Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/31451
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_BrunodeAlmeidaPorto.pdf6,4 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Superlogos : identidade gráfica dos logotipos das capas de revistas em quadrinhos brasileiras de super-herói
Autor(es): Porto, Bruno de Almeida
Orientador(es): Oliveira, Selma Regina Nunes
Assunto: Comunicação de massa
Histórias em quadrinhos
Logotipo
Data de publicação: 15-Mar-2018
Referência: PORTO, Bruno de Almeida. Superlogos: identidade gráfica dos logotipos das capas de revistas em quadrinhos brasileiras de super-herói. 2017. 257 f., il. Dissertação (Mestrado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Resumo: Este trabalho apresenta uma análise gráfica de logotipos de títulos de revista em quadrinhos brasileiras do gênero Super-Herói. O corpus é composto por 423 logotipos utilizados em 240 títulos publicados no país entre 1947-1997. Para contextualizar o objeto desta pesquisa, realizamos uma revisão de definições para Histórias em Quadrinhos, listando seus principais gêneros, suportes e formatos, e destacamos o surgimento da revista em quadrinhos como produto da cultura de massa. Em seguida, historicizamos o advento das HQs de Super-Herói e sua chegada ao Brasil, em paralelo à trajetória das revistas em quadrinhos no país na segunda metade do século XX. A fim de facilitar a compreensão das decisões editoriais e estratégias de mercado, adotamos uma taxonomia para a classificação de revistas em quadrinhos e suas capas, elencando seus componentes visuais. Definimos os códigos visuais dos logotipos do gênero Super-Herói e verificamos sua assimilação nas capas das revistas em quadrinhos produzidas no Brasil, considerando as estruturas dos departamentos de arte das principais editoras brasileiras de Quadrinhos e as consequências da tradução dos nomes dos super-heróis estrangeiros. Por meio de instrumentos estatísticos, foi constatado crescimento gradual na utilização dos códigos visuais dos logotipos de Super-Herói nas capas das revistas em quadrinhos, favorecendo a associação dessas publicações ao gênero. Da mesma forma, observamos, ao longo do período estudado, aumento no uso dos logotipos originais dos personagens estrangeiros, intensificado pelo surgimento das graphic novels, nos anos 1980, e massificação global da comunicação na indústria de entretenimento, a partir do início da década de 1990.
Abstract: This work presents a visual analysis of Brazilian comic book title logos of the Superhero genre. Its corpus consists of 423 logos used in 240 comic book titles published in the country from 1947-1997. To contextualize the object of this research, we reviewed definitions for Comics, listing its main genres, media and formats, and highlighting the dawn of the comic book as a product of mass culture. Next, we historicized the advent of Superhero comics and their arrival in Brazil, in parallel to the comic book trajectory in the country during the second half of the Twentieth Century. In order to facilitate the understanding of editorial decisions and market strategies, we decided on a taxonomy for the classification of comic books and their covers, listing the visual components of the covers. We defined the visual codes of the logos of the Superhero genre and verified it was incorporated into the covers of comic books produced in Brazil, considering the state of art of the art departments at the main Comics publishers in the country and the consequences of the translation of the names of the foreign superhero characters. Through statistical instruments, we observed a gradual increase in the use of the visual codes of Superhero logos on the cover of comic books, favoring the association of these publications with the genre. In the same manner, there was an increase in the use of the original logos of foreign characters, intensified by the emergence of graphic novels in the 1980s and, starting in the early 1990s, the global massification of communication in the entertainment industry.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, 2017.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.