Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31525
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_SirleneRodriguesFerreiraCastro.pdf1,51 MBAdobe PDFView/Open
Title: A abordagem do plágio nos livros didáticos do ensino fundamental e na visão de autores
Authors: Castro, Sirlene Rodrigues Ferreira
Orientador(es):: Sousa, Carlos Alberto Lopes de
Assunto:: Plágio
Internet - uso
Livro didático
Ensino fundamental
Tecnologia da informação e da comunicação
Issue Date: 28-Mar-2018
Citation: CASTRO, Sirlene Rodrigues Ferreira. A abordagem do plágio nos livros didáticos do ensino fundamental e na visão de autores. 2017. 122 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Com a explosão das Tecnologias de Informação e de Comunicação (TICs) em todos os contextos da vida humana, inclusive na educação, crescem também o número de problemas relacionados à cópia e ao plágio desde a mais tenra idade. Pesquisas internacionais Ukpebor (2013), Callender et al. (2010); Yanga, Shaw, Garduno e Olson, (2014), Einesmann (2015); Olson e Shaw (2011); Chang et al. (2015); Olson e Shaw (2011); Ma, Yong e Lu (2007); Callender et al. (2010); Ma Lu, Turner, Wan (2007) e nacionais Bonette e Vosgerau (2010); Bernardes e Fernandes (2002); Sauthier et al. (2011) e Rocha (2013) apontam o crescente problema do plágio e da cópia, vinculados diretamente aos avanços tecnológicos oriundos da sociedade em rede, o que os comunicólogos e tecnólogos chamam de ciberplagiarismo. Por meio de análise de conteúdo temático categorial segundo as diretrizes de Bardin (2011), constatamos que 16 livros (português, geografia, ciências e matemática) do 6º ao 9º ano adotados no ensino público fundamental não abordam o plágio como orientação ou cuidados na produção textual por parte dos estudantes, mais precisamente quando essa produção estudantil está relacionada diretamente a atividades didáticas referidas às pesquisas na internet. Apuramos, por meio de entrevistas com cinco autores de livros didáticos no Brasil, que alguns autores deslocam para os professores a responsabilização pela mediação das orientações sobre os riscos de plágio e de cópia oriundos da internet, e justificam que atividades procedimentais e atitudinais, presentes nos livros, estimulam a autoria o suficiente. Mesmo com este incentivo há uma lacuna no tratamento dado ao plágio e hipotetizamos que a inexistência de uma cultura de formação ética sobre a temática no ensino continuado, reflete na cultura da cópia e do plágio em todos os estágios do conhecimento. Constatamos que o plágio não figurou como elemento necessário no livro didático e inferimos que os autores não se ocupam da temática também por não ser exigência do PNLD. Partindo dos resultados encontrados nesta pesquisa, tanto nos livros didáticos quanto nas entrevistas com autores, agasalhamos a ideia de que a pesquisa na internet não pode ser desidratada da questão ética e que livros didáticos, autores, professores e gestores devem trabalhar juntos a dimensão ético-pedagógica que antecede a punição e pode potencialmente evitá-la.
Abstract: With the explosion of Information and Communication Technologies (ICTs) in all context of the human life, including education, the number of problems related to copying and plagiarism from the very earliest human age also increases. International researchers as Ukpebor (2013), Callender et al. (2010); Yanga, Shaw, Garduno e Olson, (2014), Einesmann (2015); Olson e Shaw (2011); Chang et al. (2015); Olson e Shaw (2011); Ma, Yong e Lu (2007); Callender et al. (2010); Ma Lu, Turner, Wan (2007) and both national Bonette e Vosgerau (2010); Bernardes e Fernandes (2002); Sauthier et al. (2011) e Rocha (2013) point to the growing problem of plagiarism and copying, directly linked to the technological advances coming from networked society, which communicologists and technologists call it cyber plagiarism. Through categorical thematic content theory by Bardin's guidelines (2011) and interviews with four authors of textbooks, we discovered that 16 books (portuguese, geography, science and mathematics) for the 6th to the 9th grade adopted in fundamental public education in Brazil do not address the plagiarism as guidance or care in textual production by students, more precisely when this student production is directly related to didactic activities referred to research on the internet. The research also investigated the positioning of four authors in Brazil on this subject. We find that some authors give teachers the responsibility to guide students about the risks of plagiarism and copying coming from the internet, and justify that procedural and attitudinal activities, present in the books, stimulate enough authorship. Even with this incentive, there is a gap in the treatment given to plagiarism and we hypothesize that the lack of a culture of ethical training on the subject in continuing education reflects in the culture of copying and plagiarism at all stages of knowledge. Based on the results found in this research, both in textbooks and in interviews with authors, we defend the idea that Internet research cannot be isolated from the ethical question and those didactic books, authors, teachers, family and managers must work together on the ethical- pedagogy that precedes punishment and can potentially avoid it.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31525/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.