Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31459
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_AlexandraCorrêaGervazoniBalbuenadeLima_PARCIAL.pdf1,33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Viabilidade da avaliação ambulatorial da pressão parcial do dióxido de carbono expirado (PetCO2) em repouso pela capnografia em insuficiência cardíaca
Autor(es): Lima, Alexandra Corrêa Gervazoni Balbuena de
Orientador(es): Cipriano Júnior, Gérson
Assunto: Insuficiência cardíaca
Confiabilidade
Mortalidade
Doenças cardiovasculares
Data de publicação: 15-Mar-2018
Referência: LIMA, Alexandra Corrêa Gervazoni Balbuena de. Viabilidade da avaliação ambulatorial da pressão parcial do dióxido de carbono expirado (PetCO2) em repouso pela capnografia em insuficiência cardíaca. 2017. 122 f. Tese (Doutorado em Ciências e Tecnologias em Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Introdução: A pressão parcial do dióxido de carbono no final da expiração (PetCO2) avaliada durante o teste cardiopulmonar de exercício (PetCO2 TCPE) já esta estabelecida como um importante fator prognostico na insuficiência cardíaca (IC). A PetCO2 avaliada por meio da capnografia (PetCO2 CAP) em diferentes cenários clínicos (ex: Unidade de Terapia Intensiva, neurocirurgia, em atendimento pré-hospitalar, em reanimação cardiopulmonar) esta associada com alterações do débito cardíaco. Todavia, o comportamento da PetCO2 CAP na IC ainda nao foi descrito. Objetivos: Estudo 1) avaliar a confiabilidade e concordância da PetCO2 CAP na IC; Estudo 2) determinar o valor prognostico da PetCO2 CAP em IC para morte cardíaca ou transplante cardíaco no primeiro ano de seguimento. Métodos: Pacientes com IC realizaram medidas seriadas da PetCO2 CAP, seguidas por um TCPE sintoma limitado. Os pacientes foram acompanhados em relação a morte cardíaca e transplante dentro do período de 1 ano. Resultados: Foram incluídos na análise 158 pacientes com IC (idade media de 56.1 } 12.7 anos, 69% homens, 35% etiologia isquêmica, classificação funcional III da New York Heart Association de 64% [CF da NYHA], fracão de ejeção do ventrículo esquerdo [FEVE] de 37.8 } 14.9%, consumo de oxigênio no pico do exercício [VO2 pico] de 13.6 } 5.5 ml.kg-1.min-1, e inclinação da relação ventilação minuto e produção de dióxido de carbono [Slope VE/VCO2] de 35.9 } 12.3). A PetCO2 CAP apresentou uma excelente associação entre as medidas (r > 0.90; p < 0.0001), e elevada uniformidade (Intervalo de Confiança Intraclasse [ICC], 0.983; Intervalo de Confiança [IC] 95%, 0.991-0.995; p < 0.001). A PetCO2 CAP foi capaz de predizer 94% da PetCO2 TCPE repouso, apesar de uma correlação moderada entre as variáveis (r = 0.41; p < 0.0001). A PetCO2 CAP foi menor quanto pior a classe funcional da NYHA (p < 0.0001). Foram acompanhados 125 pacientes (16 eventos em 1 ano), que apresentaram a PetCO2 CAP reduzida (PetCO2 CAP, 29.4 } 6.9 mmHg; p = 0.05) em relação ao grupo sem eventos. O melhor ponto de corte da PetCO2 CAP para 14 morte cardíaca e transplante foi ≤38mmHg (Qui-Quadrado, 6.91; hazard ratio, 0.145; IC 95%, 0.019- 1.096; p = 0.03), com sensibilidade de 93% e especificidade de 67%, e valor preditivo negativo de 98%. Conclusões: A capnografia mostrou ser uma ferramenta estável para a medida da PetCO2 e capaz de discriminar pacientes com risco de eventos.
Abstract: Introduction: End-tidal expiratory carbon dioxide pressure (EtCO2) assessed during the cardiopulmonary exercise testing (EtCO2 CPX) is already established as an important prognostic factor in heart failure (HF) patients. EtCO2 evaluated by capnography (EtCO2 CAP) is associated with changes in cardiac output and prognosis variable in different clinical settings (ex. Intensive Care Unit, neurosurgery, abdominal aortic aneurysm correction surgery, prehospital care, cardiopulmonary resuscitation). However, the behavior of EtCO2 CAP noninvasively measured has not yet been described in HF. Objectives: Study 1) evaluate the reliability and agreement of EtCO2 CAP in HF; Study 2) determine the prognostic value of EtCO2 CAP in HF for cardiovascular death and urgent cardiac transplantation in one-year follow-up. Methods: HF patients performed serial measurements of EtCO2 CAP, followed by a symptom-limited CPX. HF subjects were followed during one-year for cardiac death or cardiac transplantation. Results: One hundred and fifty-eight HF patients (mean age 56.1 } 12.7 years, 69% men, 35% ischemic etiology, 64% New York Heart Association functional class III [NYHA FC], 37.8 } 14.9% left ventricular ejection fraction [LVEF], 13.6 } 5.5 ml.kg-1.min-1 oxygen consumption at the peak of the exercise [VO2 peak], and 35.9 } 12.3 Slope of ratio of minute ventilation and carbon dioxide production [VE / VCO2 Slope]) were evaluated. The EtCO2 CAP presented an excellent association between the measures (r > 0.90; p < 0.0001) and higher reliability (intraclass confidence interval [ICC], 0.983; 95% confidence interval [CI], 0.991-0.995; p < 0.001). The EtCO2 CAP predicted 94% of resting EtCO2 CPX, although a moderate correlation between then (r = 0.41; p < 0.0001). EtCO2 CAP was lower as worst NYHA FC (p< 0.0001). One hundred and twenty-five patients were followed (16 events during one-year). The event-group presented reduced EtCO2 CAP (29.4 } 6.9mmHg; p = 0.05). The best threshold point of EtCO2 CAP was ≤38mmHg (X2 = 6.91; Hazard Ratio, 0.145; 95% CI 0.019-1.096; 16 p = 0.03), with 93% sensitivity, 67% specificity and 98% negative predictive value. Conclusions: Our study is pioneer in evaluating EtCO2 CAP non-invasively in HF patients. Noninvasive capnography was a stable tool for the measurement of EtCO2 and was capable of discriminating HF patients with one-year risk of cardiovascular death and transplantation.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências e Tecnologias e Saúde, 2017.
Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: Capítulo 2.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF).
Aparece nas coleções:PGCTS - Doutorado em Ciências e Tecnologias em Saúde

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.