Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31593
Título: Indexação imagética aplicada ao modelo FRSAD : uma metodologia conceitual
Outros títulos: Indexing with images applied to the FRSAD model : a conceptual methodology
Autor(es): Brito, Marcílio de
Žumer, Maja
El Hadi, Widad Mustafa
Vieira, Simone Bastos
Assunto: Organização do conhecimento
Semiótica
Indexação de imagens
Requerimentos Funcionais para Dados de Autoridade Assunto - FRSAD
Interoperabilidade
Data de publicação: 2016
Referência: BRITO, Marcílio de. et al. Indexação imagética aplicada ao modelo FRSAD: uma metodologia conceitual. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 17., 2016, Salvador. Anais... Salvador: ANCIB, 2016. Disponível em:< http://www.ufpb.br/evento/lti/ocs/index.php/enancib2016/enancib2016/paper/viewFile/3838/2249. Acesso em 22 dez. 2016
Resumo: Este trabalho associa a metodologia de indexação por imagens com o modelo FRSAD como um mecanismo compatível para o compartilhamento global da informação e uso de dados de assunto, ambos no contexto da Biblioteconomia e afins. O modelo conceitual da indexação imagética mostra como as imagens estão relacionadas aos tópicos e “imagens-chave” são interpretadas com nomens para implementar o modelo FRSAD. A indexação por imagens consiste em usar imagens em lugar de palavras-chave ou descritores para representar e organizar informações. A implementação da navegação em OPACs nesta perspectiva significa inovar o OPAC quando se procura compartilhar conceitos de autoridades assunto. Na prática isto inclui a tradução de metadados, tesauros multilingues simétricos, ou qualquer outra forma tradicional de ferramentas de indexação. A proposta de iOPAC (OPAC imagético) incorpora esforços concentrados em níveis conceituais tal como esperado pelos bibliotecários. Interfaces imagéticas são mais intuitivas quando os usuários dispensam treinamento para a recuperação da informação oferecendo uma compreensão facilitada dos códigos de indexação, ampla portabilidade conceitual dos descritores (como imagens), e melhor interoperabilidade entre os códigos do discurso e as competências em indexação, afetando positivamente a interoperabilidade social e cultural. A metodologia imagética encontra aplicações em P&D para criar interfaces mais conviviais considerando usuários com necessidades especiais, tais como indivíduos com surdez ou iletrismo funcional. Esta metodologia levanta questões sobre os paradigmas da primazia da oralidade em sistemas de informação e pavimenta o caminho para a legitimidade de perspectivas múltiplas na indexação de documentos, sugerindo uma comunicação mais universal baseada em imagens. Aspectos interdisciplinares das neurociências, linguística e ciências da informação são competências requisitadas para futuras investigações sobre a natureza dos processos cognitivos na organização e classificação da informação, para o desenvolvimento de sistemas assistivos de organização do conhecimento para indivíduos com limitações no processo de comunicação, tais como a surdez e o autismo.
Abstract: This proposal associates the methodology of indexing with images with the FRSAD model as a compatible mechanism for a global information share and use of subject data, both within the library sector and beyond. The conceptual model of imagetic indexing shows how images are related to topics and ‘key-images’ are interpreted as nomens to implement the FRSAD model. Indexing with images consists of using images instead of key-words or descriptors, to represent and organize information. Implementing the imaged navigation in OPACs denotes multiple advantages derived from this means rethinking the OPAC anew, since we are looking forward to sharing concepts within the subject authority data. Images, carrying linguistic objects, permeate inter-social and cultural concepts. In practice it includes translated metadata, symmetrical multilingual thesaurus, or any traditional indexing tools. The imaged OPAC (iOPAC) embodies efforts focused on conceptual levels as expected from librarians. Imaged interfaces are more intuitive since users do not need specific training for information retrieval, offering easier comprehension of indexing codes, larger conceptual portability of descriptors (as images), and a better interoperability between discourse codes and indexing competences affecting positively social and cultural interoperability. The imagetic methodology deploys R&D fields for more suitable interfaces taking into consideration users with specific needs such as deafness and illiteracy. This methodology arouse questions about the paradigms of the primacy of orality in information systems and pave the way to a legitimacy of multiple perspectives in document indexing by suggesting a more universal communication system based on images. Interdisciplinarity in neurosciences, linguistics and information sciences would be desirable competencies for further investigations about the nature of cognitive processes in information organization and classification while developing assistive KOS for individuals with communication problems, such autism and deafness.
Informações adicionais: Evento realizado pela Associação Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (ANCIB) e organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia (PPGCI/UFBA).
Licença: XVII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação Declaração de Direito Autoral Autores que submetem a esta conferência concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais sobre o trabalho, permitindo à conferência colocá-lo sob uma licença Licença Creative Commons Attribution, que permite livremente a outros acessar, usar e compartilhar o trabalho com o crédito de autoria e apresentação inicial nesta conferência. b) Autores podem abrir mão dos termos da licença CC e definir contratos adicionais para a distribuição não-exclusiva e subseqüente publicação deste trabalho (ex.: publicar uma versão atualizada em um periódico, disponibilizar em repositório institucional, ou publicá-lo em livro), com o crédito de autoria e apresentação inicial nesta conferência. c) Além disso, autores são incentivados a publicar e compartilhar seus trabalhos online (ex.: em repositório institucional ou em sua página pessoal) a qualquer momento antes e depois da conferência. Fonte: http://www.ufpb.br/evento/lti/ocs/index.php/enancib2016/enancib2016/paper/viewFile /3838/2249
Aparece nas coleções:FCI - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EVENTO_IndexaçãoimagéticaaplicadaaomodeloFRSAD.pdf1,31 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.