Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31520
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_WalaceRozaPinel.pdf4,75 MBAdobe PDFView/Open
Title: Educação em prisões : um olhar à formação profissional na penitenciária feminina do Distrito Federal
Authors: Roza Pinel, Walace
Orientador(es):: Rêses, Erlando da Silva
Assunto:: Educação e gênero
Ensino profissional
Penitenciárias femininas
Trabalho
Sistema penitenciário
Issue Date: 28-Mar-2018
Citation: ROZA PINEL, Walace. Educação em prisões: um olhar à formação profissional na penitenciária feminina do Distrito Federal. 2017. 231 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: A questão da penitenciária no Brasil pode ser observada como um dos graves problemas sociais, nos levando a um amplo debate acerca do sistema prisional e sua relação com as práticas educativas e laborais. Verificou-se que, entre os anos de 2005 e 2012, houve um significativo aumento da população carcerária no país. Neste mesmo período, houve um crescimento significativo de mulheres em situação de privação de liberdade. Diante disso, por meio dum estudo histórico da construção da criminalização do gênero feminino desde a sua origem, o objetivo geral desta pesquisa é o de analisar a oferta de educação profissional na Penitenciária Feminina do DF. A pesquisa foi desenvolvida com as estudantes-internas que frequentam a educação profissional dessa instituição prisional, no curso de Auxiliar Administrativo, vinculado ao Programa PRONATEC. Fez-se uso da pesquisa qualitativa, a qual utilizou instrumentos metodológicos tais como: análise documental, pesquisa bibliográfica, questionários semiestruturados e observação participante. Em posse dos relatos e dados obtidos, o que se percebeu foi uma naturalização da EJA, enquanto única possibilidade formativa, não sendo essa modalidade integrada às demais vertentes de formação: educação profissional, EaD e oficinas de trabalho. Nesse sentido, a Educação e o Trabalho são vistos, ainda, como benefícios distintos e privilégio de poucas. Deste modo, ressalta-se a urgência de uma nova proposta política e pedagógica que não só ofereça a Educação Básica, mas também uma Educação Profissional e possibilidades de acesso à Universidade Pública, com a participação da sociedade civil e dos movimentos sociais.
Abstract: The question of penitentiary in Brazil can be observed as one of the serious social problems leading us to a wide debate about the prison system and its relation with the educative and labor practices. It was found that between 2005 and 2012 there was a significant increase in the prison population in the country. In this same period, there has been a significant increase in women deprived of liberty. Therefore, the general objective of this research is to analyze the offer of professional education in the Feminine Penitentiary of the Federal District. Thus, through a historical study of the construction of the criminalization of the feminine gender from its origin, the general objective of this research is to analyze the offer of professional education in the Female Penitentiary of the DF. The research was developed with internal students who attend the professional education of this prison institution – in the Administrative Assistant course – linked to the PRONATEC Program. We used qualitative research, which used methodological instruments such as: documentary analysis, bibliographic research, semi-structured questionnaires and participative observation. In the possession of the reports and data obtained, what was perceived was a naturalization of the Education of Young and Adults, as the only formative possibility, and this modality is not integrated to the other aspects of formation: professional education, Distance Education and workshops. In this sense, Education and Work are still seen as distinct benefits and privilege of few. Thus, the urgency of a new political and pedagogical proposal that not only offers Basic Education, but also a Professional Education and possibilities of access to the Public University, with the participation of civil society and social movements.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31520/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.