This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License (Attribution 4.0 International (CC BY 4.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0044-59672015000200203&lng=en&tlng=en. Acesso em: 14 ago. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1809-4392201401384
Aparece nas coleções:CDS - Artigos publicados em periódicos
FUP - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.