Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31493
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_ElianaAparecidaSilvaSantosFeitosa.pdf8,87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Identidade e cultura : estudo etnogeográfico da comunidade tradicional do MOINHO em Alto Paraíso de Goiás
Autor(es): Feitosa, Eliana Aparecida Silva Santos
Orientador(es): Peluso, Marília Luiza
Assunto: Cultura
Etnogeografia
Comunidades quilombolas
Medicina popular
Identidade cultural
Data de publicação: 26-Mar-2018
Referência: FEITOSA, Eliana Aparecida Silva Santos. Identidade e cultura: estudo etnogeográfico da comunidade tradicional do MOINHO em Alto Paraíso de Goiás. 2017. xviii, 160 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: A Comunidade Tradicional do Moinho, está localizada no município de Alto Paraíso/GO, e foi certificada pela Fundação Cultural Palmares em 30/12/2015. Seus moradores nativos e chegantes desenvolvem ações que visam à manutenção do modo de vida tradicional, cujo objetivo é garantir e manter a qualidade de vida dos moradores, que se estabelece através do conhecimento ancestral sobre plantas e ervas do Cerrado. O objetivo desta dissertação é analisar como a Comunidade Tradicional do Moinho pôde perpetuar seu Conhecimento Tradicional, sua Identidade e Cultura ancestralmente construída em um contexto social de pouca valorização da sabedoria repassada de geração a geração sobre plantas, ervas e seus usos que integram medicina natural quilombola. A hipótese é que a perpetuação do conhecimento tradicional dos moradores da Comunidade Tradicional do Moinho está diretamente ligada à preservação do bioma Cerrado em virtude da importância das plantas e ervas nativas da região, sem as quais a medicina tradicional, a culinária, hábitos e costumes podem se perder no tempo. Para o desenvolvimento desta dissertação foram realizadas pesquisas bibliográficas, de campo, entrevistas com os moradores e vivências com Dona Flor, parteira, raizeira e principal expoente da medicina tradicional quilombola. Foi utilizado um referencial teórico e conceitual sobre Geografia Cultural, Território, Identidade e Etnogeografia. A realidade da Comunidade Tradicional do Moinho é retratada através dos mapas e registros fotográficos dos elementos que integram o cotidiano dos moradores, trabalho e renda. Concluiu-se que a Comunidade Tradicional do Moinho agora certificada é conhecida pela medicina quilombola praticada pelos moradores mais antigos, o conhecimento tradicional é repassado de geração em geração pela oralidade e convívio. Toda a riqueza cultural expressa na religiosidade, na culinária e na manipulação e formulação de remédios “do mato” está ameaçada pela modernidade caracterizada pela agricultura tecnificada e expansão imobiliária que diminuem o território utilizado para a coleta de ervas. O Moinho é um quilombo próximo à cidade, sofreu mais influência externa que os demais quilombos pertencentes ao Território Tradicional da Chapada dos Veadeiros, que em sua maioria são comunidades de difícil acesso, que os moradores demonstram a importância do Conhecimento Tradicional, dos saberes e fazeres do Cerrado presentes no modo de vida peculiar. As memórias, “causos”, histórias, lembranças de momentos de alegria, tristeza e superação expressam a Identidade e Cultura do povo quilombola e sua relação sinérgica com o lugar, a Etnogeografia quilombola.
Abstract: The traditional community of Moinho, is localized in the municipality of Alto Paraíso/GO, and was certified by Cultural Fundation Palmares in 12/30/2015. Their native residents and chegantes develop actions that aims the maintenance of traditional know-how, whose objective is guarantee and maintain the life quality from residents, that established through the ancestral knowledge about plant and herbal from Brazilian Savanna. The main objective from this Master‟s thesis is analyzed how the Traditional Community of Moinho could perpetuate his traditional knowledge, his identity and culture ancestrally built in a social context of low appreciation from wisdom repass form generation to generation about plant, herbal and their uses that integrate quilombola natural medicine. The general assumption is that the perpetuation of traditional knowledge from residents of Traditional community of Moinho are directly connected to preservation of Brazilian savanna biome in virtue of importance of plant and herbal natives of the region, without which the traditional medicine, the cooking, habits and costumes may be lost in time. To the development form this thesis, was realized bibliographic research, field research, interviews with the residents and experiences with Mrs. Flor, midwife, raizeira and principal exponent from quilombola traditional medicine. Was used a theoretical frame and conceptual about Cultural Geographie, Territory, Identity and Etnogeography. The reality of traditional community of Moinho is portrayed through maps and photographic records of elements that integrate the residents daily, work and income. Concluded that the Traditional Community of Moinho now is certified by quilombola medicine practiced by the oldest residents, the traditional knowledge is repass from generation to generation by orality and conviviality. All the cultural wealth express in religiosity, in cooking and manipulation and formulation of medicines “do mato” is threatened by modernity characterized by technology-dependent and real state expansion that reduce the territory used to herbal harvesting. The Moinho is a quilombo next to the city, soffer more extern influence that the others quilombos belonging to the Traditional Territory of Chapada dos Veadeiros that in their general are communities of hard access, that the residents show the importance of traditional knowledge, of know-how from Brazilian Savanna presents in the peculiar lifestyle. The memories, “causos”, histories, remembrances of moments of joy, sadness and overcoming express the identity and culture of quilombola people and their relation synergic with the place, the quilombola etnogeography.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-graduação, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.